sábado, 23 de agosto de 2008

COLIN SE FOI


Colin, o filhote de baleia que se perdeu há dois dias de sua mãe, foi sacrificado.

Ele emocionou o mundo, por confundir um casco de um iate com sua mãe, tentando ser amamentado: um filhote de baleia consome 230 litros de leite por dia.

Os veterinários australianos preferiram dar uma injeção letal nele, que estava debilitado, e já tinha sido mordido por tubarões.

Eles disseram que dessa forma, ele sofreria menos...queria saber se fosse com o filho deles.

Se fosse autoridade por aquelas bandas,mandava botar Colin num aquário, e tentaria até o final fazer com que ele vivesse:eles tem recursos pra isso.

Essa pequena baleia arrancou lágrimas de mim, quando vi a cena.

Por isso mesmo, vendo que ele queria a vida (procurando o leite) faria de tudo pra que ele tivesse alguma chance.

Eu adorova o desenho da Hanna- Barbera Mody Dyck, onde uma baleia era o herói.

Já vi Jubartes bem pertinho uma vez na praia aqui no RJ, e foi lindo, parecia um desfile.

Vi Orca, a baleia assassina (filme) quando era pequeno, e torcia por ela!

Odeio a caça predatória que os japoneses fazem com as baleias.

Rest in peace, Colin...não queria ter te conhecido assim...snifs.