quinta-feira, 1 de junho de 2017

A Difícil Arte de Assistir os Programas Matinais da TV Brasileira



Assistir programa matinal nos canais abertos, no Brasil,é para os fortes.

Sim, ás vezes você se depara até com algo interessante, geralmente com algum entrevistado de área médica, ou de esporte, etc.

Em geral, só muda os apresentadores e o formato do programa:

Se o apresentador está em pé, sentado, cenário maior ou compacto, com ou sem platéia, etc.

Mas esses programas passam por um trio básico que se consiste em:Comida, entrevista, e música.

Ah, claro, muita propaganda dos produtos, que podem estar na mesa (uma margarina, por exemplo), ou mesmo exposta numa telinha ao fundo.

Na TV Brasileira pela manhã, fica combinado de que o programa é para mulher, dona de casa, e que não sai de casa até o meio dia.

Na TV Brasileira pela manhã, se esqueceram da emancipação da mulher, de que ela vota, que é executiva, atleta, professora, etc.

Sim, de vez em quando se lembram disso, mas parece estar na raiz da alma dos programas matinais, pois em sua essência, quando foram criados, era para a dona de casa ter o que assistir, enquanto estavam em casa e os filhos na escola, e o maridão, trabalhando pra "bancar a casa".

Foi assim desde o início, nos States, e aqui.

Vejo esses programas quando tomo café na padaria ( eu não tomo café em casa), ou quando estou num consultório da vida.

Foi assim que vi Thaís Araújo se recusando a comer abóbora no programa da Ana Maria;

E que vi um tal de "Luan estilizado" (é sempre um Luan pior do que o outro, aparecendo), no Programa da Fátima Bernardes.

Esse último, já perto da hora do almoço, me causando desespero, não sabendo se engolia a comida rápido, ou se largava os talheres pra tapar os ouvidos.

Tu ri? Veja a letra de "Pindaíba", a "música" da referida figura:

Chegou sem avisar

Entrou sem bater
Me fez acreditar que eu era tudo pra você
Levou as suas coisas lá pra casa
Quando vi não era dono mais de nada
Nem do meu coração

Nem se importou com o tamanho do estrago
Só esperou vir a união estável
Pra me mandar a intimação

Me deixou na pindaíba só bebendo pinga
Ouvindo uns modão que não alisa o coração
E a sentença mais sofrida
Seu juiz é que ainda amo essa bandida

Sim, tem atrações musicais que são boas...mas são raras, pois o que dá audiência, e TV vive disso, são essas porcarias que o povo gosta, como funk, pagode, etc.

"Mas o que é que você sugere então", poderia você dizer.

Um programa para mulher no estilo que a Marília Gabriela fazia no antigo "TV Mulher".

Aquilo sim, era programa para mulher, decente.

Mas o desserviço de imbencilizar o povo, em especial a mulher, talvez seja mais fácil..."vou dar o povo o que eles gostam".

Outro: Um pedaço do Fantástico poderia ser durante essas manhãs (falando em especial da Globo, que "rouba" as apresentadoras dos outros canais ( Ana Maria, Mariana Ferrão, os repórteres que eram do CQC, etc, e jogam tudo em suas manhãs).

Sim, o Fantástico é o "Show da Vida", tem muita farofa.

Mas bota parte desse Show pela manhã...as reportagens investigativas, e as de cinema, são muito boas.

E voltem com os desenhos, agora chamados de "cartoons".

Acabaram a TV Globinho.

Jogaram tudo na TV a cabo, nos canais de desenhos.

A antiga TV Manchete (atual Rede TV) formou gerações inteiras de seguidores dos animes e seriados japoneses.

Iria melhorar consideravelmente a qualidade da programação matinal.

Lee







quarta-feira, 10 de maio de 2017

A Mulher do Presidente Francês e a Minha Professora de Inglês



O Presidente eleito da França é casado com sua ex- professora, 25 anos mais velha.

Paixão platônica é um negócio muito sério.

Semana passada, reencontrei minha ex- professora de Inglês, de pouco antes de entrar no ensino médio.

Não,eu não era apaixonado por ela...

Mas sim, ela era uma mulher muito bonita.

Tão bonita que, em plena aula, eu perguntei quantos anos ela tinha.

"Que é isso, cara", disse Barney, meu colega, me repreendendo.

Sim, foi na impulsividade.

Ela achou graça, e disse:" Trinta e seis".

Quando a reencontrei, não lembrei do episódio, somente agora com essa discussão da idade da mulher do Presidente, já que a maioria deles, preferem mulheres novas.

Minha ex- professora está com 70 anos, segundo minhas contas:

O rosto continua bonito.

A verdade é que o tempo para a maioria delas, mais que para eles, é cruel.

Jane Fonda, aos 79 anos, continua bela, na série Netflix "Grace e Frankie", onde é uma das protagonistas.

Mas Jane sempre foi entusiasta do fitness, onde vendeu milhões de fitas de vídeo nos anos 80, botando as donas de casa pra malhar em frente ao então vídeo cassete...colheu seus frutos.

O Presidente da França tem apenas 39 anos.

Quando tiver 60, e se continuar bem apessoado, se cuidando, e produtivo - Os 60 anos atualmente são os novos 40 de pouco tempo atrás - E ainda estiver casado, estará ao lado de uma esposa de 85 anos... pensarão que é a mãe dele.

A esposa, hoje, já esconde as rugas com as mexas do cabelo.

Será tentado - Elas sempre tentam a sorte.

Escolhas tem um preço.

Inclusive, as platônicas.

Lee









domingo, 23 de abril de 2017

Pessoas Diferentes


Deus criou pessoas diferentes.

A aceitação de pessoas diferentes, é um dos maiores desafios para um grupo de pessoas:

Seja em comunidades, igrejas, times esportivos, empresas, enfim, onde existe gente.

Conviver em grupo, é difícil, pelas diferenças e gostos que cada um tem dentro de si.

Jesus conviveu com tipos e personalidades diferentes, entre seus discípulos.

E você só vai aprender a conviver com pessoas diferentes, quando...conviver, estar entre elas:

E isso não se aprende em manual, em nenhum livro...

Sim, eles podem dar uma dica, pode ajudar;

Mas só convivendo, mesmo, é que vc vai aprender.

Convivi com a chamada escória da sociedade, com bandidos menores, por quase 9 anos;

Foi uma das grandes experiências de minha vida, quando fui agente de menores infratores.

No esporte, convivi com pessoas de religião diferente, de orientação sexual diferente, de classe social diferente, muitas vezes da minha.

Aprendi a respeitar, a amar, a conviver.

Um dos segredos é buscar o objetivo comum de todos...mas isso não vai adiante, se você não entender que as pessoas são diferentes;

Um funciona mais de dia, o outro, á noite;

Um é da Igreja, o outro é da Umbanda, e outro ainda, não crê em nada;

Um prefere um segmento político, do que o outro, que acha seu entendimento mais adequado, tem suas convicções;

um torce para um time A, o outro, para o maior rival do time A.

As pessoas são diferentes:

Sempre foi assim, e assim será.

Quem não entender que isso faz parte da criação, vai acabar tendo que comprar um robô, que será programado de acordo com o gosto de seus donos:

Ainda assim, corre o risco de um deles, se rebelar.

Lee


sexta-feira, 21 de abril de 2017

A Baleia Azul



Esse jogo da Baleia Azul, que é composto por 50 desafios, entre eles de se mutilar, e ao final se suicidar, de início foi negado,achando que era invenção de Internet - Não era.

Eu creio que a culpa disso tudo, está nos pais, que não deram limites aos filhos:

Pai agora não pode repreender,corrigir, deixar de castigo, tirar o que gosta como disciplina, é tudo psicológico.

Soma-se a isso o grande número de pais que trabalham fora;

E filhos de pais divorciados ou ausentes, que chega a quase metade da população.

Mas a verdade é que os pais, em sua maioria, são ausentes, mesmo estando os dois em casa.

Aí pra, pra compensar, dão tudo, materialmente falando.

Mas não dão o principal: A atenção.

Aí, vem o isolamento pela internet, e a consequente "Blackmirrorização" deles.

Outra coisa:

Quem joga Futebol, Vôlei, Capoeira, enfim, faz um esporte, não joga com a Baleia.

Quem está sempre presente junto á natureza, vendo a praia, o mar - De onde é a verdadeira baleia azul - Também não joga com a baleia virtual.

Aliás, a baleia azul, a original, e não desse jogo demoníaco, não se suicida:

Suicídio, é coisa de homens.

Suicídio, é falência da alma, é desistência da vida, e isso é coisa séria:

Não é preciso jogo da baleia pra se suicidar;

Mas a internet se supera em suas maldades.

Lee



terça-feira, 18 de abril de 2017

Descobrindo o Maroon 5 na Cafeteria


Tomando meu café pela manhã, ouço o som de uma música muito agradável, na rádio-ambiente que eles deixam.

Assim, pergunto ao atendente amigo meu, quem cantava aquela música, e qual era o nome dela:

Ele não soube responder, por mais que puxasse pela mente...tentou, mas não deu.

Da mesa ao lado da minha, a resposta:

"Maroon 5, Sugar".

Nessa mesa, estava uma mãe, e sua filha de 13 anos.

Quem deu a resposta, foi a menina (sim, impressionado, perguntei a idade da mocinha).

"Nós vamos ao Rock in Rio no dia deles",disse a mãe.

No dia em que eles vão, o Maroon 5 é o "headliner", a banda que fecha á noite,considerada a posição mais honrosa do artista...fechar o dia.

Mais tarde ao chegar em casa, assisti ao vídeo da música 5 vezes:

Eles chegam de surpresa na festa de casamento de casais, e começam a cantar...emocionante, e muito legal.

Os ingressos já estão esgotados, no dia deles - Foi o primeiro dia a esgotar.

Ás vezes, me sinto congelado no tempo, igual ao Capitão América:

Foi só em novembro passado que descobri Taylor Swift- E adorei.

Eu não sei direito o que ocasionou isso...ou sei, mas não quero perder tempo falando disso.

Dia desses, passei um sufoco danado no ensaio, para cantarmos na igreja:

As meninas sabiam as musicas, acostumadas com a rádio, cds, etc...

Enquanto eu parei de ouvir gospel a muito tempo...tive que ir no youtube pra decorar a letra.

A música tem o poder de adentrar ao coração, seja ela de igreja, de fora dela, desde que seja boa.

Na saída, outra música bonita tocava, na hora em que pagava a conta, ao mesmo rapaz:

"Essa aí também é legal, mas não sei quem são, nem o nome da música", me disse.

" Toto, é a banda; E a música, chama-se Lea", respondi.

" Pô, essa tu sabe", disse meu amigo-atendente, sorrindo.

Foi pouco depois dessa época, que eu congelei.

Lee

Músicas da Cafeteria- Maroon 5: https://www.youtube.com/watch?v=5Vec9z36ERI

Toto: https://www.youtube.com/watch?v=J6Ggpl3QFOs











domingo, 16 de abril de 2017

Árvore de Fruta sem Fruto



Então contou esta parábola:

"Um homem tinha uma figueira plantada em sua vinha. Foi procurar fruto nela, e não achou nenhum.

Por isso disse ao que cuidava da vinha: ‘Já faz três anos que venho procurar fruto nesta figueira e não acho. Corte-a! Por que deixá-la inutilizar a terra? ’

"Respondeu o homem: ‘Senhor, deixe-a por mais um ano, e eu cavarei ao redor dela e a adubarei.

Se der fruto no ano que vem, muito bem! Se não, corte-a’ "(Lucas 13:6-9).

A Figueira foi pra recuperação.

Após 3 anos, só tinha mais um ano para apresentar frutos.

A condição foi dada:

Mais terra em volta dela, fresca, adubada...agora, ou vai, ou racha.

Moral da história:

Em nossa vida, temos que dar frutos.

Quem não der fruto em seu trabalho, é cortado.

As empresas trabalham com metas...vejam se quem não vive batendo as metas, se permanece no cargo.

Quase ninguém vai ter paciência para esperar 3 anos, e nada.

Não foram 3 dias, nem 3 meses.

Deus espera de nós frutos para seu Reino.

Ele dá a condição para a árvore dar fruto.

Se não há fruto, a árvore está "inutilizando a terra":

Essa será cortada:

Tá só ocupando espaço.

Vc está ocupando um espaço á toa, sem apresentar nada?

Lee

sexta-feira, 14 de abril de 2017

BBB da Vida Real


Em Um mês, a Globo se viu assolada por escândalos de seus astros, envolvendo agressões, e assédio Sexual.

No BBB, um de seus participantes foi expulso, acusado de agredir uma colega, verbal e fisicamente,apertando seus braços.

Foi levado direto para depor em delegacia.

Um dos jurados do "The Voice", bateu na ex- mulher;

E Zé Maier, cabra macho das antigas,só foi afastado depois da mulherada se unir, na emissora, em apoio á figurinista assediada.

O BBB da Globo finalmente mostrou o BBB da vida real: As mulheres são agredidas cada vez mais;

O assédio sexual é visto como algo " da natureza do homem", até que uma delas dê um grito de socorro;

Não mencionarei a onda de "matadores de esposas", que covardemente ainda se suicidam, depois.

Nem os estupros....alguns seguidos de morte.

A verdade é que ás vezes dá a impressão de que, depois dos países do Oriente Médio, o Brasil é um dos piores lugares para ser mulher:

Fica claro isso nas palavras do Presidente provisório, de que "fiscalizar preço em supermercado, é coisa para mulheres".

Lee