terça-feira, 12 de agosto de 2008

O que é que a Rússia foi fazer na Geórgia?


Meteu o bedelho onde não foi chamada, na questão da Ossétia do Sul.

Essa questão de 'briga' por autonomia, já que a Ossétia quer ser autônoma, etc, é que nem briga de facção em cadeia: deixa que eles mesmos se resolvam, se for tentar fazer alguma coisa, não adianta muito, o barril explode de vez.

Na verdade, o Wladimir Putin fica Putin quando vê uma nação democrática que saiu da União Soviética(A Geórgia em 92, após o esfacelamento da URSS) caminhar com os própios passos.

Putin está Putin também por que agora é só primeiro ministro (apesar de ser ele quem manda de fato, o presidente é uma marionete dele) e quer é ver seu nome na mídia.

Putin, faixa-preta de Karatê, se amarra num combate, e se meteu em mais um;

Putin, ex- diretor da KGB, já mandou matar muita gente, e não quer perder o hábito - seriam dois mil mortos em 3 dias.

Putin é como um 'vampiro regenerado' que deu uma recaídazinha, ficando com sede de sangue;

Putin, com inveja da China (que é o centro das atenções nesse mês), criou um conflito em plena olimpíada (integração dos povos), pois a Rússia e a terra do Yakisoba e do Kung Fu, nunca se deram bem.

É, Putin...vc conseguiu aparecer...lembro que seu colega, o saudoso Bóris Yeltsin, aparecia na mídia dançando, ou cheio da cana, ou beliscando secretárias: sempre de forma bem humorada.

É, Putin...era só colocar uma melancia na cabeça, na abertura das olimpíadas...

Ou ter pedido pro Lula ter levado a Mulher-Melancia, e ter tirado uma foto ao lado dela!

Para de invadir o páis dos outros, Mané!

Fora Rússia opressora! E Tibet Livre, também!

Pronto...agora quem ficou Putin com tudo isso foi eu!!