terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Missão impossível: Meus finais de Ano


Em boa parte de minha vida, sempre tive um grande dilema nesse último dia do ano.

Mas isso nunca foi provocado por mim...

Explico: na maioria das vezes, estive dentro de uma igreja quando virava o ano.
Algumas vezes foi legal, outras razoável, e em algumas, 'sem graça'.
Só por umas duas vezes, talvez, não passei em igreja, não pisei lá sequer antes.


Bem, como tenho dois tipos de leitores, os que são e não são de nenhuma igreja, preciso
explicar o contexto, para que fique bem entendido.

Cultos de Natais e Ano Novo, em teoria, são os mais “importantes” do mês de Dezembro:
Não existe Pastor ou Padre que tiram férias nesse mês.

O que se entende, por exemplo, no culto de Ano de novo, é que vc vai “adentrar” um ano, na presença e Deus, por isso vc vai até a casa Dele.
Nesse pensamento, ok, pois a maioria da igreja passou o ano 'juntos', e aí se prepara para uma 'nova jornada'.

O grande problema foi que, certos Pastores, ao longo do tempo, se especializaram em botar “cabresto (peça de couro pela qual se puxa ou se amarra o cavalo ) de medo” nas pessoas da congregação,se estas não comparecerem: desta vez, se utilizando do pior controle religioso que existe, o medo.

O 'não comparecer' aqui, se aplicava a quem ficava em casa com amigos e parentes, ou iam as festas de fogos de artifício que existem em todas as cidades do mundo, de Sydney na Austrália, Nova York, Londres, e até aqui no Rio, em Copa, onde são esperadas 2 milhões de pessoas: Vem sendo considerada uma das maiores do mundo.
Na cabeça de alguns Pastores, se vc passar passar o Ano Novo com a família e amigos sem ir a igreja, ao qual a pessoa foi durantre o ano inteiro, é errado, eles não gostam, e já vi muitos insinuando isso como 'pecado'- como se vc estivesse 'traindo a Deus' no último dia.
Talvez por que eles são 'obrigados' a estarem ali...não sei.

Mas o pior mesmo, é quando sabem, por vc dizer, que vai passar o Ano Novo em alguma festa litorânea , vendo fogos de artifício que tem aqui no Rio, em Salvador, em Santos, etc... (tem também em Parati, Lalá? Kkk ).

Eles dizem que vc tá tendo parte com “festas mundanas”, que vc é “amigo do mundo e inimigo de Deus”, e por aí vai.

Como aqui no Brasil ainda tem a questão do “sincretismo religioso”, eles dizem que se vc vai a Copacabana, está homenageando 'iemanjá', que só tem 'macumba' na praia, etc.

Alguns dizem também que não é para usar 'branco', pois é a cor da 'macumba'.
Ora, quem criou todas as cores foi o próprio Deus! E cada uma delas tem um significado pra ele: o branco, significa a pureza, a santidade.
Não é por que um integrante de outra religião usa, que vou deixar de usar.

O Apóstolo Paulo deixa bem claro que vc é livre para ir, estar, e fazer o que quiser.
O que ele diz, é que algumas coisas não são convenientes – e que essas coisas não convenientes, quem vai decidir é minha consciência – e não outra pessoa.
Por isso ele diz: “examine o homem a si mesmo” ( I Coríntios 11.28)

Ele não orienta ninguém a me examinar- ele diz que isso cabe a mim mesmo.

Bem, tendo em vista todo o quadro que vc leu acima, contarei das 'missões impossíveis' que fazia, para ver os fogos de fim de ano, que sempre gostei de ver, mesmo estando em igreja.
Quando dava 23.30h, já ficava ligado para sair da igreja e ir ou prum pátio interno da mesma, ou pra rua, dependendo da grei que estivesse na época.
Com o passar do tempo, reparei que 'mó muvuca' fazia a mesma coisa, especialmente os mais jovens.

O pior era quando vc tinha que driblar algum diácono de plantão (auxiliares de serviço eclesiástico)...vários deles já foram botar a turma pra dentro, muitas vezes debaixo de “chicotes moral- religiosos”...uma vez um falou” vcs querem ver a festa do diabo ou a festa de Deus?”, e por aí vai.

O pior foi certa vez que um Pastor, ameaçado de deixar o pastorado pela igreja (nesse caso, a grei tinha razão: ele era horrível, mesmo) e começou a “pregação” ás 23.20h, 'esculachando' todo mundo (tinha visitantes de fora)...dizendo que os 'insatisfeitos' que tinham que sair...
Aquela ladainha durou até meia-noite e meia, rompeu-se o ano, e as pessoas nem puderam se cumprimetar...nem eu fugir pra ver os fogos, com medo de ele dar chilique (eu era pré-adolescente) lá de cima...hoje, se alguém vier falar alguma coisa,mando pastar: “repreender o tolo, faz de vc mais tolo que ele”, disse Salomão, o mais sábio.

Não entendo certas coisas...Deus criou a família primeiro, antes da Igreja, que só veio mais tarde...no Natal, algumas igrejas insistem em botar o culto pro dia 24, onde geralmente as pessoas estão recebendo familiares em casa...

Ocupados com a comilança na cozinha, com crianças, e com um mundo de coisas...resultado: dia 24, na maioria das igrejas, estão sendo cultos vazios, pois a frequência vem diminuindo, vc não pode estar em dois lugares ao mesmo tempo...

Outras, querem comemorar o culto de Natal na noite do dia 25...quando ele está se encerrando, no apagar das luzes...frequencia baixa, também.

Esse ano, passei o culto de Natal num horário que vi pela primeira vez na vida: 11 da manhã...ótima idéia...a pessoa faz um esforço de acordar 'mais cedo',mas estava cheio, inclusive de vistantes com várias famílias de fora da igreja...deu uma da tarde, e só saímos com o encerramento do belo culto...parabéns a turma da IB de Ita, e ao Pr. Israel.

Comemorar esse dia na véspera, não dá muito certo- e na noite de 25, as famílias estão indo embora.

Bem, encerrando sobre o Ano Novo: desde o ano passado, consegui aliar as duas coisas que gosto: ficar uma hora no culto, e faltando 40, 30 min para a virada, ir ver os fogos na praia, que fica há uns 500 metros em linha reta da grei.

Não vou na areia, também tenho meu sistema de segurança: fico na orla, se alguma coisa “babar”, tenho área de escape. E geralmente o Bobs da Figueiredo Magalhães abre depois da meia-noite (é ruim de eu levar farofa, hein!).

Ano passado, encontrei alguns amigos, e ficamos batendo papo até 4 da manhã na pracinha perto da grei, longe dos tumultos, para onde eu os levei.

Num sei se vou repetir isso esse ano (a segunda parte), qualquer coisa entro no metrô, e volto para ficar revendo meus vídeos flashbacks de Ano Novo que postarei na sessão revival...rsss!

Lee, autorizado pelo Chefe a ir aonde quiser, desde que com consciência do que estou fazendo.

Mais um Livramento, Mais um Sonho

Desde o culto ontem á noite aqui na Tijuca, estava me sentindo “estranho”.
Geralmente, é por que tem “coisa no ar”, e preciso ficar “ligado”.
E tinha, mesmo:Pelos meus cálculos, cerca de menos de uma hora que eu passei de ônibus na conde de Bonfim, dois vagabundos abordaram a moto de um policial federal, aos gritos de “perdeu, perdeu”.
Eles também estavam de moto, e assim que um saltou e montou na outra moto, o policial disparou...Um bandido morreu, e outro, foi preso por uma viatura da PM que passava no local.
O difícil é discernir exatamente essas “impressões”, quando é hora de ralar, ou segurar um pouco mais – e tem vezes, que não posso evitar certos caminhos...Mas o 'Chefe' me guardou de mais uma.veja a reportagem do caso (é a segunda) em:http://meiahora.terra.com.br/blog/plantao_policia/
“Sonhei outro sonho”
Nesse campo aqui tenho mais facilidade...já é minha 'praia'.
Eu ia passar a ceia em PIB Copa, tinha dado meu nome e tudo...eu ia...
Sonhei que, durante a ceia na grei, houve um aborrecimento por um motivo fútil:
Não sei se era por causa de algum prato, comida, algo assim.
Na verdade, parecia que eu reclamava de algo injusto, que eu via ali na hora da ceia.
Então, uma mulher começava a discutir comigo...eu, já P da vida por algumas situações que vc viu nos Top Fives, rasguei o verbo...mas aí vinha outra mulher “pra tomar as dores da primeira”, defendendo sem sequer saber o que era, só por que eram amigas.
Não via a cara de nenhuma delas, e nem vou ver- não vou mais participar, depois dessa.
Prefiro continuar em paz na orla, que em guerra dentro da grei...vou só pro culto.
Que talvez seja meu 'final chapter' ali.
Amanhã, falo de meus últimos dias do ano em igrejas: Minha luta para ver os fogos, enquanto muita gente tentava embarreirar, dizendo que era “pecado”...Vc vai ver o jeitinho que eu dava, e meus pensamentos a respeito disso.
Lee, que já comprou o passaporte do metrô para Copa:Tenho que embarcar entre 21 ás 22h, e voltar até 5 da matina.

domingo, 28 de dezembro de 2008

Ano Novo, Tempo de Recomeçar


Seja na vida espiritual, sentimental, acadêmica, profissional,etc...
Não pense que idade, ou idéias colocadas em sua cabeça por outras pessoas, o faça não realizar seus sonhos.

Na vida espiritual, por exemplo...o que mais ouço é “estou longe de Deus”...não seria a hora de se aproximar?

Na sentimental,uma das coisas que mais vi nesse ano que se vai, foram pessoas machucadas por relacionamentos...algumas delas se transformaram em verdadeiras cidades muradas.
Abra seu coração nesse ano que se inicia...deixe as mágoas para trás.

E vc, que acha que tá velho/a demais pra faculdade? Posso te dizer o seguinte:
Existe um número muito grande de pessoas acima dos 50 anos que iniciaram um curso nesse ano que passou, teve reportagem na Veja e tudo.....se esse é um dos seus sonhos, manda ver- essa é a hora de ser “sem vergonha”.

Tá de saco cheio do emprego? Que tal mudar pra outro? Fazer um concurso?
A única regra certa do concurso é: fazer até passar...teve um cara que só passou pra medicina após a sexta tentativa- esperou seis anos para começar o sonho- tem nego que desiste após a primeira tentativa...eu mesmo levei 3 anos pra passar em um.

E a vovó setentona que é campeã de maratona na faixa etária dela?
Começou só aos 54 anos, e hoje, aos 74,tem mais gás do que eu.

E o outro que foi pilotar avião só aos 55 anos, o sonho de infância dele?
Num tinha dinheiro, só deu pra tirar o brevê agora...

Morgan Freeman só pôde ser ator depois dos 50 anos, pois também era muito pobre.
Depois dos 50, tirou a barriga da miséria, fazendo 3 filmes por ano...aos 68 anos, ganhou um Oscar.

Ouça conselho de pessoas sábias.
Ouça conselho de pessoas positivas.
Se afaste de gente negativa.
Não fale de seus sonhos com elas, pois vão te desestimular.

Ás vezes, nego acha caro comprar um livro de 40, 50 pratas.
Mas ás vezes, ali tem em 3 horas de leitura, conhecimento pra vc que o autor do livro levou 20 anos ou mais pra aprender, batendo cabeça- compre bons livros, é investimento pessoal.

Leia as histórias de fé da Bíblia, e veja como o “Chefe” transforma gente “sem importância” em Reis, Rainhas e Autoridades.
Como ele faz do pequeno o “mais forte”.
Começe o ano pensando assim: Peça ajuda dele.

Recomeçe se for necessário...é só o primeiro ano do restante de sua vida.

Lee, fazendo em 2009 o plano A, o plano B, o plano C, o plano...

sábado, 27 de dezembro de 2008

Top Five 3- Final


Hoje é sabado, dia de relaxar...pra finalizar a série Top Five,vamos de generalidades .


Top Five nomes que eu fui chamado em 2008
Top 5- Irmão
Top 4- Campeão
Top 3- Grande
Top 2- Lee
Top 1- Ely


Top Five aonde mais fui em 2008 (tirando trabalho)
Top 5 – Engenhão (ver o Botafogo)
Top 4- Copacabana (Grei e na praia)
Top 3- Shidokan (Jiu-Jitsu)
Top 2- Confeitaria Tijuca (onde tomo meu café)
Top 1- Shopping Tijuca (cinema, almoçar, lanchar, ver livro na saraiva, jogar na lan )


Top Five séries que mais assisti em 2008
5- CSI Las vegas e Miami
4- House
3- Dexter
2- Todo mundo odeia o Chris
1- Lost


Top Five filmes no cinema 2008
Top 5- Rambo 4
Top 4 – O Nevoeiro
Top 3- A Lenda
Top 2 – Agente 86
Top 1- Batman


Top Five melhores mensagens que escrevi em 2008:
Top 5- Tenha um Tubarão em sua vida
Top 4- Vc abandonaria seu conjugue se ele ficasse paraplégico?
Top 3- A importância de se procurar ajuda dos “Psis”
Top 2- A Ditadura da magreza
Top 1 – A série” Pense bem antes de casar”


Top Five momentos Putz, que droga! 2008
Top 5- Ketchup na camisa,na praça de alimentação...parecia que tinha levado uma facada.
Top 4- O celular que eu perdi no cinema : caiu do meu bolso.
Top 3- O óculos que perdi no ônibus- também caiu do bolso...Agora taco tudo numa bolsa.
Top 2- Quando chegava em casa louco pra tomar banho, e tava faltando água....obras na rua, ou reparos no prédio....uma vez, p da vida, fui tomar banho na academia- há 1 km daqui!
Top 1-
Uma mala que quis grudar em mim, e até hoje corro dela:
Essas garotas não estão acostumadas a homens gentis, etc, e quando encontram um...
Essa doida me reencontrou no Shopping, após uns 10 anos...pegou meu cel (maldita hora) e eu o dela, por cortesia, mas nunca liguei...cerca de uma semana depois,ela liga.
Fui chamado a ir no centro cultural do Banco do Brasil, numa exposição manera que tinha lá, fui pra 'fazer companhia'...depois, pra ver um filme – fiquei cabrero, mas fui.
Pronto, a garota quis grudar...eu num sinto nada por ela- é muito sem sal e nunca me atraiu-era como se tivesse saindo com minha irmã.


Essa maluca me ligava várias vezes ao dia, dizendo que eu não ligava(claro, num ligo pra quase ninguém, eu odeio celular- e monitoramento de celular)...ora, se eu quisesse algo, eu ligava, certo?
Aí, passou a me cercar no shopping, dando plantão na frente do mesmo, na saída do trabalho dela...foi uma doideira, tive que mandar pastar- e num adiantou muito não, ela não tem amor -própio...não tive nada, não prometi nada, caí na besteira de fazer companhia...resultado:
Agora só saio sozinho, em grupo, ou com quem EU tiver a fim de sair, se for mulher.
Mulher doida, chega...nunca mais...chuta que é macumba!


Em compensação, quem eu quis me disse o seguinte:


Top Five profissão delas, e suas respostas:

Top 5- Professora Universitária: “Não, por vários motivos...” Vários???
Top 4 – Psicóloga: “Só em fevereiro...estou terminando uma relação” (eu num vi a data de validade no rótulo, foi mal)
Top 3 – Garçonete da Viena: “Não dá”... (olhando com medo de o gerente ver)
Top 2- Atendente da locadora:” ahhh...(sorrindo)...vou ver, qualquer coisa te ligo pelo seu número do telefone que tem na loja ( to esperando até agora)
Top 2 – Recepcionista da Claro,que quase sempre recarregava meu crédito: “ Vou pensar” (está pensando até hoje)
Top 1- Atendente da Padaria, sorrindo como quem gostou: “Eu sou casada! “( Ué, então por que num usava anel??) Deixei de ir lá um tempo, pois quando ia, ela ficava toda faceira, corria pra me atender...até que ela pediu pra sair, aí voltei a tomar café por lá.


Como ces viram, foi um ano “no osso”...pensei até em voltar para Kun Lun, no Mosteiro onde recebi minha educação, no Himalaia...Mestre Uriu me chamou para ensinar Kung Fu aos noviços, e lecionar “Introdução a sabedoria “...foi Mestre Uriu quem tatuou, em brasa, o dragão que tenho no peito- somente cinco pessoas no mundo tem um desses...
Eu deveria ir? Meu Malaio e Chinês não são mais tão fluentes assim...


E finalizando a série Top Five: Melhores momentos
Top 5- Uma liberdade antes nunca sentida...não faço mais as coisas por “obrigação”.
Top 4- Uma usina de idéias impressionantes: basta sentar aqui que dá vontade de escrever.
Top 3- Novos amigos surgindo,tanto no real quanto no virtual...que bom conhecer vcs.
Top 2 -Ir a praia e meditar, renova minhas forças...jogar bola é gostoso demais...
Top 1- Saber que o Chefe tá comigo, seja nas alegrias...ou nos momentos de roer o osso!


Lee, na contagem regressiva para o ano novo: faltam 5 dias pra eu ir á Copacabana ver os fogos!

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Top Five 2


Top Five Livramentos 2008


Deus é para nós um Deus de libertação; a Jeová, o Senhor, pertence o livramento da morte.” Salmo 68.20


Top 5- Pms “estranhos” me revistando


Uma patrulha tinha passado na minha frente, assim que saí de casa, e eles me olharam e num fizeram nada:Eu estava esperando ônibus.
Um km depois, assim que eu desci, os caras me abordaram e pediram pra me revistar:achei eles muito estranhos...fiquei olhando pras mãos deles pra ver se não botavam droga ou qualquer coisa nos meus bolsos. Mas o meu visual não ajudava:


Estava de boné, camisa preta, e pochete. Do boné eu não abro mão, mas evito a camisa preta, e a pochete o “Chefe” já havia me alertado pra não andar com ela, foi a primeira coisa que eles pediram pra revistar...troquei-a por uma pequena bolsa.


Fiquei orando o tempo todo, pra que não me confundissem com alguém(depois soube que estava havendo assaltos ali, era um cara de boné e cavanhaque, do meu tamanho,que usava uma pistola na...pochete!)...eles foram embora.


Top 4 – Arrastão no Cinema


Não é meu cinema favorito, nem meu 'point', mas eu havia visto um filme no Shopping Iguatemi, bem mais distante de minha casa e do Shopping que vou na Tijuca.
Havia uma promoção de seis reais a inteira, por dois meses,e achei que valia a pena...


Mas me senti “estranho” no filme, e assim que acabou, 'piquei a mula' logo, nem lanchei.
Decidi que não valia a pena me deslocar tanto assim, e não fui mais 'pegar a promoção'.


Uns cinco dias depois, houve arrastão num daqueles cinemas: vagabundos entraram e levaram celular, dinheiro, etc, numa sessão ...eles fugiram prum morro bem próximo ao Shopping.


Top 3 – Chubby e Eu (como está relacionado com o um Top Five dos sonhos proféticos, veja depois tudo por lá)


Top 2 – Um Anjo no Cinema


Dessa vez o filminho era no meu point mesmo, mas assim que cheguei pra cortar caminho pelo beco que vai sair no Shopping, me senti estranho de novo...passei batido por lá, acelerando o passo, e fui ver o meu filminho.

O cinema não estava cheio,e de repente lá pela metade do filme, ao meu lado(eu sempre sento na ponta), vejo uma orla branca, resplandecente, típica daquelas vestes do oriente médio...não tive coragem de ver tudo(só fui até o joelho), pois me arrepiei todo, pois já sabia que era um anjo...depois não vi mais, mas a sensação de alguém ao meu lado,me protegendo, era muito forte, bem como de “um pedacinho do céu”.


Pôxa...podia ter chamado ele pra sentar e comer pipoca comigo...kkk...conversaríamos sobre 'as coisas lá do alto'...rsss...e o por que o 'Chefe' tinha mandado ele ali.
Assim que saí do filme, nova sensação: mudar de direção...saí pela porta lateral, em vez da frente, onde certamente passaria pelo beco 'corta-caminho'...


Mais tarde, na tv, soube que houve um atentado a um delegado, feito por bandidos...a perseguição ao carro dele, começou no início do beco onde passaria, com trocação de tiros...o delegado foi ferido a 100 metros dali, foi um tumulto geral na rua.
Tudo aconteceu enquanto estava no cinema,vendo filminho com meu 'amigo'.


Top 1- Assalto no Bradesco

Comentei sobre isso numa mensagem, 'os livramentos de Deus', recentemente...resumindo: eu desci do ônibus, em frente ao Bradesco, e me deu vontade de subir logo pra casa, contrariando a lógica de comprar umas coisinhas pra comer mais tarde, que originariamente tinha pensado...ia chover, aproveitar pra passear com Chubby antes da chuva.
Foi o que me salvou: teve 'saidinha de banco' no Bradesco, uma patrulha tava passando, foi bala perdida pra tudo que é lado: o frentista do posto ao lado do banco levou tiro no pé, teve bala perdida dentro do banco, fora dele...um bandido tava morto na rua...
Trânsito congestionado, pessoas amedrontadas...tudo isso eu vi 'in loco', assim que voltei a rua, dez minutos depois –
eu estaria passando na hora dos tiros.

Top Five Sonhos Proféticos


Eu os tenho desde os 4 anos de idade, e tenho mais facilidade em lidar com eles do que que com certas 'impressões espirituais' como as que citei acima...dificilmente passo duas semanas sem ter um sonho desses.
Por eles, vi que meu pai iria morrer, com seis meses de antecedência, vi pessoas levantando da cadeira de rodas, etc.


O objetivo deles, geralmente, é nos preparar, alertar,para alguma coisa que vai acontecer.
Muitas vezes, essas coisas não precisam acontecer, aí que entra a oração, etc.
Nesse Top Five, colocarei a legenda: status: já ocorrido/ a ocorrer


Top 5- o Retorno ao serviço público -status: a ocorrer


Passei quase dez anos nele, mas me enchi e pedi pra sair- tava de 'saco cheio'.
Dinheiro, posição, acho tudo isso fútil, quero é tranquilidade, e não estava tendo nos últimos tempos, por lá...fui pra iniciativa privada.
Comecei a ter uma série de sonhos voltando para onde eu estava, pra desespero meu...
Encontrava gente na rua, do antigo trabalho, como nunca na vida...e os sonhos continuavam...num deles, eu era um elemento que levava paz no meio do caos instaurado por lá.


Dei entrada no meu retorno, e o processo já está bem adiantado, deve sair no início do ano que vem- nunca vi um processo percorrer as vias tão rapidamente, só com um mês de entrada.

Top 4- Atentado a Obama – status: a ocorrer, mas “não precisa ocorrer”

A sala que Obama dava uma coletiva, ao lado de dois secretários de estado, explodia, com jornalistas dentro e tudo...um horror. Mas não precisa ocorrer...estamos orando por ele.
Me parecia ser atentado terrorista, nos States mesmo. Eu via tudo como se fosse uma câmera, filmando tudo.


Top 3- Chubby morto na escada – status: Já ocorrido


Eu via Chubby, meu cãozinho, morto na escada do primeiro andar (onde moro) e quando ia na direção dele, um enorme cachorro cinza, do tamanho do Scooby-doo, descia correndo: foi ele que tinha atacado.
Assim que acordei, fiquei pensando no sonho...ora, não tem cachorrão cinza daquele tamanho aqui no prédio, conheço todos os cachorros que descem...o maior é uma pastor alemão .


Cerca de 10 dias depois, sábado á noite, por volta das 19hs, desci com Chubby.
Eu sempre desço pela escada, pois moro no primeiro andar e boto a coleira nele ali.
Estava havendo festa de criança no salão naquele dia...assim que passei pelo portão da garagem, senti algo estranho, e foi só o tempo de puxar Chubby, como se fosse um 'iôiô, no braço (ele é um yorkshire) :
um enorme cão cinza acabara de tentar abocanhá-lo , os enormes dentes quase pegaram meu braço:
era o cachorrão cinza do meu sonho.
Me preparei para o segundo ataque do cão, que voltava: fiz 'a base', e ia tentar afastá-lo com um pontapé,mas esse, em vez de vir pra cima de nós, entrou pelo portão da garagem!


O porteiro não viu, avisei a ele, e esse ficou desesperado, pois ele correu em direção ao salão, cheio de crianças!
Passei mais tempo que o de costume com Chubby na rua, pra ver se a situação se contornara: mas sempre ligado no cachorrão.
Quando resolvi voltar, conseguiram trancá-lo num quarto...só que antes...
O porteiro foi atrás dele, procurando a enorme fera...adivinha onde estava?
Correndo pra cima e pra baixo, entre o quinto...
e o meu primeiro andar.
Quando viu o porteiro, correu para abocanhá-lo, e esse fugiu prum quarto de duas entradas, onde o trancou.


Chubby tá aqui me olhando agora, enquanto tô digitando...
Se o 'Chefe' se preocupa até com nossos 'pets', imagina com a gente.


Top 2- PIB Copa Rejection- status: Já ocorrido

Olha ela aí de novo! Se eu tivesse levado mais a sério, teria me resguardado mais.
Eu subia a Décio Vilares (rua da grei) mas a grei ficava era no final, lá em cima, e bem mais íngreme que é a rua.


A grei não tinha entrada: havia uma grande muro cinza, e quem quisesse adentrar tinha que escalar esse enorme muro pra poder entrar.
Eu escalava com dificuldades, e capotava lá pra dentro exausto.
Eu via as pessoas em cadeiras tipo daquelas que tem nas piscinas de hotéis, deitadas, tomando sol,
descansadas.
Quando ia me apresentar, era tratado com indiferença, chegando mesmo um a dizer:
'Ah num atrapalha não”, quando passava por entre as cadeiras.
A grei, na verdade, era um grande 'clubão' de amigos.


O resultado, vc já soube ontem.


Top 1 – Um novo amor chegando- status: to pagando pra ver

Eu acordei de mahã cedo, e fiquei impregnado com esse sonho até 4 da tarde.
A chance humana de isso acontecer é remota: pra ser sincero, num faço a menor questão, não farei nenhuma força nesse sentido- por isso,
'to pagando pra ver'.
Fui mentor dessa menina desde quando ela tinha 14 anos. Hoje, ela tem 19, e não há vejo há 2 anos.
É das raras pessoas que sabe o que quer fazer da vida...e tem o mesmo gosto de filmes e séries que eu tenho...é inteligente, sensível, com personalidade precoce para a idade.


E muito linda.


Eu nunca pensei nela, além de achar uma pessoa bonita...só isso...tinha me esquecido, se num fosse o sonho.
Ela tem um namoradinho há uns 2 anos, no mínimo...parece que se dão bem.
No sonho, ela chegava para mim e abria o jogo: “Quero namorar vc”.


Eu num sabia se ela tava com namorado ou não...mas o que ela disse, no sonho, veio a sensação do que ela realmente queria dizer, mas num dizia, é difícil de explicar:
Quero namorar vc pra casar: sempre gostei de vc”.


Não perdi o rebolado, e emendei: “Tem certeza, (falei o nome dela)? Eu sou mais velho do que vc”.
“Tenho certeza sim, é isso que eu quero”.


O local de encontro era parecido com meu point.


Preciso dizer o seguinte: Não vou ficar esperando por isso. A fila, naturalmente, precisa andar...e só mesmo uma coisa muito superior pra que isso ocorra:humanamente falando, não mantemos contato algum.

Algumas coisas dependem da vontade de um,ou de outro...eu nunca orei pra que essa ou aquela gostasse de mim: pra isso o 'Chefe' deu o livre-arbítrio, essa oração não funciona.


Mas foi o sonho mais forte e intenso que tive no ano...fiquei 'impregnado' com aquela garota durante quase o dia inteiro, como se realmente tivesse falado com ela no dia.


Amanhã: Top Five generalidades, pra descontrair, e Top Five melhores momentos 2008.


Lee, que ganhou 5 presentes de Natal: um relógio, uma camera digital que num sei mexer, um perfume, uma caixa de bombons, e uma mini-lanterna, pra num tropeçar no cinema.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Top Five, Parte 1


Quando chegam pra vc e perguntam: “tenho duas notícias, uma boa e outra ruim...qual vc quer primeiro?”


Eu sempre escolho a ruim, pois depois tem a boa, pra compensar...assim, vou começar pelo Top Five decepções do ano.


Sem deprê...sem mágoas... decepções fazem parte de nossa vida- e esse ano não poderia ser diferente.


Top Five maiores decepções 2008:


Top 5- Ver o 0x0 com a Bolívia

Eu no Engenhão vendo a seleção do anão empatar em 0x0 com a poderosa Bolívia...ninguém merece...estádio vazio, jogo horroroso...que é que fui fazer ali?
Maquiaram minha cara no início do jogo e tudo...que mico...
E na volta, nem metrô tinha...andei meia-hora a pé, até chegar em casa, ao sair do trem.
Pior foi quando soube que depois do jogo teve festinha de sacanagem, liderados por Ronaldinho dentuço: Tudo regado a putas, bebidas e coca.


Top 4 : Não ter participado de campeonatos de Jiu-jitsu

Ganhei um ano passado, mas não fui estimulado a participar nesse ano, já que entrou um novo professor, ao qual não me adaptei:

Ele só dá atenção a quem lhe paga aula particular, quem não paga fica de fora: nas aulas comuns, em 90% delas, é só aquecer e treinar...saudades dos mestres anteriores, Negão, Dênis, Flavinho...agora, só vou vez ou outra- e só por causa dos amigos, enquanto aguardo por mudanças.
Tinha pelo menos 3 campeonatos pra disputar esse ano, e pelo que vi, com chances de medalha.


Top 3 : Minha Paixão de adolescente não correspondida
Reencontrei minha paixão de adolescente...ahh... ela continua linda, assim como nos tempos de 'teen'...e é um doce de pessoa, super-agradável...saímos juntos, jantamos, fomos ao cinema, mas não vingou: Só queria ser 'amiga'...que pena.


E ser amigo de quem vc sente algo, não dá certo - Os dois tem que gostar juntos:
Namoro não é caridade.
Fiquei um mês sem ir ao cinema (o que pra vc que me lê deve equivaler há uns seis meses), pois quando chegava ao hall dos cinemas, batia tristeza e saudades: me lembrava dela...tive que esperar passar.

Ainda nos revemos ocasionalmente, pelo círculo de amigos, mas agora o sentimento foi enterrado...vivo??


Top 2- A decepção com “amigos”.

Hoje sei que foram amigos da onça, mas depois de meu divórcio, muita gente me virou as costas, inclusive que ajudei:
Gente que comprei briga, que aconselhei e protegi, que ensinei, gente que era meu 'braço direito',que defendi em reunião, que celebrei 15 anos, que dormiu em minha casa fugindo de marido doido, que visitei em hospital...


Gente que almoçou em minha casa e eu na deles,mulher que apanhava do marido, gente 'de posição' que 'acorbetei' o erro pra não se marginalizar,etc.
Vcs vão ficar no passado: Ficarão nesse ano que se vai....bye, bye.


Top 1- PIB Copa Rejection
Foi a grande decepção do ano, pra mim...antes eu tivesse me lembrado do sonho que tive (veja depois no Top Five de amanhã: sonhos proféticos).
Frequentei assíduamente as reuniões, pela manhã e á noite...quando fui tentar participar mais ativamente ainda, fui embarreirado, tinha líder que nem olhava pra minha cara: panelinha pra todos os lados, pessoas frias e indiferentes, círculos fechados, e preconceitos, talvez por ser divorciado.


Voltava o caminho pra casa super-triste com isso: ainda assim, esperava que fosse passar.


Nos primeiros meses, nego nem me dava bom dia ...teve um dia que fui olhar no espelho do banheiro da grei, pra ver se um cara do meu tamanho podia ficar invisível...rsss!


Em um ano, nos seis primeiros meses, apenas Nádia (no primeiro dia que fui), Josias (no terceiro mês) e Jeodir (já no sexto mês) falaram comigo...depois,mais as senhoras, e outras poucas pessoas gente-boas.
Parei depois até de dar bom dia, pois ele é precioso demais pra ser jogado fora...mas na hora do louvor, alguns desses indiferentes (comigo e com qualquer um de fora que aparecia, fui reparando) só faltavam entrar em transe...
Já disse antes: A adoração de alguns desses, que cantam na congregação, no louvor, ou tocam instrumentos,nem sequer do teto passa: Foi o que o 'Chefe' me disse, certa vez ali.


Em nenhuma de minhas áreas, fui aproveitado...ainda tentei ir pra uma célula (espécie de reunião nos lares) mas só fui duas vezes: já num tinha mais tesão, depois de tudo o que me aconteceu...e esse é o tipo de tesão que nem viagra resolve.
Sem falar que ali não possui nenhum ministério envolvendo descasados, como o que frequento atualmente (veja mais sobre ele no Top Five melhores momentos).


Foi frustrante...se não houver perspectiva de mudança (e não vejo isso no horizonte), devo ralar... na verdade, já comecei esse processo...não posso ficar em lugar onde me sinto triste...

Top One absoluto.


Apesar disso, elas me chamaram a atenção em 2008:


Top Five Pib Copa Girls:


Top 5- Cynthya
Tinha que ser a cynco..rsss... Branquinha, de voz manhosa, é uma das mais inteligentes que tem por ali...tem um sorriso irresistível, além de bom gosto- é Botafoguense.


Top 4- Priscilla
No louvor, ninguém consegue transmitir o que está sentindo tanto quanto ela:
Priscilla faz a gente ficar perto do céu,só de vê-la cantar...adorei vê-la ministrar o louvor, certa vez.
Dona de uma bela voz cantando (só fica atrás da Paulinha), falando, tem uma vozinha mansa,agradável, que transmite paz.

É uma das pessoas mais simpáticas que tem por ali, fala com todo mundo, mesmo com os 'olhos'...
Pelo jeito que olha e mexia com os bebês, vai ser boa mãe.
Com o tempo foi ficando cada vez mais bela: tava uma graça de verde, no Natal.


Top 3 – Nádia
Assim como Priscilla, tem uma simpatia natural, herdada da mãe, outra gente-boa:
Nádia fala com todos, desde os idosos até os porteiros da Grei.
No meu primeiro dia, cheio de sede, foi ela quem me disse, com um sorriso, onde ficava o bebedor dos copos que não saem (são em média umas 5 tentativas de tentar puxar o copo)...
Ao contrário de boa parte das 'belas', não é marrenta...E ainda é Botafoguense!


Top 2 – Lathife
Lalá é talvez a mais charmosa das meninas que vi ali...tudo nela é diferente:
O nome, que achei lindo, e singular; O jeito despojado/descolado, evidenciado pela borboletinha;
As roupas, desde do basicão até quando ia arrumadinha;
Um gosto refinado pelas artes;
E até um certo 'ar avoado' que compõe seu jeito de ser.
No episódio da eleição (perguntem a ela) , tive uma certeza: Lalá vai ser boa esposa, parceira, amiga...torço pra que num arrume um mané, que queira mudar o jeito dela de ser.


Top 1 – Thati
Thatizinha é a “coisinha mais lindinha do mundo”: afinal, não é nos menores frascos que estão os melhores perfumes (e os maiores venenos, tb,kk!)?


Na disputa acirrada pra ver quem é a mais baixinha da grei (com Rebecca e as amigas dela Elaine e Juliana Reis), Thati, a menor e mais nova de todas, fica no Top one.


Apesar de ser difícil de vê-la, mesmo quando estava em pé,essa moreninha bombom alpino, irmã do Toddynho, além de ser uma gracinha, tem um brilho diferente, não perceptível a olhos comuns:


Na Thati, se consegue captar até mesmo a pureza, a entrega de coração para querer servir, uma certa “birra”, uma ingenuidade cristã ótima pra fé (que a gente tende a perder ao longo dos anos)...o gosto pela arte cristã...


E um potencial que ela mesma desconhece: o dia em que ela conseguir retirar a camada de timidez que ainda a envolve, ela vai longe... muita gente ainda vai se surpreender no futuro, com as coisas que ela vai alcançar:


Vão olhar e dizer: “Como essa baixinha conseguiu isso?” Num sabia que ela era capaz disso”!

Anotem, vcs verão: o “Chefe” adora fazer grandes coisas com pessoas “pequenas”...


Amanhã: Top Five sonhos proféticos e Top Five Livramentos.


Lee, sentindo cinco coisas no momento: Fome, sede, cansaço, paz, e certeza de que decepções passam- Ontem o culto de Natal foi ótimo, e joguei bola debaixo de muita chuva, é delicioso!!

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Não Exagere


A morte da estudante Isabella Baracat Negrato, de 20 anos, num cruzeiro á bordo de um transatlântico na última sexta-feira, é um alerta para todos nós nesse Natal.


Estudante de direito, se empolgou na bebida, e teve morte por asfixia, após ingerir o próprio vômito dentro da cabine do transatlântico.


A Polícia Federal descartou a hipótes de drogas, mas mesmo assim, nego começou logo a botar os 'podres' pra fora: havia muita bebida regada a cocaína no navio.


A gente nunca vai saber se Isabella tava triste e quis 'afogar as mágoas', ou se estava era alegre e exagerou, morrendo de forma tão estúpida: É como se vc morresse com o 'cuspe que deu pra cima'.


Acabou o Natal pra família dela...pros amigos que estavam no navio...tudo por causa de um exagero...terão um Natal 'inesquecível', infelizmente.
Nessa época, tome cuidado, vc que dirige, ao se deslocar: os própios motoristas de taxi ficam 'cabreros' nessa época, muito ligados nos outros carros...tem nego que dirige bebendo garrafas de Whisky, latas de cerveja,etc.


Mas tome cuidado também na hora da ceia, especialmente se tiver conteúdo alcóolico, como vinhos, champagnes, cervejas, etc.


Todo mundo acha que isso nunca pode 'acontecer com a gente', até vir uma fatalidade.
Pergunte aos plantonistas no hospital como são as entradas nesse período, e eles vão te deixar melhor informado...sempre a bebida é a causa maior dos acidentes, sem falar na turma que vai parar lá em coma alcóolico...eles achavam que 'sabiam beber'.


Não seja também o 'macaco' do circo, após 'umas e outras'...pega leve.
Tenha um Natal 'inesquecível'...faça um Natal inesquecível pros outros...mas no bom sentido:


Faça que se lembrem de vc com alegria, de sua participação na festa...


E não que vc seja lembrado por ter morrido no seu próprio vômito.


Lee, cujo vício é Coca-zero...sendo zero a chance de ter um 'vomitus' por causa disso.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Natal é Reflexão


Foi insuportável sair na rua hoje:resolveu esquentar, e tinha 'mó muvuca', dentro do shopping e fora dele.

Essa correria toda não pode abafar a reflexão necessária nesta que é uma das três datas que no mundo todo 'mexe' com as pessoas: Páscoa, Natal e passagem para o ano novo.

Pro ano novo, escrevo até a virada, ainda falo do Natal, portanto.

Datas são importantes na medida do significado vivido existencialmente pelas pessoas:

De como está o seu coração nesse dia.

Do contrário, essas datas podem virar 'feriadão' apenas- tão somente isso.

Pra muita gente mesmo, Páscoa, Natal e ano novo é apenas um “feriadão”.

Quando podem faltar ao serviço, encher a pança e beber até não saber o própio nome.

Outros conseguem só enxergar a questão dos presentes, e de Papai Noel.

É como ficar na parte rasa da piscina de criança- sim, isso faz parte, mas é muito mais do que isso: trocar presentes é um 'barato', a fantasia com o bom velhinho é uma delícia...

Mas isso é apenas o “ the book is on the table” do Natal...vc não quer falar só isso em inglês...e já pensou se o Cielo e o Michael Phelps ficassem só no 'rasinho' da piscina?

Também não estou falando de religião...não quero te ver com nenhum manto religioso, nenhuma 'burka' escondendo a sua beleza...Não, num quero falar de celebração religiosa de uma data...

Quero falar do espírito que precisamos ter nessa data.

O mesmo espírito que os magos e pastores tiveram, que viram algo naquela noite, que os motivaram a ir tão distante(conforme evagelhos de Mateus e Lucas).

Nenhum religioso viu o que eles viram- nenhum deles esteve presente.

Nenhum príncipe viu o que eles viram- ninguém da realeza esteve presente.

E todos eles sabiam, com anos de antecedência, desse acontecimento...na verdade, todos eles sabiam da profecia na ponta da língua, e poderiam até recitá-la:

“Porque um menino nos nasceu, um Filho se nos deu, e o principado está sobre os Seus ombros, e se chamará o Seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz." (Isaías 9.6)

Quando os magos e pastores tiveram essa 'presença de espírito', eles poderiam atravessar o mundo todo a pé: eles queriam presenciar, dar presente (o ato original de dar presentes vem daqui), mas sobretudo, só de estar perto, sentir pela fé (afinal era recém-nascido) cada um desses atributos.

Sabiam que não o achariam no Hilton Hotel de Jerusalém (bem que José tentou se instalar num hotel de qualidade, mas até mesmo as simples hospedarias estavam cheias), mas numa manjedoura:O Reino do 'Príncipe da paz' não é como os reinos da terra, pois todos tem livre acesso, basta buscá-lo:

"Bem aventurados os humildes de espírito", diria Jesus mais tarde.

Quando tivermos o mesmo espírito dos magos e pastores, nosso Natal será diferente: ele sempre estará num 'plano' muito maior.


Lee- Que sempre tentou imaginar quantos cavalos, bois e vaquinhas tinham naquele estábulo na hora...

domingo, 21 de dezembro de 2008

Natal sem Bruxas


Preciso escrever isso antes do dia 25...é que uma amiga me contou um pouco do que acontece nessa época nas Igrejas, antes do Natal...


Vou contar o que aconteceu na igreja dela, Católica, e depois o que rola também em algumas Igrejas ditas “evangélicas”.


Ela me contou que o Padre tava malhando Noel, desestimulando isso com crianças,etc, enfim, já disse um pouco disso na primeira parte da mini-série sobre sentimentos no Natal.


Me disse ela, que ele falou que “nunca viu Noel se ajoelhando na manjedoura”.
Aí, uma amiga que tava na missa, 'de sacanagem', tirou uma foto de um 'bom velhinho' ajoelhado na manjedoura, e enviou pro Padre...kkk!


Mas também tem vários Pastores que, em vez de pregarem sobre a paz, amor, fraternidade, nascimento de Cristo, etc, tem atitude semelhante ao Padre da grei de minha querida amiga.


Já vi eles falando que comemorar Natal é prestar culto a São Nicolau( dia 25 de Dezembro), ao Deus Sol, o símbolo da árvore de Natal e a guirlanda são demoníacos, etc.
Vc Cristão Protestante ou Católico já deve ter escutado essas historinhas.


Nego inventa um monte de bruxas pro dia do Natal- parece mais 'Halloween' que Natal!


Ora, se formos por supostas datas, históricamente, é muito provável que Jesus tenha nascido em outubro, segundo vários historiadores...só isso quebrava a teoria da data 'ocultista'.

Esta data foi 'estabelecida' na época do domínio romano, segundo alguns autores.


Quanto ás festas, árvores, enfeites, etc, só tenho a dizer o seguinte:
Se formos dar confiança a essas coisas, a gente teria que sair da terra, e ir pra outro planeta.


Ora, seu Manoel, o português do açougue que tinha ali na minha esquina, tinha um santo ao qual ele era devoto ( todo açougue ou supermercado tem um santo de devoção do dono- olhe ao redor);


Ora, o dono da Mundo Verde, loja de produtos naturais que eu compro meus Muppys (deliciosa bebida a base de soja) tem na loja dele um elefante (deus hindu), incensos indianos, e uma série de apetrechos místicos.


Minha mãe compra as ervas do chás dela, inclusive meu mate, de um árabe que usa turbante e tudo, e tem Alá como seu deus...


Só que quando eu vou comer qualquer coisa dessas, eu faço uma oração de agradecimento ao Deus que eu creio, ao qual eu sou 'devoto'.


Eles tem o deles, eu tenho o meu.


Por isso o Apóstolo Paulo disse que a gente deve ir ao mercado, comer de tudo, dar graças a Deus, e celebrar a vida em paz.


Se você for se preocupar com a origem de coisas, nomes, festas, datas, etc, já disse, você terá que sair do mundo: já tem viagens lunares disponíveis aos civis, por milhões de dólares...


Paulo nos ensina a não ter tais conflitos, e a termos paz com uma certeza:


Todas as coisas são puras para os puros; porém para os de mente impura, tudo fica impuro.


Isso se aplica pra uma porção de coisas que alguns Padres e Pastores pregam, como não poder ir a praia, ver TV, jogar bola, ir ao Maracanã, etc.

Ninguém que comemora o Natal está pensando no diabo.
Quem Jesus chamou diretamente de “filhos do diabo” não estavam vestidos de Papai Noel, mas sim com 'uniformes religiosos': Os FARISEUS (leia João 8).


Passe um Natal 'sem bruxas'...passe um Natal no espírito do amor cristão.


Fui ver a árvore na Lagoa, hoje...muito linda! Vi Papai Noel também, folclore infantil!


Lee- ' desbruxificando' o Natal com o meu inseticida mata-demônio: tssssssssss!

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Como vc se sente no Natal? (parte 3 de 3)


(foto acima: do filme natalino A Felicidade Não se Compra)


O que também acontece muitas vezes, é que vc pode ter que ir a um lugar, ou mesmo ficar em casa, mesmo 'não querendo'...

Os piores natais quando passei fora, era 'teen', e foram horrorosos- preferia ter ficado sozinho em casa, do que ter ido neles...num deles, teve a baixaria que contei na parte 1.


Bote na cabeça o seguinte:vai passar logo, e vc num vai morrer por isso- um dia, vc vai passar o natal do jeito que vc quer, ao lado de quem vc escolher, não sendo obrigado.


Estou exagerando ou vc já se sentiu nessa circunstância?


Mas o que eu ainda não falei, é que talvez vc tenha chegado a esse natal triste...talvez vc tenha colocado seu coração em algum projeto, em alguma pessoa, em alguma expectativa, que logo a seguir, foi jogado fora...não se realizou, concretizou, num deu certo.


Alías, a letra da minha música favorita de Natal (e que vc vai ver na Sessão revival) fala um pouco disso:


No último Natal,
Eu te dei meu coração mas no dia seguinte, você o jogou fora...
Esse ano, para me poupar das lágrimas,
Eu o darei a alguém especial
.
(George Michael)


Quando essa música tocou no Shopping, eu estava tomando um McCoffee, e já ia levantar...ia...mas é minha música favorita de Natal, ela mexe comigo, pois o clip dela original tem neve (como eu tinha), tem ceia alegre (como eu tinha) tem amigos juntos (como eu tinha),etc...


Foi ali que senti o “Chefe” me dizer para escrever sobre sentimentos no Natal, pelos própios sentimentos que vinham a minha lembrança...em particular sobre a tristeza:


Muita gente fica muito triste nessa época, inclusive pensando em suicídio;
Muita gente se sente sozinha- mesmo estando ao lado de muita gente;
Muita gente enche a cara pra mascarar suas frustrações.


Saiba que o aniversariante do dia, Jesus, consegue fazer uma coisa que nenhum aniversariante faz: te dar um presente, no dia dele.


Ele te enche de paz, e não de tristeza, pois é “noite feliz e noite de paz” com ele sempre, todos os dias: vc bota a cabeça no travesseiro e dorme, apesar de circunstâncias que querem dizer ao contrário.
E ele ainda diz o seguinte:


Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas? (Mateus 6.26)


Pode crer que sim!


Lee- que experimentou todas as “fases” do natal, mas que experimenta sempre da graça e da misericódia do aniversariante maior do próximo dia 25.


Na Sessão revival, veja minha música favorita de Natal, num vídeo que 'mexe' comigo:
“Last Christmas” (veja primeiro o original, com o Wham, e depois a versão dance, com Cascada).

veja em vídeos do meu orkut!

Como vc se sente no Natal? (Parte 2 de 3)


Apesar de tudo isso, o natal era muito manero pra mim...os melhores natais até então que passei, foi quando era criança lá fora.


Mas como vc se sente no natal atual?
Dentre as várias perspectivas que apresentei na primeira parte (se vc perdeu veja no blog), é provável que vc se encaixe em alguma delas...
Quem diz que não sente nada, por exemplo, provavelmente pode estar escondendo alguma coisa que aconteceu nessa época, e que não traz boa lembrança...


Lembro de alguns anos atrás que um colega disse que na véspera do natal (o dia 24 acaba sendo, em essência, mais importante do que o dia 25, por causa do preparo, das pessoas que se deslocam para a a ceia, etc) um acidente abalou a família dele.


Um motorista bêbado (muito cuidado nessas épocas de festa) bateu no carro do tio dele.
Morreu o tio e uma sobrinha...acabou aquele natal, e o logo a seguir, no ano seguinte, pela lembrança.
Se eu fosse colocar minhas expectativas tão somente em festas de natal, provavelmente ficaria frustrado, pois nesse nível, eles tem sido bem sem graça nos últimos tempos.


Aqui em casa, talvez passe até sozinho, pois minha mãe talvez vá para casa de parentes.
E mesmo se ficar, é sem graça do mesmo jeito – nem árvore foi montada esse ano, assim como no ano passado.


Não fico lembrando de forma nostálgica de natais passados- eles foram legais no período que falei, sem sal em vários momentos 'teen', infelizes-sem sal quando era casado.
No meu caso, em dezembro junta tudo, pois além do natal, tem o niver, o fim de ano...
É claro que sonho em passar o natal ao lado da pessoa amada, de futuros filhos, fazer algazarra na hora de presentes, etc: mas esse dia vai chegar.


E mesmo se num chegasse, não é um dia que vai tirar minha alegria de viver- é onde eu quero chegar: falei de indiferença ao natal (e como isso pode ser uma defesa) de nostalgia (e que não é pra vc ficar olhando pra trás, temos essa mania – o melhor de Deus sempre é no ponto futuro- pra andar pra trás, ele criou o caranguejo).


E se vc tem problemas de 'relacionamento familiar' nessa época, por qualquer motivo...?


Um dos motivos que eu tinha, é que não suporto ficar com fome...odeio esse negócio de esperar dar meia-noite pra comer...nego fica beliscando, com fome, só por uma tradição.
Por vários anos, pedi que antecipasse a ceia pras nove da noite, em família.


Meia-noite, geralmente tá todo mundo cansado (tem muita gente que ainda faz comida, não encomenda), bate um sono ferrado, não pela hora em si, mas pelo que fez no dia, pois quem não trabalha na cozinha, ás vezes vai comprar um presente nesse dia, em shopping lotado, é uma correria pra compra comida, bebidas, etc.


Aí, uma da manhã, tá todo mundo 'pregado', com a pança cheia (exageram pois tão mortos de fome), e num aguentam fazer mais nada: conversar, brincar, jogar,ver um filminho, etc. Não é raro ver nego cochilando pouco depois.


O dia em que fiz o meu prato ás nove, no natal, foi um 'fuzuê', pois estava 'quebrando a tradição'...dia 24, quando vc olhar no relógio e der 21 horas, lembre-se :“o Lee está jantando agora”...kkkkk! Vou ficar com dor de cabeça até meia-noite? É ruim, hein!

(continua)

Lee - comendo 'antes do tempo', pois a tradição num mata a minha fome.



Como vc se sente no Natal? ( Parte 1 de 3)


Muita gente tem sentimentos distintos quando chega a época natalina...

Já vi muita gente dizendo que “num sente nada”, é apenas mais um dia qualquer.
Outros, percebem a diferença nas ruas, com gente te desejando 'feliz natal'.
Alguns ficam mais melancólicos...especialmente os que estão sozinhos.
Outros mais nostálgicos, se lembrando de natais passados...


Ainda há os que estão doidos pra chegar a véspera, no dia 24, pra passar a ceia com a família...
Mas também tem os desesperados com a chegada desse dia, em família...tem muito ranço no ar, qualquer fagulha pode acender a pólvora...


Certa vez, inclusive, num natal que passei em casa de outra família, foi uma baixaria tremenda, com nego que achou que o natal era dia pra lavar roupa suja em família.
Xingamentos, choradeira, acabou o natal ali...foi triste...roupa suja se leva em casa: sem ninguém de outra família por perto- e nunca, jamais, no natal.


Natal pra mim, sempre foi outra coisa complicada...rsss...mas vc vai entender o por quê.
Primeiro, tive a experiência de natal que os europeus e americanos tem- com neve e frio.
E isso foi na infância- na verdade,não consigo me lembrar de natal antes dos sete anos de idade,ainda aqui (dos sete aos quase 10 morei por 4 anos fora).


Na Alemanha, fazia boneco de neve, guerra de neve,andava de trenó e patins de gelo.
Lá, na maioria nas casas, é pinheiro de verdade, que vende as pencas em dezembro - se vc num comprar logo, aí sim, vai comprar o “de plástico”,como aqui- uma espécie de pagar 'mico.'


Na minha cidadezinha, na maioria das casas tinha lareira, ou seja: tinha chaminé.
A tradição diz que Papai Noel desce pela lareira...enquanto o super-trenó dele aguarda lá em cima, com a renas.


Pra piorar, numa terra toda propícia ao 'Santa Claus' (Papai Noel em Alemão) minha mãe por ser 'cristã' achou que era hora de dizer que Papai Noel não existe, e que o aniversariante da noite era Jesus.

Ora, iria chegar a época em que naturalmente a fantasia iria ser descoberta...precisava ser ali, naquela hora, em pleno “reino da fantasia”?

Se vc é pai/mãe de criança pequena, digo o seguinte pra vc:

Os dois, Jesus e Noel, podem conviver numa boa, pacíficamente, na infância.
Jesus sempre foi, É, e será;
Noel só é, uma vez por ano, e só no fimzinho...


E logo,logo, seu filho ou filha, quando perceber, vai querer deixar de 'ser besta.'
(continua)

Lee – que teve o “bom velhinho” retirado antes do tempo, mas que nunca retirou o “Filho do Homem” do coração.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Doe um Brinquedo nesse Natal / Stallone no Rio


Não me canso de repetir: criança gosta é de brinquedo.


Roupas são importantes,mas que tal, nesse natal (rima proposital), vc doar um brinquedo a uma instituição que cuide de crianças, ou mesmo numa comunidade carente?

Talvez seu filho não utilize mais um brinquedo, ainda em bom estado...
Ou aquela boneca que vc não brinca mais desde criança, e está de enfeite no seu quarto...
Um bichinho de pelúcia, um carrinho, tanta coisa que fica encostado...que poderia ser doado.


Uma das imagens que mais chamaram minha atenção com relação a enchente de Santa Catarina, foi quando uma desabrigada pegou um bichinho de pelúcia do 'Garfield', pra dar pra filhinha...


Aqui no prédio,amanhã será enviada uma caixa enorme com brinquedos, e outra com roupas, para uma comunidade carente, e será distribuída entre eles.
Doei os meus carrinhos...que enfeitavam a mesa sobre a qual digito...coloquei numa caixa bonitinha e deixei lá na portaria, onde ficam as enormes caixas.


Só restaram o Batmóvel e o Mach 5, carro do Speed Racer...carrinhos eu compro depois.


Doe um brinquedo, ainda dá tempo...alegre uma criança...elas gostam de receber brinquedo de presente.


Sylvester Stallone no Rio


Amanhã ele estará em Sampa, mas Sly passou 3 dias aqui na cidade, procurando locações pro seu novo filme.
Se eu fosse adolescente, cercava ele lá no Sofitel (onde se hospedou em Copa), pois vcs sabem, ele sempre foi meu 'ídolo'...


Ao contrário da 'Mandonna', Sly sempre foi carinhoso com os fãs.
Tirou fotos, deu autógrafos, almoçou no Porcão, foi na Vista Chinesa, Na favela Tavares Bastos (onde foi filmado a parte brasileira do Hulk)...


Comprou jóias em Ipanema, onde na rua, mesmo na chuva, parava pra atender a galera que o reconhecia.


Resultado: Sly tem fãs desde a idade dele até adolescentes...quando fui ver Rambo 4 em fevereiro,me surpreendi com a quantidade de gente nova (a censura era 18 anos) que lotou a sala do cinema.


Ídolo, como já disse num artigo, tem que ser simpático e acessível, pois não vivem sem a gente- deixa de comprar CD da Madonna pra ver se ela num muda...


Lee- Agora só com dois carrinhos, mas feliz, pois os demais vão alegrar a molecada...e alegre por ver Rocky caminhando entre nós!

Os Livramentos de Deus


O nosso Deus é o Deus da salvação; e a DEUS, o Senhor, pertencem os livramentos da morte”. (Salmo 68.20)


Muitas vezes não entendia, mas me dava uma vontade de mudar de rumo, e pouco depois ficava sabendo que algo acontecera no trajeto que originariamente iria passar.


Se eu fosse contar quantas vezes isso aconteceu, não iria caber aqui...
A mais recente foi terça-feira passada:voltando do serviço, antes de subir para minha rua, eu queria comprar umas coisinhas no mercado, mas tive um ímpeto de ir pra casa, contrariando a lógica de já subir com pequnas compras.


O fator natureza também ajudou, pois nessa semana de chuvas, quis aproveitar a estiagem para descer logo com o cachorro.


No espaço que desci com ele em frente ao prédio, uns 10 ou 15 minutos antes que chovesse, quando desci para comprar as 'coisinhas' houve um assalto no banco, em frente onde passaria, se tivesse ido na direção oposta – e na mesma hora (perguntei a quanto tempo tinha acontecido, olhando para o relógio).


A famosa 'saidinha de banco', modalidade de assalto rápida, teve confronto com pms que passavam na hora: tiro pra tudo quanto é lado.


Um vagabundo morto,e muita,mas muita bala perdida: o frentista de um posto ao lado do banco foi alvejado no pé...desespero na rua, trânsito parado, carro de polícia chegando de tudo que é canto, etc.


E da vez que o meu frescão (busão com ar- condicionado) passou direto pelo ponto, e eu fiquei xingando o motorista (mentalmente, rss)? Estava atrasado, e tive que pegar um quentão mesmo...


Cerca de 500 metros depois, meu quentão passa pelo frescão, parado...com a frente totalmente destruída...havia batido num pequeno caminhão.


E meu busão metralhado em frente a favela, numa noite, anos atrás?
Me deitei ao assoalho do ônibus, clamando pela misericórdia do Senhor...os tiros de fuzil passavam por debaixo de mim, no assoalho do ônibus, e pelas janelas...mas nem eu nem nenhum passageiro fomos atingidos.


E meu coração? Tinha arritimia cardíaca em repouso, podia morrer dormindo sem saber...
Senti que era pra procurar um cardiologista, que com testes, foi descoberto que o pico era ás...3 da manhã, em repouso!

Hoje, curado, jogo bola e luto Jiu-Jitsu.


E as posses?
Certa vez, quando ainda tava com carro e ele dormia na rua, houve um vendaval,trovões, etc.
Quando fui ver o carro, no dia seguinte, era o único da rua intacto- galhos pesados caíram das árvores, amassando ou rachando vidraças de TODOS os carros- menos do meu.


Nunca tive um carro roubado...nem mesmo quando 'esqueci' certa vez na rua:
Antigamente, eu era super-desligado...fui numa sexta-feira a tarde ao dentista, e estacionei o carro em frente aos correios...e voltei pra casa de metrô (kkk)!


Na segunda-feira(!) precisei sair com o carro...”putzz”, botei a mão na cabeça, no estacionamento do meu prédio- “esqueci meu carro a 1 km daqui!”


Quando cheguei lá, era o único carro estacionado...cheio de poeira...sem multa...e intacto.


Por 2 anos e meio, onde morava, minha porta não trancava por dentro, só por fora...esquecia de chamar chaveiro, já que abria por fora...não havia trancas por dentro, e nunca ninguém entrou enquanto dormia.


Dirigindo de BH ao Rio, sentia o motor do carro estranho...mas cheguei em casa.
No dia seguinte, ao levar ao mecânico, esse se assustou: “esse motor, não sei como, só está preso a dois parafusos,e quase se soltando!! Já era pra ter caído!”


Se “caísse”, teria capotado o carro.
Finalizando a sessão carro, meu freio simplesmente não funcionou mais quando descia o alto da boa vista, aqui no Rio...usei o freio motor(reduzindo as marchas) e um pouco do freio de mão...assim que desci,o freio “voltou a funcionar”.


Depois eu conto outros, daqui há alguns dias, quando tiver pra acabar o ano:
Vou fazer um “Top Five” de várias coisas desse ano, uma espécie de o melhor do que aconteceu, e devo postar um “Top Five” disso também.


Lee – cujos anjos do Chefe trabalharam muito ao meu favor, na questão de livramentos.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

A importância de se procurar ajuda de psicólogo, psiquiatra ou, psicanalista, além da ajuda de Deus


“Mens sana in corpore sano”, disse o poeta latino Juvenal.
Mas além da mente sã num corpo são, Juvenal só se esqueceu do terceiro elemento de que somos constituídos, o espírito...aí a frase ficaria perfeita.
Todos três tem que estar “são”, ou haverá desequilíbrio.


Ninguém tem vergonha de procurar um médico quando não se sente bem;
Ninguém tem vergonha de procurar um dentista quando tem dor de dente (talvez só medo);
Ninguém tem vergonha de assistir a um culto ou uma missa, de buscar um conforto espiritual para as angústias da alma;


Mas muita gente ainda tem vergonha ou preconceito de buscar ajuda de um profissional especializado nas questões psico- emocionais.


Creio que parte dessa vergonha em procurá-los, desse receio ou preconceito, se deve ao fato de, por muitos anos, quem procurasse ajuda de um profissional dessa área era taxado de maluco.


Conheço muita gente que se consultava as escondidas, sem ninguém saber...pais que mandavam filhos, escondido dos outros...pastores que quando iam ao psicólogo, ninguém na Igreja podia saber,era segredo...e como todo segredo, sempre alguém (geralmente da família) sem querer contava.

O conhecimento da medicina foi dado aos médicos por Deus para ajudar o homem...lembre-se, Jesus tinha um discípulo, Lucas (autor de um dos evangelhos) que era médico.


O mesmo conhecimento foi dado aos Psis (psicólogo, psicanalista, psiquiatra- que é médico e o único que pode aviar receita) para ajudar-nos a ter uma mente sã.

Nesse mundo louco, desenvolvemos fobias as mais variadas,como medo de andar de elevador, de altura, de gente, claustrofobia (lugares fechados), etc.


Já pensou um advogado com medo de falar em público?

Ou vc subir 20 andares de escada por medo de elevador?

Não viajar por medo de avião?

E não estou nem citando os traumas familiares, causas das mais variadas desordens emocionais...


Ora, o próprio Jesus aplicou os métodos das escolas psicológicas, muito antes de elas serem aplicadas pelo homem:


Com Nicodemos, num diálogo fascinante(João 3.9), ele mandou pensar- Cognitivo;


Quando expulsou os demônios que atormentavam um Gadareno (ação espiritual), este quis seguí-lo (Marcos 5.1-20),mas Jesus o mandou de volta a família- Psicanálise;

Na ocasião da mulher samaritana (João 4.5) encontram-se elementos da Gestalt;

Na ocasião do escriba que lhe pergunta: 'quem é meu próximo'? (Lucas 10.29 em diante) e Jesus conta a história do bom samaritano, e pergunta:” quem é o próximo dessa história?” - Compotamental;

Com os fariseus, na maioria das vezes, usou o pensamento Sistêmico.

Ora, se Ele se utilizou de cada um desses elementos milhares de anos atrás, conforme cada caso, por que vc tem medo, preconceito, achando que isso é 'coisa de maluco?'

Terapeutas são uma benção de Deus;


Os 'Psis' são dádivas de Deus:
“Não havendo sábios conselhos, o povo cai, mas na multidão de conselhos há segurança.” (Provérbios 11.14)


Lee- sempre atento a conselhos

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

A Música e Eu


Amo música...faz parte de meu cotidiano, de minha vida: cresci ouvindo, e cantando tocando música.


'Cresci ouvindo' o que há de melhor na música, pois quando criança no fim dos anos 70, só tinha coisa boa:
Bee Gees, Stevie Wonder,Carpenters, Kool and the Gang (adoro Joanna!... ao contrário da maioria que prefere Celebration, muito cantada por bandas de flashback),Earth Wind and Fire, Jackson Five...


Até os “bregas” eram bons: Abba, Brotherhood of arms, Dee D. Jackson,Patrick Hernandez...
Vc deve estar pensando: e os Brasileiros?


Ora, quando criança morei fora, e só escutava fitas cassete (vc sabe o que era isso?) do Roberto Carlos e do Benito de Paula, que chegavam do Brasil.


Mas fui as forras na adolescência com a música brasileira,especialmente com o Rock nacional: os Paralamas, meu favorito, e até o Kid Abelha...bem, a lista completa está na página inicial do meu orkut.


Quando ouço música, me concentro nela- por isso não ouço em computador, andando na rua, etc- tenho que parar pra ouvir, sentir todos os intrumentos que estão tocando, etc...

Só mesmo no banho que consigo ouvir: Sim, só tomo banho escutando música.


'Cresci cantando', pois sempre fui de corais na igreja, desde o coral infantil...até em conjunto vocal, já adulto;


'Cresci tocando', pois aos 5, 6 anos, tocava chocalho na bandinha ritmica da igreja...e mais tarde, aprendi bateria e a deliciosa panderola, ótima pra marcação de ritmos...até uma música aprendi a tocar no piano...mas só uma...


No colégio militar, formamos uma banda, ensaiávamos em estúdio e tudo mais...tocávamos de Paralamas até Rolling Stones...sempre na bateria.


Também tive uma banda Gospel montada por 3 anos, era baterista e letrista, mais tarde, por saída de alguns músicos, virou grupo vocal.


Tocar é muito gostoso, mas tocar ou cantar louvando a Deus é muito mais.


Adoro o som de uma guitarra, de um piano, de uma percussão, de um baixo, de um sax...
Adoro músicas de qualidade...tem tanta porcaria hoje que não consigo ouvir, como esses funks com letras pornográficas, ou defendendo maconha, bandido, etc...


Boa parte das bandas, cantores e cantoras de minha infância ou da época teen, são sucesso até hoje, ao contrário de um Bonde do Tigrão ou É o Tchan da vida, que se vão tão rápido quanto chegam...


A Madonna (que não curto), aos 50 anos botou 70 mil pessoas no Maraca ontem...minha amiga, que foi ver um show dela em Nova York, diz que lá tava lotado, também;


Elton John (que curto) sessentão, vai lotar a Apoteose dia 19 de janeiro, no Rio.
Músicas de qualidade, geralmente permanecem por muito tempo, sendo cantadas muitas vezes por 3, 4 gerações seguidas- sem falar nas regravações.


Lee , que não vive sem música.

domingo, 14 de dezembro de 2008

Previsão pra segunda-feira: Chuva Forte e Trovoada


É o que diz a previsão da metereologia pra essa segunda aqui no Rio (site climatempo).


Alías, nesse domingo á noite já não deu pra sair por causa da chuva, aqui em casa: com as obras que estão fazendo na rua aqui em frente ao prédio, virou um lamaçal só...
Resultado: viva a igreja virtual! Assisti ao coro da PIB Copa, na primeira metade, e a mensagem do Pr. Israel, na IB Itacuruçá -”estive” em dois cultos ao mesmo tempo, sem sair de casa, só pela internet!


A maioria das pessoas, vão trabalhar na segunda, ou estudar,etc, já meio pra baixo, pelo simples fato de ser...segunda.
A felicidade pela chegada do fim da sexta-feira, termina aqui.
Temos,muitas vezes, a mesma sensação daquele preso que está em condicional, e chega a hora dele voltar pra cadeia.


O cumprimento no trabalho, escola,etc, não é o mesmo dos outros dias da semana:
O “Bom dia” que vc dá, com a cara que a gente faz, soa como se fosse: “É né? Fazer o quê, temos que vir...


O início da semana soa como um 'pesar', voltar pra dura realidade.
Muita gente mal consegue dar bom dia...já chegam “malzinhos”, mesmo.
E segunda-feira com chuvas e trovoadas, como está na previsão?
Para alguns, é a depressão em dose dupla!


Sem vontade de ir, acordando cedo, e ainda caindo pé dágua- ninguém merece...
Poderiam fazer uma lei do ponto facultativo ás segundas: em caso de chuva, o funcionário poderia faltar,sendo necesária a compensação, desde que não fosse...numa segunda!

Aí, iria ter que trabalhar num sábado...humm...pensando bem, deixa essa lei pra lá.


Tenha bom ânimo: peça a Deus que te dê forças pra encarar a segunda-feira.
Peça a Deus que te dê forças pra encarar a semana.
Com Ele, não tem chuva forte ou trovoada que faça te assustar...talvez molhe um pouco, não esqueça o guarda chuva.


Até por quê Ele também trabalha na segunda-feira:
Só sabemos que ele descansou uma vez, na ocasião da criação do mundo, mesmo assim no sétimo dia:e na época só havia Adão e Eva, e não toda essa muvuca de hoje (Genesis 2.2).


Tenha bom ânimo:

Ele é o Senhor da segunda, assim como é do sábado e do domingo;
Vc vai conseguir, a semana vai passar rápido.
Quando vc ver, já vai ser...segunda-feira ...de novo...rsss!


Lee - levando a segunda-feira numa boa...cadê meu guarda-chuva...?

sábado, 13 de dezembro de 2008

O que é ser um verdadeiro adorador?



Deus é Espírito, e importa que aqueles que O adorem, O adorem em Espírito e em verdade." (João 4:23-24).


Verdadeira adoração envolve uma verdadeira comunhão, pois é em 'espírito':
Onde não existe verdadeira comunhão com o Pai, não pode existir verdadeira adoração ao Pai- é uma questão pessoal de cada um.


Se não vira só 'cantoria': é um dos grandes problemas de hoje nas igrejas.
Caso não tenhamos cuidado, vamos constatar que estamos a seguir somente nossas emoções, adorando o Pai por uma "obrigação" e não numa adoração pura.


Sim, a emoção é um dos componentes,acaba fazendo parte do louvor, mas não é o seu fim: ora, se for só por emoção, não vai ser diferente de um show do seu cantor, banda ou cantora favorita.


Já vi nego se emocionando direto em shows, dos mais variados estilos de música.
Essa adoração em 'espírito e em verdade' faz uma conexão direta, tão forte com Deus, que é muito mais do que uma emoção que vc possa sentir de qualquer show aqui na terra... as dos shows da terra, só te 'arrepiam' ou faz chorar;
A adoração em espírito e em verdade, toca o coração de Deus, e lava nossa alma.


E isso, independe de como vc está: tem gente que está num maior sufoco, lutando contra varios problemas, perseguições, depressões, pecados, gente que está pra baixo...
Estas, quando conseguem adorar mesmo nesse estado, tocam o coração de Deus:
Sim, pois é em espírito e em verdade...é fácil louvar quando tudo está bem.


Agora, preciso falar o seguinte: adoração não é só na “Vertical”;
A adoração é também “horizontal”.


Vertical é uma linha retilínea que está de pé (de cima para baixo ou de baixo para cima).
Horizontal é uma linha deitada .


Percebo nas Igrejas, de um modo geral, que no momento da adoração, ela permanece apenas 'vertical': nego parece em transe, levanta a mão pra cima, chora, fecha os olhos, como se estivesse sozinho,ali naquela hora.


O mesmo Jesus que disse pra adorar em espírito e em verdade,disse pra amar-mos uns aos outros, como ele nos amou:


"Nisto reconhecerão que sois meus discípulos: se vos amardes uns aos outros."(João 13:35)
Essa adoração Vertical deverá,automaticamente, fazer que vc adore a Deus da maneira horizontal,obedecendo o mandamento de amar uns aos outros.


Nas igrejas, as pessoas geralmente só se sentam ao lado das pessoas que gostam, e só cumprimentam seus amigos na hora do louvor.
Aí, só se confraternizam,cantam abraçados, de mãos dadas, etc, com seus amigos.


Já vi pessoas trocarem de lugar na igreja, quando percebem que se sentaram ao lado de quem não gosta;
Canso de ver gente não cumprimentando o que está imediatamente ao lado dele, na hora dos cumprimentos, em geral acompanhado de cânticos: seja por não conhecer, não gostar, seja lá o que for;


Essas pessoas estão no espírito e na verdade delas: a adoração destes, nem do teto passa.


Ser um verdadeiro adorador é ter comunhão com Deus, que requer um estilo de vida na presença dele: e não somente por meia-hora, aos domingos- ali, todo mundo vê a gente bonito...


A nossa vida na semana, em todo tempo, é que deve ser bela pra ele, em comunhão, vida com ele: aí sim, estaremos adorando em espírito e em verdade.


Lee - um adorador não só vertical, mas horizontal, também.
(Na sessão revival, os adoradores do Mercy me, minha banda gospel favorita-veja em vídeos)