sexta-feira, 8 de agosto de 2008

08/08/08 -Estava comendo biscoito.




Era o que fazia ao ver o compacto da abertura das olimpíadas.
Gostei, foi muito bonita e criativa.
E omissa, também.
Afinal, na parte histórica, eles não mostraram a revolução de Mao 'pega um, pega geral' Tse - Tung, durante os anos 60/70.
A coreografia ia ficar interessante:
Políticos rivais indo pra cadeia;
Jornalistas, ativistas dos direitos humanos, Padres, Pastores e outro líderes religiosos levados aos campos de trabalho forçado, levando chibatadas;
Execuções (coreografia bonita: todos de joelho, levando tiro na nuca, e caindo, sincronizadamente, para frente) ;
Povo do campo morrendo de fome (só cerca de 30 milhões, pouquinho pra China).
Enfim, o ninho do pássaro (nome do estádio olímpico deles) estaria cheio de corvos e urubus, em vez de dragões.
Bem, olimpíada no oriente (ou copa do mundo, ou corrida na Austrália) é sempre complicado pra gente ver, a não ser no fim de semana (e no meu caso, só até sexta, pois domingo é dia de Grei).
E também pela qualidade, dependendo do esporte.
Na de Seul (88) acordava cinco pras seis da manhã, com despertador, ia ao banheiro, sem 'murrinhar' na cama, e levava meu travesseiro e cobertor pra sala...
Quando ligava a tv, Romário e Bebeto estavam ao lado da bola, no meio campo, pra dar a saída. O Taffarel era o goleiro, e o Neto, hoje comentarista, era reserva.
Eu nunca me atrasei pra levantar. Nem nunca dormi durante o jogo.
Tomava café no intervalo, e chegava atrasado na escola, um 'pequenino' hábito que mantenho pra quase todos os lugares até hoje...hehehe.
Tentei levantar pra ver Dunga e sua turma, na olimpíada atual...não consegui, só pro segundo tempo, e cheio de sono, pra ver aquela bodega de seleção fazer um golzinho só no final, contra um time fraquíssimo.
Peguei no sono.
Ver Ronaldo dentuço andando em campo é de lascar. Deve estar cansado dos pagodes na madrugada, nos quartos.
Podem até ganhar, mas vou continuar secando, quero a seleção livre de anões, fadas e duendes dentuços, que adoram uma orgia regada a coca, e ganham de presente jogar na seleção.
E isso aí. Tibet livre!!
Lee