sábado, 23 de fevereiro de 2008

Oscar 2008


Pelas minhas contas, assisto o Oscar há uns 25 anos, ininterruptamente.

Desde pré- adolescente, portanto.

Ah, sim, o Oscar é uma das maiores cascatas que tem, e é festa para americano;

Mas se é uma coisa que americano sabe fazer, é dar show.

O Oscar é injusto com gente boa, e complacente com gente não tão boa.

Já assisti o Oscar sozinho, 90% das vezes; E poucas vezes, acompanhado.

Nunca esqueço o local mais inusitado em que assisti a cerimônia:

Foi na cadeia.

Calma, não roubei nenhuma estatueta:

Eu trabalhei uma época da minha vida, lá dentro.

E num plantão, sozinho, com um tv de 5 polegadas preto e branco, na qual mexia a antena pra lá em pra cá, consegui assistir a festa, e não passar aquele ano em branco.

O que a gente não faz pra num perder o que gosta...e ainda tirei o tempo de vigia de outro colega, tudo pra ver a festa, sem correr o risco de outro querer mudar de canal.

Domingo tem mais um Oscar.

Quase não tem esse Oscar.

Por causa da greve dos roteiristas.

Mas a vida segue.

“And the Oscar goes to...”

Para todos os fãs da estatueta.