sexta-feira, 20 de abril de 2007

O pai do telefone

Alexander Graham Bell cresceu num mundo de sons.Seu pai era especialista em fisiologia vocal,correções da fala e treinamento para surdos.Embora Bell tivesse só alguns anos de ensino formal,ele foi bem ensinado pela família e aprendeu muito por conta própia.
Nascido na Escócia, aos 24 anos se mudou para Boston,onde mais tarde acabou dando aula na
Universidade de Boston.Mais tarde,fez descobertas que levaram á invenção do telefone.Poucas invenções tiveram tamanho impacto na vida das pessoas- se vc hoje tem um celular, agradeça a ele(eu,particularmente,prefiro o fixo-nunca fui muito chegado a celular).
Mais tarde,Bell e empresários associados fundaram a precursora da atual AT&T.
Seus interesses sempre eram variados,mas mas ele jamais abandonou seu principal objetivo,que era o de ajudar os surdos,sendo considerado uma autoridade no assunto.Sua esposa,de fato,era uma garota surda que ele ajudou no passado.
Pessoas que mudam o mundo se fundamentam em elementos intangíveis como o amor, a esperança, e o tempo de Deus,que é perfeito.

quarta-feira, 11 de abril de 2007

A Prova do Monastério

Um Monastério na China foi escolher seu novo líder, já que o atual estava em idade bastante avançada. O Velho líder escolheu, de 400 monges, 3 que ele considerava os mais capacitados para liderar a milenar casa.
Foi feito um teste com os três finalistas: todos foram levados para um grande pátio,diante de todos os outros monges que permaneciam sentados. Os finalistas ficaram diante de todos eles, quando o velho líder trouxe um vaso da dinastia Ming,de 600 anos.Recentemente, um cassino americano comprou um desses vasos por 10 milhões de dólares. Bem, o ancião disse para os finalistas:" Há um problema com esse vaso. Quem RESOLVER esse problema, será o novo líder do monastério", e colocou o vaso diante dos três candidatos.
O primeiro monge,com muito cuidado, pegou o vaso, e passando a mão por ele, nada achou de errado.Levantou-o até a frente de seus olhos, olhou-o por dentro...e nada.Suando,colocou o vaso no chão, aliviado por nada ter acontecido com ele.
O segundo monge pegou o vaso, e imediatamente colocou a mão dentro dele, verificando se havia rachadura ou algo desse tipo...nada. Verificou novamente por fora,pra ver se havia algum problema...e nada.Tudo perfeito.Deu mais uma olhada e desistiu,colocando o vaso no chão.
Chegou a vez do terceiro monge.Ele pegou o vaso do chão,levantou-o até a altura de sua cabeça e...arremessou o vaso ao chão...kaploft!! Os monges que assistiam ao teste se espantaram:"ohhhhhh! Deve ser louco por quebrar um vaso tão valioso", comentaram entre si.
O ancião líder, enquanto olhava para os cacos do vaso, disse:" todos para o salão principal.Já escolhi o novo líder", e assim todos seguiram imediatamente para o salão.
Ali, o velho monge, novamente com os 3 finalistas diante de todos disse:" Eu disse que havia um problema com aquele vaso.O único que resolveu o problema foi o terceiro monge.Ele resolveu o problema quando acabou com aquele vaso". Assim, aquele monge foi escolhido como o novo líder do monastério.
Ás vezes, tratamos nossos problemas como um vaso Ming:achamos valorosos demais,em vez de simplesmente jogarmos no chão, e ver despedaçar.Só aí que triunfamos.

sexta-feira, 6 de abril de 2007

Páscoa desachocolatada

Páscoa é saída do cativeiro (Judeus) ,ressureição de Cristo(cristãos), tudo isso, menos coelho.
Coelho não põe ovo, muito menos de chocolate.Eu não aguento mais ver o comércio explorando isso, e ver pouco comentário das festas cristãs na impressa.O que a TV ressalta, sempre, é ovo de chocolate.O mesmo se dá no Natal, onde Cristo novamente é esquecido, em prol de um velhinho que se diz "bom". O máximo que a TV faz, nessa época, é colocar aqueles filminhos "insossos" sobre a crucificação de Cristo,que todo mundo já viu(depois de Paixão de Cristo, de Mel Gibson, a gente fica exigente).
Ainda bem que, pelo que vi no noticiário,esse ano os ovos estão derretendo pelo calor excessivo.Enfim, para alguma coisa boa tá servindo o superaquecimento ! Feliz Páscoa a todos!