domingo, 27 de julho de 2008

Um Novo Batman


Fui ver o novo Batman.
Já disse aqui que ele é meu herói favorito, a ponto de, até hoje, ter uma miniatura do antigo Batmóvel do seriado da tv.
Ele está bem aqui no 'estacionamento', ao lado do Mach 5, do Speed Racer.
O filme está muito bom, não vou contar, mas é nota dez.
Eu me lembro quando passou o primeiro filme do Batman, no final dos anos 80.
Na época, não havia internet (houve um dia essa época!), e sabia que o filme iria estrear na sexta-feira, mas não sabia a hora da sessão.
Assim, peguei minha Variant 74 branca, e parti em direção a Saens Penã, coração de minha Tijuca, pois existia uma banca 24 hs em frente a C&A (ainda existe, mas num sei se ainda é 24hs) para pegar a primeira edição do jornal de sexta-feira: só assim saberia exatamente o horário da sessão.
Isso foi uma da manhã.
Comprei o jornal, fiz uma 'bandalha' no sinal, para retornar dali mesmo.
Essa foi minha 'bat-missão” da madruga:não levou 5 minutos.
Eu queria ver a primeira sessão...ora, esperei anos para ele chegar aos cinemas,queria ser um dos primeiros daqui a vê-lo, ainda que fosse com o baixinho do Michael Keaton.
Um Horário surreal pra época: Meio dia, no Carioca, que hoje é do Didi Macedo.
Cheguei 11.15 e a fila tava na Palheta, bem ao lado, era tempos do cinema de rua (houve um dia essa época!), e pelos meus cálculos visuais, devia ser o vigésimo da fila.
Meio dia dá fome, e comprei um arsenal que ia de pipoca (da Palheta, com manteiga, humm...)a chocolate, sem me esquecer do caramelo da nestlé, muito menos do Sugus.
Não achei o filme lá essas coisas, mas valeu a intenção.
Agora, esse novo Batman, sim, é igualzinho ao dos quadrinhos,perfeito.
Assim como estão perfeitos o Coringa e o Duas caras. Sem falar no agora (enfim foi promovido) Comissário Gordon.
Já falei e repito: o que é bom, aparece.
Como vivemos tempos em que a criatividade está escassa, todos os heróis do cinema dos anos 80 voltaram: John Mclane(Duro de Matar), Indiana Jones, Rambo, sem falar no renovado 007, que é de bem antes.
Quem vai voltar ano que vem é Axel Foley (Eddie Murphy) de Um Tira da Pesada, outro ícone dos anos 80.
O melhor foi ver que o Morcegão voltou bem, e as tecnologias usadas por ele (e os efeitos do filme) fazem o primeiro Batman parecer uma comédia.
Agora é esperar o Arquivo X – 2: Eu quero acreditar, que estréia sexta,25.
Eu eu continuo acreditando que o que é bom, sempre aparece.
Ainda mais no marasmo de hoje...