quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Se vc é pai, dê atenção aos seus filhos, pois se vc não der, eles vão procurar quem dê



Nego hoje faz filho, mas são apenas 'pais biológicos'.
Os pais deles, na prática, são:
As empregadas (que agora querem chamar de 'secretária do lar', pra parecer mais bonito...elas sabem digitar e imprimir um texto? Que frescura!)
As empregadas são as verdadeiras mães, de fato, da maioria dos filhos que tem por aí.
São elas que levam o bebê pra passear, dão mamadeira, fazem comida, dão banho,trocam a roupa, e educam a criança.
Um número infinito de pais saem de manhã, com as crianças dormindo,e quando voltam, elas também já foram dormir.
Aí, tentam compensar no sábado á tarde levando pra festinhas de aniversário, Holiday on Ice, Um cirquinho aqui, um High School Musical ali, e por aí vai.
Ou comprando juntos o dvd da Xuxa ou da Hannah Montana.
Alías, essas são as outras 'tutoras' dos filhos de pais biológicos:
A turma da TV vai doutrinar o seu filho nos valores que eles tem na cabeça.
Assim, a Xuxa vai fazer questão de dizer, 'subliminarmente', que seu filho não precisa de pai, por exemplo, já que o dela foi feito de maneira 'independente'.
Alías, ela nunca se deu bem com o pai biológico dela.
A sua empregada dificilmente vai discernir isso- você teria, se estivesse presente.
As crianças estão vendo o que querem, tanto na TV, quanto na Internet, que tem pedófilos especialistas em salas de bate-papo de crianças, doidos pra fazer contato com seu filho.
Eu num tenho 'saco' pra msn, o meu é um museu empoeirado, mas é impressionante a quantidade de meninos e meninas de 10 anos ou menos que falam e aceitam qualquer um pra papear.
Vi isso na Lan que eu jogo vez ou outra, e fiquei surpreso...
Alías, um menino de uns 11 anos que nunca tinha me visto na vida, ao meu lado, me chamou pra jogar com ele, e só por que dei atenção, o moleque ficou num 'grude' só.
Na mesma hora, senti que ele não tem a atenção dos pais em casa.
E nas escolas? Mesmo nas mais tradicionais,sempre tem um traficante de plantão numa pracinha da vida próxima, para oferecer droga.
Quando me ofereceram droga pela primeira vez, eu tinha 16 anos, e era um inofensivo 'lança-perfume'.
Hoje, nego oferece pedra de crack a crianças...o crack atinge o cérebro em apenas 11 segundos. Maconha? Isso é coisa do passado, e a cocaína já está ficando pra trás...
Dê atenção ao seu filho. Fazer é facil, o difícil é criar.
Mas se você não der atenção, uma coisa é certa:
Alguém vai dar, e sabe-se lá quem vai ser essa pessoa.
Lee