terça-feira, 6 de maio de 2008

As Perdas e os Danos de uma Gripe


Finalmente, a gripe foi se embora.

Foram uns 7 dias de lascar.

Uma virose tão forte, que cheguei a fazer o teste da dengue. Não foi o mosquito.

Essa gripe foi uma das mais fortes que já tive; Pareceu um furacão, querendo derrubar tudo ao redor.

E assim como um furacão, depois a gente faz um balanço das perdas.

Deixei de participar de um campeonato por causa dela.

Lutador fraco é um alvo fácil...Fica para o próximo.

Quase não fiz uma prova de concurso público, pois não tinha forças.

Fiz na raça, e aprendi que você , mesmo nesse estado, precisa de estratégia.

Sabia que tinha só uma hora de “tempo útil” na prova, e que depois disso, minha força ia embora. E prova de concurso não tem segunda chamada...Assim, resolvi a parte principal, 40 questões, em exatos 60 minutos.

Nunca fui tão objetivo e memo-fotográfico.

E como eu esperava, depois de 60 minutos, as forças começaram a ir pro brejo.

Em português, cuja ênfase de prova atualmente se consiste na interpretação de textos (e que nunca acerto menos que 80% das mesmas) dos 4 textos, só consegui ler 2.Para não zerar, dez questões chutei sem ler, direto no cartão resposta. Das dez, acertei duas.Fui o primeiro a sair da sala, direto ao banheiro, para assoar nariz. Num tive nem forças para avisar ao fiscal que já tinha entregue a prova: ele passou o detector de metais em mim...e se apitasse?

Acho que juntava as mãos para colocarem as algemas...era o máximo de 'argumento' que conseguiria...

Virão outras provas, assim como outros campeonatos.

Todos nós temos “dias maus”.

Mas mesmo nesses dias, não podemos “jogar a toalha”.

Fui me arrastando até essa prova. E só não lutei pois realmente mal tinha força para andar.

Muitas vezes saímos de casa também arrastados, e com “viroses” de coisas que parece que vão nos derrubar ao primeiro sopro.

Jesus disse que teríamos aflições nesse mundo.

Mas disse também para termos ânimo.

Saí daquela prova com a sensação de dever cumprido.

E com a sensação de que a vitória vai chegar, mesmo que não seja naquela prova.

Não importa o que disseram á vc, o que fazem contra vc, se te secam, ou mesmo fazem 'mandingas' para te prejuducar.

Se vc crer em Deus, e esperar pela ajuda dele,vc consegue.

Mesmo se estiver passando por “dias maus”.

Mas lembre-se que esses dias passam.

E dependendo da sua atitude, é vc quem segue adiante.