sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Pense Bem antes de Casar 6- Capítulo Final


Carta dos leitores:
“Vc cada dia melhor...está escrevendo um verdadeiro tratado sobre esse assunto tão complexo como o casamento...quem me dera se as nossas experiências já vividas servissem como referência para nossos filhos para orientá-los e ajudá-los a quem sabe errar menos...mas na prática qdo o assunto é o coração ele é mudo, surdo e o pior muito cego...rsrsrs...mas eu continuo falando, quem sabe um dia cola...rsrsrsrs...”


“Sempre q lembro (naum são muitas as vezes!) amo fuçar seu orkut! Eh realmente bem divertido e se vc estivesse aki me veria rindo sozinha pro PC...rsrsrs Bju em vc, e no york mais lindo do mundo e bom fds!!! “


Pense Bem e cuide de seus traumas e feridas antes de se casar


Tente chegar ao casório 0 km, emocionalmente falando, seria o ideal.
Sei que todos, de uma forma ou outra, temos algum tipo de problema, como as fobias, por exemplo: medo de escuro, medo de altura, etc...mas existem problemas que irão afetar diretamente o casamento, especialmente por feridas não cicatrizadas, por traumas não superados.


O pior é quando são feitas por alguém próximo de nós: amigos e parentes.


E se alguém lhe disser: Que feridas são estas nas tuas mãos? Dirá ele: São feridas com que fui ferido em casa dos meus amigos” (Zacarias 13.6)


Vc espera tudo de quem não é amigo ou parente, mas quando são eles que fazem alguma coisa contra vc, dói, marca mais, deixa as feridas visíveis.
Por isso, um número enorme de meninas, que são estupradas pelos padrastos, pais ou irmãos, vão ter problemas de relacionamento com homens.


Geralmente,ficam travadas, não conseguem nem mesmo namorar.
Algumas, quando casam, geram uma tragédia: não querem, não conseguem transar, e quando tentam, é um desastre.


Ele vai procurar em outro lugar, além de, em vários casos que soube, ficar se masturbando.
Um coroa de 56 anos, que joga bola comigo de vez em quando, vive essa situação...vai se divorciar agora, pois, como me disse em tom de desabafo, não aguenta mais ficar na mão – literalmente.


Homem casado se masturbando deve ser tão emocionante quanto eskimó tomando picolé em pleno Alasca...

E as que tem um relacionamento desastroso com o pai?
Quando o pai nitidamente não dá atenção, ou dá preferência descarada a outra pessoa, ou humilha a filha, agride, dando surras de deixar marcada, etc?


Foi o caso da Bruna Surfistinha, que foi prostituta por 4 anos.
Ela foi puta por opção? Sim.
Não tinha filho pequeno pra sustentar, como garotas mais pobres que vão para esse 'ramo', e sustentam a família;
Não tinha cafetão, enfiando porrada e exigindo dinheiro;
Pelo contrário, era de classe média, estudava em bons colégios,etc.


Em entrevista na tv, ela disse que antes de entrar 'na vida', foi cleptomaníaca (mania de roubar, compulsão) pensou várias vezes em suicídio, e foi viciada em cocaína.
Tudo por conta do pai, que a maltratava- era uma espécie de 'vingança' na cabeça dela.
Uma ferida não curada pode nos fazer tanto travar, por anos e anos, ou mesmo destrambelhar, como no caso acima.


Procure alguém especializado para lhe ajudar... por causa do contexto cristão que fomos criados, tanto de tradição católica ou mesmo agora no protestantismo, isso era visto de forma negativa.


Tanto o Padre quanto o Pastor, antigamente, dizia que isso era coisa do demônio.
Hoje, tanto Padres quanto Pastores se aperfeiçoam, muitas vezes, se tornando psicólogos, psicanalistas, e ás vezes até mesmo psiquiatras (o único que pode receitar remédio, mas tem que cursar medicina).


Consulte um psicólogo, faça psicanálise, se aconselhe com um bom ministro do evangelho:
Faça essa junção do “ técnico” com a parte espiritual – não é pecado.


Lembre-se: As feridas feitas pelo estranho doem, mas geralmente não amarguram... as feridas feitas na casa de amigos muitas vezes se tornam nossa doença.

Perdoe quem te feriu, essa sim é a parte espiritual;
Antes de se casar, sare essas feridas...
E depois, também.


Pense bem sobre a questão dos filhos


Primeiro, falar aos homens:onde é que tá escrito que só mulher é pra cuidar de filho?
Eu quase nunca vejo homem segurando bebê no colo, empurrando carrinho...a proporção maior, mesmo nos fins de semana, é a predominância feminina...ou eu tô errado?


Não entendo como tem um monte de pai frio, que não gosta de brincar com o filho ou com a filha.
Vejo um monte de pai mané que só assiste, num joga uma bola, solta pipa, brinca de luta com o filho, vai na lan jogar games com ele...


Pai que num brinca de boneca com a filha (isso aí, num vai virar viado por causa disso), não experimenta a comidinha que ela faz no fogão de brinquedo, não vê a Hannah Montana com ela...


Pai que não demonstra afeto...seus filhos precisam de carinho, de toque,de abraço, de zoação, de dizer e demonstrar que os ama.
Tem tarefas que podem ser dividas: eu por exemplo, nunca vou trocar uma fralda: esse privilégio será todo dela (kkkkkkkk).


Quem vai criar seu filho: vocês , a empregada, ou seus pais?


Hoje, as empregadas são as verdadeiras mães em alguns lares.
Tem muito pai biológico hoje em dia.
Aí, tentam compensar depois, dando presentes como compensação, ou levando em festinhas de fim de semana.


Às vezes, quando não é a empregada, é a avó ou avô da criança, a semana toda.
Sabem fazer, mas por N motivos (ou desculpas), empurram a criação para terceiros.
Tem muita mãe só parideira.


Vá aprender com a cadela, que fica de olho em cada cachorrinho de sua cria.
Vá aprender com a Leoa, que durante dois anos, monitora seus filhotes,até que eles aprendam a caçar.
Lembre que a personalidade de seu filho se forma nos primeiros cinco anos de vida, e não quando ele vira adolescente.


E se um dos dois não quiser ter filhos?


É melhor falar pro outro antes de se casar...tem meninas que sonham em ser mãe.
Eu conheci um casal que não queria ter filhos...e não tiveram.
Todos dois professores de faculdade, com mestrado, doutorado nos EUA, viviam só estudando.


Um dia, ele me contou que algumas senhoras da igreja que ele frequentava, viviam dando cházinhos pra mulher dele...pra ver se engravidava.
Precisou eles darem uma reprimenda nas referidas senhoras.


Criar filhos hoje em dia não é fácil...é lutar para que não vire bandido (seja traficante ou de colarinho branco), vire um viciado, engravide a filha de outros, fique grávida de filho dos outros...mas se vc acha que hoje tá complicado, isso vem de muito tempo:


O Sacerdote Eli morreu de desgosto por causa dos filhos, Sacerdotes como ele, que roubavam o dinheiro do povo, e comia a mulherada dentro do próprio templo; Eli ficou mal falado por causa deles.


Absalão tentou matar o próprio pai Davi, pra ficar com o reino dele;
Davi, alías, tinha vários problemas em casa:
Seu filho Amnon estuprou a própia irmã, Tamar (2 Samuel 13.14, uma das primeiras passagens que li na Bíblia).


Vc pode fazer a opção de não tê-los, mas sempre em concordância, como em tudo.
Mas lembre-se que que os filhos são herança do Senhor (Salmo 127.3), um presente de Deus:

Cabe a vc cuidar para que não virem um presente de grego.


Assim, encerro essa série sobre casamento. Na verdade, no momento que escrevo essa última parte, acabei de chegar do Hospital, pois meu olho inflamou, tive que pingar colírio, etc...e estou cansado.

Procurei falar de coisas práticas que acontecem no dia a dia, e a toda hora;
Procurei falar de coisas que ninguém nunca vai falar pra vc no cursinho de noivos.
Nem nos púlpitos da vida...mas vc encontrou alguém pra te falar a verdade, que muita gente gosta de botar debaixo do tapete- nego só fala as coisas hoje em dia pra agradar ao “cliente”.


Faltaram partes como o nível social-intelectual um do outro, casamentos raciais, e finanças (a maioria manda ter conta conjunta- na minha opinião,depende...e tendendo pra não).
Mas espero, que de alguma forma, possa ter ajudado alguém.
No mais, “procura-se um amor que goste de cachorros”.
Que alías, é outra coisa que os dois tem que gostar!


Lee- vivendo, aprendendo, observando, alertando, e...apontando o caminho.

(Na sessão revival, Chicago e Atilano Muradas deixam sua mensagem- veja em vídeos do meu orkut)
Ps-volto semana que vem a escrever, preciso descansar.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Pense Bem antes de Casar 5 - Sex Games


Recebi hoje alguns depoimentos de amigas, sobre o texto de ontem,que gostaria de compartilhar. Já tenho a autorização delas...vamos a sessão 'cartas dos leitores' (rss)?


Só uma coisa, PARA MIM OK??? teve uma hora que você confundiu paixão com amor, aquela coisa que quando vc entra em um lugar e procura a pessoa, fica babando de montão e etc... isto é paixão. Na minha teoria, isto durava 6 meses, antigamente, quando vc trocava olhares, ia a um lugar para saber se a pessoa está lá. Hoje, como estou 'fora de mercado', acho que isto dura bem menos, uma vez que as pessoas já vão logo ficando, se beijando, quando não é com mais de 2 na mesma noite. Mas esta não é opinião só minha, faço terapia com algumas mães do na hora que estamos esperando os meninos e a opinião é que antes era melhor kkk “


Na verdade, tudo o que vc faz na vida sem paixão fica apenas no “comum”...enfim,nesses casos que citei, a paixão pode passar, e a pessoa descobrir que não era essa ou aquela pessoa;
Mas também pode levar ao amor, o que é o ideal – e é importante que isso aconteça antes de um compromisso maior;
Algumas pessoas depois, acabam até amando, mesmo sem sentir paixão- resta saber com qual tipo tipo de amor...se com a junção de todos, Eros, Philos, o amor pelos inimigos (que capacita a perdoar),etc. Se não, serão só amigos (durante algum tempo), e pra ser amigo, num precisa casar.

A paixão não pode é cegar...por isso, tem muito pilantra tirando dinheiro de mulher em sala de bate-papo, ou em sites de arrumar namoro, pois eles a seduzem, e elas ficam cegas de paixão- e nem percebem que ELE não fica...
Ela não atenta há um monte de sinais que falei desde o início dessa série...dia desses apareceu na tv um deles sendo preso, mas vi um caso em que um americano se apaixonou por uma “171” daqui pela internet, veio, ela pegou dinheiro dele, o matou e enterrou o corpo com o o verdadeiro namorado cúmplice- foi no interior de Sampa.


A paixão tem um 'um gosto a mais', e pode ser um fio condutor para o amor... sem ela, fica igual comida de hospital: vc come, por que tem que comer, mas é sem graça.
Quanto a pegação, ir logo ficando, como acontece nas boates da vida, isso não tem nada de paixão,amor, romance,etc.


Pegação é pegação, o 'ficar', o mais fútil dos comprometimentos, o esgoto do compromisso.
É isso mesmo o que minha amiga comentou: 'ficam' com 2, 3 na mesma noite disputando campeonatos de beijos, nem se lembrando,muitas vezes, o nome da pessoas, pois geralmente estão alcoolizados...não raro, nem sabem como foram parar no motel, ao acordarem.
Uma outra amiga ficou desesperada, pois em fase deprimida, cedeu ao convite de um mané, e foram beber na Lapa...não habituada a beber, e enfraquecida emocionalmente, ele a encheu de cerveja, e do nada, a apresentou a um outro 'amigo que surgiu na hora.'


Tudo o que ela se lembra, com um resto de consciência,foi de estar entrando, grogue, num motel...com os dois. Levou algum tempo pra se recuperar do episódio.
Pegação é pegação, só isso: tem gente que gosta.



Bom dia Leeeeeeeeeeeeeeeee!!! Tô adorando seus textos sobre casório...vc tá falando TUDO!!!! Fui ver A Duquesa...gostei muito apesar de achar que poderiam ter ido mais fundo no tema, é uma história real de uma parente da Princesa Diana, fala do casamento arranjado dela com um Duque...mto bom...seu texto se encaixa no filme como uma luva...se vc fosse roteirista ia arrasar...Um lindo dia pra vc...bjao “


Sobre casamentos arranjados isso acontece até hoje entre os filhos das monarquias, em tribos da áfirca, e no oriente.
Mas a minha amiga me lembrou da princesa Diana...lembra dela, que morreu 11 anos atrás?
Diana entrou numa furada...tudo lindo e perfeito, foi humilhada publicamente pelo Principe Charles, que arrumou uma amante e tratava a bela Diana pior que porco de chiqueiro.

Será que ela um dia sentiu algo pelo Charles? Duvido muito.


Posses, fama, dinheiro, nada disso adianta, sem amor...Charles se casou com a amante.
Vc quer um casamento arranjado, ou arranjar um casamento?
Ou ainda, arranjar o seu casamento, que tá uma droga?
Só com amor- basta dois quererem- eu disse dois, não um.



"Acho que temos que concentrar todas as forças para salvar um casamento, mas só se os dois quiserem, só se os dois se lembrarem quais foram os motivos que os levaram a apaixonar-se um pelo outro. Ai caímos naquela paixão primeira, lembra? Acho que dá para vc escrever um livro, quem sabe... beijo “


É verdade, mas só vai salvar se os dois quiserem,como disse minha amiga acima...se tiveram realmente um dia aquela paixão que os levaram a se casar- SE- então, todo esforço deve ser feito nesse sentido...o problema, é que um numero muito grande de pessoas, hoje em dia, casam-se sem essa 'paixão', se casam sem amor...só por que ele/a é uma 'boa pessoa'...aí, pouco tempo depois vem o caos que eu citei. Essa é minha opinião, a minha impressão das coisas que vejo...


Agradeço as minhas queridas amigas pelo 'feedback'...quisera eu poder ajudar, emitir alguma opinião, sobre uma dúvida...por enqto, só quem é amigo tem esse privilégio...


No capítulo passado, não deu tempo de falar sobre fantasias sexuais...nosso próximo tópico.


Pense bem na questão de fantasias sexuais que ele/a possa ter no futuro.


Há fantasias e fantasias- algumas podem ser sadias, outras não.
Botar roupinhas, por exemplo, é uma das favoritas dos casais.
Tem casais que gostam de brincar disso:os dois, é sempre bom lembrar...


Aí, ela se veste de enfermeira, de colegial, de mulher-gato, aeromoça...
Ele,de bombeiro (pra apagar o fogo), de Tarzan, de Zorro, e por aí vai.
Quem curte a brincadeira, se diverte- mas os dois tem que gostar.
Acho que eu iria cair na risada...mas, como gosto do mundo de heróis, entre as opções acima, ficaria com a mulher-gato, KKKK ....miau!


Fantasias sexuais pervertidas


A Bíblia trata a promiscuidade como pecado, sobretudo, porque ela dissolve o ser da pior maneira possível.
Uma amiga terminou o relacionamento que tinha, quando, depois de um ano de namoro, ele começou a se mostrar nessa área- fez a ela uma confissão:
Queria vê-la transando com uma mulher, e ao final, ele pegaria as duas.


Ela ficou muito triste, mas disse a ela que ainda bem que ela descobriu isso antes de casar!
Chocada, ele ainda disse mais: que gostaria muito de fazer Swing (troca de casais), no futuro.


Vendo uma reportagem na Record, daquelas que passam bem tarde, foi a minha vez de ficar chocado com o nível de perversão a que as pessoas chegam.
E são pessoas que podem estar ao nosso lado, de aparência normal- ninguém tinha piercings na boca , nariz ou supercílio, cabelos vermelhos, jaquetas de couro, etc.

Nada contra, só pra exemplificar, pois são tidos como estereótipos.


Eles saíam para casas especializadas, geralmente depois do trabalho, para realizarem as maiores maluquices, sempre com cunho sexual:
Levar chibatada de mulher com chicote (mas não de brincadeira!), a maioria presa a correntes, ser preso em gaiolas, com uma dominadora comandando as ações, levar tapas com toda força na cara, na bunda, pisada na cara,com salto agulha, pisadas pelo corpo todo, pingar vela queimando no corpo...


Asfixias, Swings, mulher com mulher na frente de todos, e muito mais...
Ia uma porção de homens e mulheres...a maioria escondida, pra realizar o seu fetiche.


Saiba que os seres sexualmente mais tranqüilos e sadios são aqueles para os quais o sexo é apenas parte da vida, e nunca o inimigo dela.

Entregar-se completamente aos instintos, e nunca de forma sadia, como no exemplo descrito acima, gera essa disposição mental reprovável para cometerem coisas inconvenientes, que vai gerar a dissolução da alma, do pensamento.


Na verdade, o cara ou a mulher que vive atrás disso, nunca vai ficar satisfeito, pois é um vício sexual...sim, um vício, assim como a maconha, cocaína, álcool, etc.
Ele ou ela vão torrar uma grana enorme na busca da satisfação de suas perversidades.
E ainda vai querer arrumar uma mulher/homem (falando de casamento) que venha topar essas paradas.


E se vc acha isso normal, leia Romanos, capítulo 1, do versículo 21 ao 27, e terá a perspectiva de Deus sobre isso: ele faz uma listinha bem melhor do que a minha.


Lee
Amanhã : cure sua ferida antes de casar/Filhos no casamento



quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Pense Bem antes de Casar 4 - A Hora da Verdade Continua


Continuamos ainda no tópico sobre sexo, já que algumas coisas ainda precisam ser ditas nessa área.


Eu disse, no capítulo 2, que ninguém pode se casar sem amar o outro.Mas sinto que preciso ir um pouco mais a fundo nesse ponto, pra ficar bem claro.


Casar só para aliviar a tensão sexual


É outra incoerência ensinada por algumas igrejas, em cima de outro versículo: “Caso porém não se dominem, que se casem; porque é melhor casar do que viver abrasado.” (I Cor 7:9)


Aí, por causa disso, já teve até casamento de jovens de 16 anos...de 18 então, é um montão.

Na idade de estudar e se divertir, vão para um jugo que não irão suportar.


O que o Apóstolo Paulo está dizendo, não é um mandamento, ele está fazendo um comentário:soa como se ele tivesse dito: "dos males o menor". Ou ainda: resolva seu problema de desejo sexual 'contratando' uma esposa.


De fato, no meio cristão, como o assunto é tabu e a “coceira sexual” é inegável (e o peso da culpa pelo ato é imputada como gravíssima, outro erro dos legalistas de plantão), a maioria casa mal, apenas a fim de resolver um “problema”.

Sim, pois nesse caso o sexo é visto como problema.

Então, para se resolver tal problema, muitas vezes se arruma um problema maior: um casamento 'fraterno', com uma 'irmã amada', de cujo casamento nascem filhos,enquanto o casal, muitas vezes, não entende por que mesmo sendo ambos cristãos e se amando 'fraternalmente', não conseguem ter real prazer no casamento.


Aí então, no dia que ele ou ela “provam” outro fruto, enlouquecem; pois descobrem que a “alegria” de fato era muito maior e incomparável.


O que Paulo está dizendo é simples: o ser humano, a menos que tenha uma vocação celibatária, sente, naturalmente, necessidades não só afetivas, mas de sexo mesmo:e quem inventou isso não foi o Diabo.


A natureza é assim, e entre os seres humanos, a complexidade é muito maior:
Além de todo os estímulos hormonais, há ainda as necessidades de natureza emocional e afetiva, sem falar na “propaganda”, que é poderosa.

Por isso, quando um homem passa de uma certa idade,se ele não tiver a dita “vocação celibatária”, ou alguma disfunção sexual, ele terá “fome”.


A necessidade se instala como um vampiro que precisa beber sangue...


É por isso que as meninas mais novas são o alvo predileto de homens que tem idade pra ser o pai delas, ou mesmo avô:


Vi e ouvi um diálogo de dois sessentões de cabelos brancos, na minha frente,quando tava na feira, uns tempos atrás:

“Tô pegando uma menina de 18 anos”, disse um.
“De 18? Ora, 18 já é velha...tô pegando uma de 15!”, respondeu o outro.
Os outros 'detalhes' que eles falaram num dá pra publicar aqui...
Olhei pras mãos deles, e ambos tinham anel de casados.


Sexo não é nada, e ao mesmo tempo, é tudo...quer ver?


Se se casar pra 'fazer sexo' pode ser uma armadilha, casar sem ter certeza que a pessoa 'mexa' com vc, é uma furada.


Isso ninguém vai dizer pra vc lá no cursinho de noivos...essa matéria, vc só aprende aqui no meu cursinho (kkk).
A gente pode amar até ao inimigo... mas no casamento não está incluída essa forma de amor.
A gente pode amar ao cônjuge com o amor com o qual a gente ama até ao inimigo, apenas para salvar o “amor de homem-mulher”: é o que mais acontece.
Mas não se vive só de amor etéreo, amor 'vento', no casamento.
A finalidade é outra, desde o princípio: “para que se tornem uma só carne... "


Então, vêm todas as questões químicas, de pele, de cheiro, de prazer, etc,que começa na apreciação estética e vai até a comunhão no espírito.


Vc viu que eu falei sobre um monte de coisas antes disso, até chegar aqui.
Mas quando se chega nessa parte, não dá pra ficar maquiando:


Vc precisa sentir um 'click 'pela outra pessoa. Ela tem que 'mexer 'com vc.


Vc mulher, tem que se arrepiar perto dele, ficar desconcertada;
Vc homem, tem que ficar bobo, com a boca aberta, nego tem que te acordar de novo;
É quando vc acompanha os passos da pessoa até sumir de vista;
É quando vc chega ao local que a pessoa frequenta, e a primeira coisa a fazer é localizá-la, saber onde ela tá...
Tem que haver algo que assusta de dentro para fora.
Um susto da alma.
Um choque,uma surpresa.


Amor de homem por mulher e de mulher por homem, saiba, Deus não faz acontecer.
Nisto reside sua inexplicável liberdade...e que é maior que sua própria razão.
Não adianta 'orar' pra que ele venha gostar de vc, e vice-versa.
Deus deixou, mesmo antes da Queda, um espaço de liberdade no coração do homem, para que este escolhesse sua mulher pela realização...e não pela formalidade de um vínculo.


Conheço muita gente que cai nesse erro...tentam fazer de Deus igual aquelas “mães de santo” que trazem a pessoa amada em 3 dias!


Deus não é o gênio da lâmpada: não adianta “determinar”, ungir foto, fazer corrente de oração em Igreja, acender vela,pagar promessa, fazer jejum, e por aí vai.


Vc só vai se frustrar...aí em vez de passar a pedir, vai fazer a “macumba” ao contrário: vai ficar “amaldiçoando a pessoa (pra que aconteça alguma coisa, pra ela levar um 'choque', despertar, etc)...cansei de ver esse filme.


Isso vale para os que são casados, também.
Certa vez, me pediram pra dar um toque num conhecido que tinha saído de casa, largando mulher e filhas, e arrumado uma amante.
Eles eram daqueles típicos casais que “não combinam”.
Quando fui conversar com ele, me contou uma série de frustrações e mágoas, da mulher, mas disse que ia bancar a situação, pois na verdade só com a outra, segundo palavras dele, sentia tesão.
A Mulher dele ficou 3 anos nessa situação de esperar, pedia oração, fazia tudo o que eu disse lá em cima, etc.
Aí, ele voltou pra casa. Foi aquela alegria, agradecimentos, ela passando a dedicar mais tempo a ele,etc, etc...”eles agora estão bem”, todos diziam.


Há uns seis meses atrás, fui ver um filminho na penúltima sessão de um Shopping.
Adivinha quem tava lá dentro se agarrando? Ele mesmo, mas num era com a mulher, e sim com a amante.

Saíram de mãozinha dada e tudo...eles realmente "estão bem".

Ele e a amante, pelo menos.


Alías, eu dou o azar sempre de encontrar nego “acima de qualquer suspeita “nessas ocasiões, desde pátios de faculdade, praia, shoppings...


Não se case com ninguém de quem você não goste. Será uma tragédia. Uma prisão horrível, uma dor escandalosa!

Seus pais e amigos não dormirão com ele, não terão filhos dele, não terão que agüentar nada, mas você sim.

A vida ao lado de alguém a quem não se ama de acordo com a proposta de amor dentro da conjugalidade, é um inferno.



Não case com ele só porque ele é gente boa e porque você também é gente boa!
Gente boa, quando não ama o outro, faz mal também, mesmo quando tenta evitar.
O simples fato de não amar já é o mal, mesmo que a pessoa seja gente boa.
Sem amor tudo faz mal. Nada aproveita. Os maiores sacrifícios são em vão.



Casar-se com alguém a quem se ama já trás seus pesos, imagine com quem não se ama!
Não deixe que as formalidades, as aparências, as opiniões, as conveniências, os ministérios, o IBOPE eclesiástico, e os gostos familiares sejam a sua prisão para o resto da vida;



Senão, a desgraça se voltará contra você em pouco tempo; pois você casará, será infeliz, desejará se separar, e todos vão te julgar leviana/o:
Ninguém sabe o que acontece entre 4 paredes, só quem sofre.




Se vc vai pra cama com seu cônjuge só por obrigação, vc está se prostituindo.




A impureza à qual a Bíblia se refere não é apenas a promiscuidade sexual.
Pode ser também o “uso” sexual sem amor, ou por interesse, mesmo entre “casais casados”, e que praticam sexo sem amor.
Nesse caso, o homem “comparece com a patroa” e a mulher dá ao homem “o que lhe é de direito”.



Em razão disso é que há muita “prostituição legal” dentro de “casamentos”.
Mulheres que não amam, que sentem até nojo de seus “maridos”, mas que “fazem sexo” por causa da grana, da estabilidade, do dever, etc...



E maridos que “comparecem” ou apenas “usam” a mulher, apenas para ter onde “aliviar” a pressão.
E o “preço” é a 'estabilidade' que um dá ao outro.
Aí, ela chora em silêncio no chuveiro, passando o sabonete com força pra limpar aquele nojo”;
E ele, toda vez se pergunta? “Que é que eu tô fazendo aqui?”


Eles salvam a certidão de casamento, mas perdem a alma...pois é só ali que existe de verdade, um casamento: num pedaço de papel, pois o real, já se foi há muito tempo.
(continua)
Lee

( Na sessão revival, vídeo correspondente com a mensagem-veja em vídeos no meu orkut)

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Pense Bem antes de Casar 3 - A Hora da Verdade


Com as novidades tecnológicas, hoje em dia até isso tem tido um papel nos relacionamentos modernos...nesse tópico, vamos falar disso também- e vc pode se surpreender ao ver como isso faz parte do cotidiano mais que vc imaginava.


Pense bem sobre celulares, Mensagens instantâneas, sites de relacionamento e salas de bate-papo...como vc lida, e vai lidar com isso?


O celular se tornou uma praga moderna. Ele está causando acidentes no trânsito, problemas escolares , e interferindo nos relacionamentos.
A fascinação por ele é tão grande, que o porteiro do meu prédio tem um celular melhor do que o meu- custou mais do que o salário que ele recebe.


Celular não é controle remoto - pare de monitorar o dia a dia dele/a.


Passeando com meu cachorro na rua á noite, encontrei um amigo do meu prédio, e ficamos conversando bem na esquina.
O celular dele tocou, e ele desligou na mesma hora...estava chegando do mercado, e me mostrou o visor do celular: 11 ligações não atendidas da namorada:” tudo isso em dez minutos, atendi a primeira, dizendo que estava chegando...chega”, disse ele.


Detalhe: ele tem 51 anos, e a namorada no máximo uns 40...pensou que eu estava falando de adolescentes?


Tomando meu café na padaria, vi o tempo em que uma bela garota de seus 25, 26 anos, foi até o balcão, pediu pão e ficou na fila esperando...em menos de 5 minutos, provavelmente o namorado dela (pelo jeito que falava) ligou 3 vezes...”que saco”, disse ela, desligando o fone.


Deixe de ser inconveniente- se ele/a quiser de trair, vai fazer- e não vai ser seu celular que vai impedir isso.


Monitoramento via Orkut, Msn, etc


Um colega meu apagou o Orkut dele por causa da namorada. Ela ficava monitorando os scraps dele : quando recebia de uma amiga, era um verdadeiro interrogatório, a maioria das vezes resultando em chiliques dela.


Ele perdeu a paciência, e apagou tudo, desfez o perfil...ri muito, quando me contou.
Detalhe: a namorada dele está passando 3 meses em Portugal, jogando a temporada num time de vôlei.


Sei de caras que vão ver a lista de amigos que a namorada tem, e exigem que uns sejam retirados, ou proíbem de falar com amigos...é mole? O mesmo de namoradas que verificam “quem é quem”...


No Msn, alguns exigem que vc só fale com o namorado/a: ai de vc se demorar a responder...ainda bem que num tenho saco pra essas coisas,quase nunca uso Msn.


Pare de fuçar o scrap dos outros...certa vez uma amiga me perguntou:” vc viu o que fulano escreveu no meu scrap?”
“Eu não, num fico lendo scrap dos outros”, respondi...ela se surpreendeu:
”vc não lê meus scraps?”
“Leio os que eu mando, pra ver se chegou”, disse.


Claro que ás vezes o debaixo ao nosso salta aos olhos, é natural..mas ficar olhando a página...pra quê?


Eu vejo todas as fotos que estão no automático de quem está no meu orkut.
Tenho amigos que não colocaram esse recurso- deduzo então que não querem ser vistos, sei lá( então, por que colocam fotos lá?)...adoro ver fotos, mas só de “quem mostra”.


Deixe de ser abelhuda/o...essas 'neuroses' começam agora, e mais tarde, se se casarem, vai virar um inferno- e vc que vai ser o capeta.


Ah, sabe o meu colega que apagou o orkut por ciúmes da namorada? Ele me contou isso numa sexta-feira, final de tarde...estava indo ao centro da cidade – ia num famoso prostíbulo,com outro amigo.

Pense bem e veja o que ele/ela faz, e o que quer fazer na vida- vc terá ideía de como será a sua.


Sei disso por experiência própia- meu pai era da Marinha, de navio mesmo, e certa vez passou 11 meses viajando direto...coitada da minha mãe, fui criado praticamente sem pai (sem falar que ele morreu quando era adolescente).

Hoje a lei mudou, e pra cada viagem que eles fazem, ficam 3 meses em casa...mas uma viagem a antárdida, o continente do gelo, leva seis meses- tá disposta a passar por isso?


E o pessoal do exército no Haiti? Um ano, podendo ser renovado...
Certa vez, uma ex-esposa de um militar me disse que chegou a morar até em Fernando de Noronha...foi dispensada (aproveitando o termo militar) pelo maridão, não estudou, nada, por conta das frequentes transferências... virou uma pessoa frustrada...


E se sua namorada for comissária de bordo? Se for de vôo internacional, só vai vê-la uma vez por semana- ver em termos:ela vai dormir o dia inteiro, por causa do fuso horário.


Uma gerente de banco me contou que chegava a passar dez horas por dia na agência, todo dia...


Plataforma da Petrobrás- a moda agora é petróleo...15 dias embarcado, 21 em casa.
Acha mesmo que vão deixar ele/a sair se o filho ficar doente, acontecer alguma coisa, etc?

Só se pular na água.


Conheço uma mulher que trabalha num dos tribunais de justiça daqui do Rio, e o maridão, lá em Angra, há mais de 200 km daqui. Eles só se encontram nos finais de semana, mal passando dois dias...eles tem filhos...já é assim há dez anos.
Tanto a mulher dele quanto a filha, hoje com 10 anos, tem cara de pessoas tristes.


Outro casal que conheci,de Belo horizonte,o maridão tem uma loja de esportes em...São Paulo. Ele dirige 500 km, chega no sábado a tarde, e volta no domingo á noite...
Pelo menos, não tem filhos...e a última que eu soube, ele tava com uma amante em São Paulo:passa a semana em casa montada com ela...mas que isso fique entre a gente: a mulher dele, que mora com a mãe em BH, ainda não sabe...shhh!


Meu professor de Jiu-Jitsu passa sérios problemas para dar aula á noite...a mulher dele tá implicando...mas quando ela se casou, ele já dava aula há muitos anos.


Diga logo pra ele ou pra ela se vc pretende fazer uma coisa em lugar distante.


Um amigo meu namorou e noivou por longos sete anos...um dia, de repente, a noiva resolveu fazer mestrado nos EUA.

“E a gente?” perguntou meu amigo. “Ah, me espera que depois do mestrado a gente se casa”, disse ela...
Por que não avisou esse desejo a ele antes? Após o término, ele me confessou:
“Joguei sete anos da minha vida fora”...bem, tem gente que joga mais.


Se vc quiser ir pra Universidade de Ohio (ki o parta) avise antes, ou não se envolva com ninguém...siga seu sonho, mas não acabe com o de outros.
.
Pense bem e observe se ele/a é bom filho/a


Todo homem que é bom filho, é bom marido;
Toda mulher que é boa filha, vira boa esposa.


Observe, se possível, a maneira como ele/a trata os pais: é como vc será tratado.
Filhos que gostam de humilhar os pais na presença de todos, vão tratar seus futuros cônjuges da mesma forma.


Bons filhos, de tão bons, no futuro, não só vai cuidar de vc, mas ás vezes, até dos seus pais.
Tenho amigas que são elas que cuidam dos sogros e sogras quando eles estão doentes, elas vão ao hospital e ficam lá com eles e tudo, quando ás vezes, familiares deles nem aparecem... todas elas foram boas filhas.


Fique de olho em como ele/a trata o pai e a mãe, sempre que for possível.



Pense bem sobre a vida sexual que terão no futuro


Os homens tem que saber que as mulheres funcionam diferente: nego acha que mulher é igual forno de microondas, aperta-se um botão e pronto, tá aquecido.


Mulher precisa de preliminares, que começa ao longo do dia, e não na hora.
Tem homem que quebra o pau pela manhã, xinga, humilha, e depois quer carinho á noite: não rola.


Pegue o batom dela, escreva algo no espelho antes de sair, desenhe um coração, sei lá...
Em vez de jantarem em casa, chame-a para ir no restaurante á noite...enfim, use sua criatividade, que a minha, já tá guardada pra futura Sra Lee...


Ele/a tem realmente que fazer tudo o que o outro quer na cama?


Essa questão tá ficando tão séria, que tenho que falar nesse tópico.
Tudo por causa da má interpretação que algumas igrejas tem feito a respeito de alguns textos, geralmente ligados a submissão feminina - e isso tem causado tanto dano, que vc nem imagina.
Padres e Pastores vêm impondo isso, causando muita confusão, dizendo que tanto o homem quanto a mulher (a ênfase, na verdade, é sobre ela) tem que fazer o que o outro gosta- independente se um dos dois não gostar.


Eles se utilizam desse texto abaixo:


"O marido dê à mulher o que lhe deve; e da mesma maneira também a mulher ao marido. A mulher não tem poder sobre seu corpo, mas sim seu marido." ( I Corintios cap 7, 1)


Pronto, está aberta a porta para o legalismo, e eles, em sua maioria machistas, simplesmente acabam com a mulher em suas pregações, dando autoridade ao marido para fazer com ela o quê e quando quiser.


O que o texto acima diz é que se espera, que os dois se relacionem-simplesmente isso.


O marido só vai ter poder 'sobre o corpo dela' se a amá-la - pagar o que lhe deve vem na frente.


Eles se esquecem de pregar sobre Amós 3.3: "Andarão dois juntos, se não houver entre eles acordo?"


Na cama, vale tudo o que está 'acordado' entre os dois.


Há poucos anos atrás um senhor sessentão que conheci saiu de casa...a mulher dele, era uma coroa bonita, muito distinta. Depois soube-se o motivo: ela se recusara a fazer sexo anal com ele.

Ele, que era de igreja, jogou o famoso texto que citei acima, citado pelo pastor dele.
Hoje, ele vive de amante em amante...


Além disso, existe toda uma questão cultural: os meninos são estimulados a perderem a virgindade cedo, geralmente com prostitutas.


Quando pré-adolescente, no meu prédio, a turma entre 13 e 17 anos se reunia pelo menos uma sexta-feira feira de cada mês. Era a famosa excursão ao prostíbulo (eu num vou falar o termo exato, vc deve imaginar), e todos iam juntos a Copacabana.


De tanto me esquivar, nego se ofereceu até pra pagar a minha passagem e o meu programa!


Esse é o grande problema: a prostituta faz tudo o que o 'cliente' quer, dependendo da 'especialidade dela.'


Aí, quando se casam, acham que a mulher é obrigada a fazer o que estão acostumados: além do mais, tá na Bíblia, o Pastor ou Padre falou, etc.


Tome cuidado especialmente com esses cursinhos de noivos, cursinhos de casais de igreja.


Geralmente são superficiais demais, muito água com açúcar ,além de essencialmente machistas.
Alguns parecem a Disneylândia...tem um que, os casais saem por um fim de semana, sob um pacto quase maçônico de não contar nada pra ninguém do que rolou por lá.


Até parece...depois contam pra todo mundo(kkk).


Nesse , os casais mais velhos arrumam a cama para os mais novos (quero ver se vão continuar fazendo isso quando esses chegarem em casa), são estimulados a dizer "eu te amo" toda hora ('vc já disse pra sua esposa que a ama hojeeee?', gritam), tem jantar de velas(que quase nunca tem na vida real), tem que fazer declaração de amor no jantar, na frente de todo mundo,e outras farofadas mais.


'Eu te amo' não é bom dia; Isso se diz em momentos especiais.


Declaração de amor, vc tem que fazer pra sua mulher, espontâneamente.


E cá entre nós, o que um Padre entende de casamento?
Eles tem um visão deturpada de sexo e casamento...
Eles não se casam (casavam-se antigamente, mas quando eles morriam, as mulheres requeriam pensão da Igreja, aí um papa mandou proibir o casamento de padres);
Acham que sexo é so pra procriação, e proíbem uso de pílulas anti-concepcionais...
Aí, destrambelham- é uma pederastia só nos seminários, e depois nas igrejas:
Nos EUA, a igreja católica teve que pagar 1 bilhão de dólares a vítimas de padres pedófilos.


E sobre os Pastores, preciso dizer o seguinte:


Tome cuidado com quem vc vai conversar...a grande maioria é machista, conservadora e legalista- não é pra qualquer um que vc pode se 'abrir'.


Mesmo casados, as mulheres de pastores são o grupamento feminino dos mais infelizes que conheço...poucas vezes vi mulheres tão frustradas quanto a maioria delas.
(continua)
Lee
Amanhã: 'Fantasias Sexuais' ; e 'Toda vez que vc for pra cama com seu cônjuge por obrigação, vc está se prostituindo.'
(pra relaxar, na sessão revival um vídeo do Air Supply-veja em vídeos)

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Pense Bem antes de Casar 2- A Missão


Talvez vc nunca tenha parado pra pensar sobre a complexidade dessa questão.
Não existem fórmulas pré-determinadas...o que existe, sim, são histórias reais acontecidas, experiências vivenciadas, muitas delas amargas: 90% dos casos que relato aqui, foram de pessoas próximas, casos que realmente vi, e somente uns 10% de casos de pessoas que não conheci, mas que foram reais.


Elas passaram por coisas que vc não precisa passar...assim, se utilize do exemplo delas como uma espécie de 'filtro', um 'coador' para evitar armadilhas.


Pense bem e observe se ele ou ela tenta mudar sua maneira de ser


Vc é um ser único, Deus não criou ninguém igual á vc-mesmo gêmeos são diferentes.
Um dos grandes erros do casamento, comentei um pouco antes, é um tentar mudar o outro- só que isso começa no namoro.


Uma colega tinha reunido forças pra terminar com um mané que a sufocava no namoro,mas por achar que estava “ficando velha”(36 anos, outra das grandes furadas: se casar logo por achar que o tempo tá passando), acabou cedendo as investidas dele.


Ela era muito bonita,mas ele fingiu ter 'melhorado', apesar de a ter alertado nesse sentido.
Quando a reencontrei, somente um ano depois de casar, estava irreconhecível:magrinha, estava uma porca gorda, mal vestida, desleixada.


Soube depois por amigos em comum que o mané estava acabando com ela: a proibiu de pintar o cabelo, de frequentar academia,pressionou-a até que conseguiu tirá-la da empresa em que trabalhava há 14 anos,só pra ela ficar em casa.


Ele, um cara todo estranho,inseguro e desleixado, levava só comidas calóricas para casa, como lasanhas, pizzas,etc, sabotando a forma de se alimentar dela, para que a mesma engordasse como poucas vezes vi na vida- e não chamasse a atenção de outros homens.


Conheci mulheres que tentaram de tamanha forma mudar seus maridos depois de casados, humilhando-os inclusive, que os que não ralaram só permanecem por causa de filhos pequenos, ou por vergonha do que 'os outros vão pensar'-geralmente, eles tem uma amante por fora, ou gastam dinheiro com prostitutas.


Elas davam chilique quando iam fazer algo que sempre fizeram, como jogar bola, ir a academia malhar, etc. Conheci uma que achava que o marido só podia escutar músicas gospel, e jogava os cds dele fora, que não fosse, além de monitorar o que ele escutava;
Outro marido, de gosto 'refinado', só escutava música clássica, e sumia com os cds de rock da mulher.


Finque sua bandeira nas coisas que vc preza, prefere, etc. Deixe isso sempre claro, se não nego vai fazer vc mudar até de time!


Uso brinco, cordão com crucifixo, cabelo preso atrás com xuxinha e uma tentativa de cavanhaque...só não botei uma tatoo ainda pois quase nenhuma me agrada, vou ter que mandar personalizar....Acha que já não tentaram mudar isso, no passado?


Sabe aquela tatto de borboletinha linda que vc botou? Nunca, jamais permita que um mané venha te forçar a passar um laser nela (kkk).


Pense bem e observe se existem coisas ocultas, estranhas, que ele/ela evita falar.


Ele/a tem um filho por aí e não te contou? Já foi preso, ou tá fugindo da polícia? Ela já foi prostituta? Ele está envolvido em coisas erradas? Toda vez que o cel dele/a toca, precisa se afastar de vc, por quê? Ele é gay?


Tive um colega na faculdade que era boa pinta, alto, moreno de olhos verdes. Ele começou a namorar uma amiga, que acabou sendo a oradora da minha turma.


Repentinamente, ele terminou o namoro e a garota ficou arrasada. Eu sempre desconfiei que aquela coca era fanta, e olha que ele tinha jeito de homem, nunca 'deu em cima' de nenhum colega.


Anos depois da formatura, ela recebeu a notícia que ele tinha se mudado pra São Francisco, e estava ajuntado com um cara...frequentava igreja gay e tudo.


Se vc tem tendência gay, não se case pra provar que é homem...uma colega minha me ligou há alguns anos achando que o marido dela pode ser gay...isso é muito mais comum que muita gente imagina.


Pense bem e observe a questão de diferença de idade


De forma geral , elas convivem bem com homens de até no máximo 25 anos a mais, e eles, com mulheres até 10 anos mais velhas- passando disso,fica complicado.

Hoje, a gente ve na tv algumas diferenças, e aí todo mundo quer imitar- mas só que ali é um mundo fútil, e daqui a pouco , um larga o outro.
Ou alguém levava fé na Suzana Vieira, 67, com o mané do ex-marido, 39? Alguém achou que era pra sempre? A Ana Maria Braga, 56, só quer garotão de 20...ela acha que eles realmente a amam?


E os caras? O Luciano do Valle, narrador de 61 anos, só se casa com garota de 20...já está no terceiro casamento, tudo novinha, pra tirar pensão dele...ou ele acha que elas gostam daquele barrigão e daquela cara de bolacha que ele tem?


Um dos casos mais tristes que conheci foi de um senhorio que tive...ele era 40 anos mais velho que ela...aos 82, vivia entrando e saindo de hospital, se recusava a morrer, pois queria ver os filhos, um de 13 e a menina de 16, se encaminhar na vida...não deu.


Lembre-se: mulheres tendem a parecer 'mais velhas' quando o tempo passa, e homens na sua maioria, ás vezes ficam até mais bonitos do que quando eram mais novos.


Veja fotos do George Clooney, Richard Gere, Antonio Fagundes , José Mayer e do Marcos Paulo quando eram mais novos e vc vai me entender.


Até uns 25 anos a mais, se o cara se cuida, e 10 anos a mais, se ela se cuida, é uma margem razoável.


Tenha bom senso: Não vá ficar cuidando de velho babão antes do tempo...


Nem sair com alguém de mãos dadas, e alguém chegar pra vc e dizer:” puxa, tá conservada sua vó, hein??”


Lee
(amanhã: casamento e sexo- vc pode realmente exigir que ela/e faça tudo o que vc quer?)

domingo, 23 de novembro de 2008

Pense bem antes de casar I - o início de tudo


Hoje vou dar uma de “Hitch-conselheiro amoroso”, aquele filme com Will Smith que ele era um conselheiro dessa área...vou passar parte da semana falando disso.


Na verdade, será uma espécie de “tudo o que vc precisa saber antes de se casar” , para que vc não seja a estrela de outro filme conhecido: “Entrando numa fria”.


Já repararam que, na vida, a gente se prepara pra tudo, menos pra casar?
Vc se prepara pra aprender um novo idioma;
Se prepara para passar num vestibular;
Se prepara para aprender uma profissão, investe anos nisso;
Se prepara para aprender a dirigir;
Vc se prepara pra tudo isso, menos pra uma das coisas mais importantes da sua vida:
Passar o resto da vida com uma pessoa.


Primeiro, o básico- pra vc se casar com uma pessoa, é preciso namorar antes: dannnn...
O namoro na verdade, é o período em que vc vai estar observando o outro, vendo como ele é, seus defeitos e virtudes- ele/a vai pro casamento com tudo isso- vc num vai mudá-lo, não adianta 'forçar a barra...esse é um dos grandes erros dos casamentos.


Sim, ele/a, pode aprender muitas coisas com vc, mas em 'essência', não vai mudar os hábitos, a maneira de ser, como a pessoa é:
Se ela gosta de acordar tarde, vai continuar acordando, quando puder;
Se ele não sabe 'consertar as coisas' na casa dele, tipo canos, aparafusar coisas, não espere e muito menos cobre isso dele;
Se ela não sabe cozinhar, pode ir se preparando pras 'quentinhas' que vc vai pedir;
Isso vai incluir hábitos como lavar louça, arrumar cama, faxinas, etc.
Se nenhum dos dois faz, melhor ter alguém pruma faxina, ou então, dêem seu jeito.
Cada um gosta de um tipo de música? Se virem...o que num pode é um proibir e fiscalizar o que o outro tá ouvindo, jogar cds fora, etc (vc num tem ideía das coisas que fico sabendo a cada dia).
Cada um tem um programa favorito na mesma hora? Compre outra tv- nunca exija que ele/a tenha o seu mesmo gosto.


E por quanto tempo se deve namorar? O tempo que for necessário pra se perceber se podem seguir adiante.
Tem namoro que até o que tá de fora percebe que os dois num tem nada a ver um com o outro( uns 70%, mais ou menos...o pior é qdo vejo, só de olho, casamentos que já deram o que tinham de dar...mas continue lendo, pra vc num chegar a isso).


Ás vezes, os namorados até tem um certo tempo, e só estão esperando um momento certo, que pode incluir moradia, finanças, etc. Se já tem certeza do que querem, e conhecem razoávelmente um ao outro, podem noivar.


Digo razoalvelmente, pois a plenitude do conhecimento virá só com o passar dos anos.


Mas o que vc precisa observar, sentir, antes de subir um altar (ou se casar num cartório, ou num clube- isso vai do casal- 'ajuntamento', lembre-se, não é compromisso, fuja de quem lhe propor isso) ?


Preste atenção nas seguintes coisas:


1- Pense bem e observe se vc sente falta dele/dela.


Se vc sente falta quando ele/a não está perto, isso é um bom sinal...mas saiba se o outro também sente, se não, num adianta. Se vc sentir alívio por ele não estar perto, é hora de ralar.


2- Pense bem e observe se ele/ela lhe trata com respeito.
Certa vez, vi uma garota zombando do namorado com as amigas...ela era mais preparada intelectualmente do que ele, e tinham ido juntos a uma festa chique .


“Quando o João (nome fictício), abriu a boca, já viu, foi um desastre”, gargalhando com as amigas.
Acha que me surpreendi quando se separaram anos depois, quando ela o corneou?


E os caras que tratam as namoradas com grosserias, ás vezes humilhando-as em público? É o que mais vejo...se ele não tem respeito agora, pique a mula: vai piorar depois, não se iluda.


3- Pense bem e observe o comportamento dele/a qto ao sexo oposto


Se ele gosta de ficar azarando geral, cercando as outras, não espere mudança de comportamento só por que está com vc, achando que agora é a princesa dele.
Agora, com internet então...mas depois eu falo sobre internet, específicamente.


Veja o comportamento dela quando tá perto de outros caras.


Certa vez, uma namoradinha que tive, perdeu a linha com uma foto que mostraram pra ela, em grupo, e mesmo ao meu lado, perguntou a amiga dela quem era um cara da foto.
O sinal de alerta foi ligado...fiquei P da vida (esse p é de 'por conta') e muito cabrero dali em diante.


Posteriormente, um colega que tinha uma namorada no mesmo condomínio dela, depois de relutar muito, decidiu me ligar ao ver cenas que aconteciam toda semana, e eu num sabia...
Ela, que diante de mim se vestia legal (num sou legalista, mas num gosto de peruas), ficava de chamego e dando mole com uns caras do condomínio, ás vezes só ela sozinha conversando com uns 3, 4 caras...de shortinho cravado no rego.


Agradeci ao colega (seriam os homens mais unidos nesse sentido?), desliguei o fone, e pensei: "mas que M" (esse M é de miércoles, quarta-feira em espanhol) !

No domingo seguinte, mandei a vaca ir pro brejo(só to querendo dizer que a dispensei!).


Veja fotos, fotos dizem muito sobre quem nós somos...fotos de caras sem camisa (tendência gay, além de tudo) mulher de tanguinha fazendo pose, é dor de cabeça, na certa.


4- Pense bem e observe se vc de fato, ama a pessoa.


Num é ser amiguinho/a;
Num é por que tem grana ou tá em evidência (lembra do artigo do Paraplégico?)
Num é por que os outros 'acham'- vc que tem que achar.


Nego ás vezes se conforma com uma companhia ruim, só pra dizer que é casado, que num tá só...
Nunca esqueço do 'casal perfeito' que tinha em determinada igreja...os dois muito bonitos, namorando há sete anos...”os filhos deles vão ser lindos”, diziam...situação financeira boa...tudo “perfeito”.


Faltando uns 4 dias pra se casar, ela foi ver o vestido de noiva (o sonho de toda menina) acertar os últimos detalhes na loja, e naquele dia, calhou de encontrar uma amiga, que passando do lado de fora da loja, a viu, e foi ao encontro dela.


"Láis (nome fictício), como vc tá linda!! "
Láis abriu o berreiro...começou a chorar compulsivamente, e disse:
“Eu não quero me casar...eu não quero me casar...eu não amo esse homem!”
Será que não deu pra perceber isso em sete anos?


Soube anos depois que ela queria cancelar o casamento naquela semana, mas a mãe não deixou pois “os convites já haviam sido distribuídos”, e ia envergonhar a família,e o noivo pediu pra ela reconsiderar, etc.


Entrou na Igreja como o boi indo ao matadouro- uma das noivas mais tristes que já vi.
O casamento 'babou' alguns anos depois, claro.
Ah, mas eles tiveram “filhos lindos”.


Não chegue a esse passo...nego ás vezes compra apartamento, móveis, eletros, etc, sem ter a certeza do que o outro sente, ou sabendo que num tá sentindo nada.

Mas se por acaso chegar a esse ponto, não case, mesmo ás vésperas...
Não se case só por “os convites já estarem distribuídos”.


É melhor fazer uma partilha agora, do que num futuro divórcio, a não ser que vc goste de viver de fachada(aconteceu um caso assim com uma conhecida, que teve que entrar na justiça pra tirar o ex-noivo do apto que ela pagava).

Melhor um choro passageiro agora, do que um choro amargo, que costuma deixar feridas, depois.

Depois eu continuo...bateu fome.

(Continua ao longo da semana -num quero que vc caia em furadas...depois te dou o número da minha conta pelas consultas, ok?)


Lee
(Na Sessão revival,veja o vídeo da pegadinha e pense como seria a reação de seu namorado-veja em vídeos do meu orkut)

A Lei Seca foi criada pra evitar que vc que bebe e dirige, morra,ou mate alguém


Podemos ver isso como uma providência e permissão de Deus pra te proteger, Ele te ama, agora só depende de vc.
Passado o “furor” inicial com a nova lei, houve não só um relaxamento, mas um aumento gradativo com relação aos casos, comparado ao mesmo período do ano passado.
Ontem o 'Jornal Nacional' disse que aumentou em 9% os casos, em relação ao último ano...de quem é a culpa?


Ora, a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatolgia dá uma das respostas:
De acordo com um estudo feito com 1.034 universitários paulistanos e cariocas, oito em cada dez afirmam que continuam a pegar carona com motoristas embriagados após a balada.
"Muitos amigos meus continuam bebendo e dirigindo. Acho que no começo foi todo aquele alvoroço, mas agora está todo mundo relaxando novamente", diz o estudante Bruno Morais, na pesquisa.


Uma coisa que aprendi ao longo dos anos, é que jovem, pelo simples fato de ser jovem, acha que não pode morrer...jovem.


Outra resposta ao fato de tudo “estar voltando ao normal” é a falta de preparo das autoridades:
Em São Paulo, por exemplo, só existem 51 bafômetros para um frota de 6 milhões de carros particulares.
É como se numa cidade de 6 milhões de habitantes só houvesse 51 policiais!


Nego bebe, e bebe muito.
Eu já escrevi por aqui sobre a lei seca, assim que ela se iniciou.
Mas é necessário um reforço, para que essa lei, uma das mais importantes já sancionadas nos últimos anos, não seja mais uma lei que “não pegou”:


A multa tem que continuar pesada, sim.
O carro tem que ser rebocado, e conduzido ao pátio público, onde pagaria “diária”.
O Infrator tem que ser preso e processado.
Quem tá no carro precisa entender que lida com vidas- o motorista bêbado num entende nem como ele foi parar ali...


Bebeu? Pegue um táxi.
Agora, o problema vai ser do taxista :
Taxista: ”Boa noite, para onde vamos?”
O bebum responde : “Jamais saberás”!!


Lee

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Na vida passamos por muitos momentos ruins, e as vezes ficamos nos questionando o por quê


Por mais que um homem viva, deve desfrutar sua vida toda.
Lembre-se porém dos dias de trevas, pois serão muitos.
Tudo o que está para vir não faz sentido
”. (Eclesiastes 11,8)


Eu não sei o que vc entende por momento ruim...
Momento ruim não é quando vc quebra a unha, perde um ônibus, chega atrasado;
Nem quando derrama café na camisa,tá com dor de cabeça, borra a maquiagem;
Não é quando vc esquece o guarda -chuva e cai um pé dágua;
Nem quando sai de casa e esquece as chaves, e tem que ficar mofando, esperando.


Não é quando vc tira uma nota abaixo da média, numa prova.
Nem quando fica engarrafado no trânsito, ou preso no elevador.
Isso são coisas circunstanciais, situacionais,que de maneira geral, dura pouco tempo.


Momento ruim é quando vc percebe que nada está dando certo, por mais que vc esteja tentando acertar;
E também percebe que, na maioria dos casos, vc não pode fazer nada.


Pode ser em uma ou mais áreas da vida,simultâneamente;
Família,finanças, saúde,vida emocional,sentimental,espiritual,etc.


Momento ruim é quando chegam os “dias de trevas”- é tudo muito escuro e tenebroso.
Eles chegam sem avisar...num mandam recados- geralmente, são muito intrometidos.
Por vezes, ainda são “marrentos”...parecem zombar de vc.
Instalam-se na sua vida, montando acampamento, ocupando o espaço, por “tempo indeterminado”.


Em geral, nos levam alguma coisa: tempo, saúde, dinheiro...ás vezes, até entes queridos.
Nada faz sentido, a lógica vai pro espaço.
Os 'dias das trevas' vem, com certeza.
Nesses tempos, não adianta ficar confiando em palavras de homens;
Eles não vão poder fazer nada.


É o tempo que, acima de tudo, precisamos confiar em Deus.
Muita coisa, lembre-se, não vai fazer sentido- e se não tem sentido, não fique tentando entender- vc não vai conseguir, e pode ficar mais frustrado ainda.


Esse momento vai passar.

E geralmente, após o término, dependendo de nossa atitude durante 'os dias das trevas',veremos uma virada, uma bonança.


Se no “dias das trevas” confiarmos em Deus, temos algumas certezas:
Primeiro: os momentos ruins se tornarão 'suportáveis';
Segundo: ele não vai deixar nossa 'peteca' cair: além de suportar, vc se fortalecerá aos poucos;
Terceiro: dias melhores vão chegar...e vc vai desfrutar sua vida.


Lee


O J Quest ajuda a reforçar essa mensagem:

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Vc abandonaria seu cônjuge se ele ficasse paraplégico?


E se de repente alguma coisa acontecesse, e seu marido ou esposa ficasse paraplégico?
Um acidente de carro;
Uma bala perdida;
Uma queda do cavalo, como o antigo Superman,Cristopher Reeve,fraturando a vértebra;

Ou mesmo um vírus devastador atingindo o osso da coluna (conheci um caso assim)?
De uma hora pra outra, tudo mudando...


Tenho uma vizinha cadeirante, e vez ou outra a ajudo atravessar a rua.
Uma vez, subi a rua inteira com ela, atravessei o sinal, e coloquei-a no elevador do prédio...fiquei cansado, e todo ensopado de suor! E isso por alguns minutos...


Em menos de dez minutos, deu pra ter uma leve noção do que é a vida de uma pessoa paraplégica...evitar buracos na rua, subir em calçadas não preparadas, levar um tempo enorme, facilmente percorrido a pé em 5 minutos...
Imagine então se isso acontecer com seu cônjuge.


Ou mesmo se não for paraplégico, mas algo que venha mudar inteiramente a rotina de uma pessoa, como algum problema cerebral com sérias disfunções, etc...
Dependendo da intenção de quem casou (se for por interesse) a maioria 'vaza' na hora.


Dana Reeve não.
Ela ficou ao lado do marido nos 9 anos em que este ficou tetraplégico, até ele falecer de insuficiência respiratória...e isso dos 34 aos 42 anos, nova, bonita, numa idade em que sexualmente falando, é o auge da mulher.
Dedicou sua vida só a ele, nesse período...somente após a morte dele, ela, que também era atriz, voltou a atuar. Ele morreu há 4 anos atrás, e ela, há 2 anos, de câncer no pulmão.


Já Carla, ex-mulher de Marcos Menna, inspiradora do maior hit do LS Jack, vazou pouco depois que ele ficou com o cérebro paralisado, após parada cardíaca de 20 minutos na mesa de cirurgia.
Entendem por que só pode se casar se for por amor?


Se for por grana, vaza: já vai estar garantida/o.
Por fama, ora, perdeu o 'encanto'...
Por amor, a chance da pessoa ficar com quem se acidentou, é maior;
Por amor, o acidentado pode até 'autorizar' uma liberação ( como fez o ex-Superman, mas sua mulher quis ficar, chamou ele de louco) e o outro cônjuge, decidir.
O amor faz o acidentado pensar no que é melhor, querer o bem de seu cônjuge...se ele amar, vai pensar assim.


Tudo tem que ser decidido no amor.
Quem nunca amou, de fato, num vai ter o menor problema em tomar uma decisão rápida.


Ah, o Marcos Menna nunca mais cantou 'Carla', apenas para registro...
Está com uma nova esposa.


Lee


(na sessão revival 2 vídeos: Tributo ao eterno Superman Cristopher Reeve, e a recuperação do Marcos Menna)



terça-feira, 18 de novembro de 2008

Maria da Penha vai ferrar com Dado e Marcelo Silva



Recentemente aqui no Rio, dois casos de famosos ganharam as páginas policiais.
Dado Dollabela bateu na Luana Piovanni e na empregada dela que tentou separar a briga. Luana já deu parte, e a coisa vai complicar pra ele, que disse que foi só um 'empurraõzinho'...tá.


Já o mané e ex-PM Marcelo Silva, enfim ex-marido da Suzana Vieira, enfiou a porrada na amante, que dedurou pra Suzana e pra imprensa o caso que eles tinham há sete meses.
Digo enfim pois ano passado, com um ano de casado, ele também enfiou a mão numa prostituta num motel daqui, e quebrou tudo: custou o emprego dele na polícia.


Desde que Suzana se envolveu com esse pilantra, a vida dela virou um caos...ele chegou até mesmo matar o Pastor Alemão dela, dizendo que ele tinha saído rápido do carro, e um outro carro atropeleou o cão, na orla...mentira:ele abriu a porta rente a pista, e soltou o cachorro.
Suzana ficou arrasada com a morte do cão...ele já tinha protegido ela do ex-marido, quando ele partia pra cima dela. Só agora Suzana confessa que já foi agredida por ele, e tá andando com seguranças- o pilantra é barra pesada.
Ele deixou a cara da ex-amante toda roxa, ela foi se esconder em outro estado, onde finalmente deu parte.


A Lei Maria da Penha veio para aumentar o rigor nesses casos. Agora, nego pode pegar até 3 anos de cana(antes era só um ano), ser preso em flagrante ou ter prisão preventiva decretada, e não pode ser trocada por penas alternativas (tipo cesta básica) ou pagamento de multas.

A lei também ordena a saída imediata de casa do agressor, e protege os filhos.
Dado pode pegar até seis anos de cana- foram duas mulheres agredidas, já registrado.


A Fundação Perseu Abramo diz que uma em cada 5 mulheres brasileiras já apanharam de homem.
O pior é que tem muita mulher besta, que parece que gosta de ser esculachada:
Dia desses num ponto de ônibus que estava, um casal de namoradinhos discutiu, e ele largou-lhe o bofete na cara dela.


Ela saiu chorando, ele foi atrás dela, e depois ficou 'tudo bem'...
Até o próximo bofete.
Se seu namorado ou noivo é violento agora, pule fora já, ou denuncie:
Ele vai te enfiar a porrada depois, com toda certeza- gente assim num muda.
Começa com beliscões, puxões no braço com força, até vir o primeiro tapa.
O primeiro chute.
A primeira porrada na cara.
'A ordem dos fatores não altera o produto'- essa sequência pode variar, ás vezes.


O homem é mais forte que a mulher, mas não é por isso que vai se aproveitar e fazer sua vontade prevalecer no grito ou na violência.
Deve sim, cuidar dela e protegê-la;
Também deve lhe dar apoio e incêntiva-la;.
Deve ser amigo, e vice-versa.


Lee

(O Atitude Feminina reforça minha mensagem- veja o vídeo abaixo)

http://www.youtube.com/watch?v=0h2f6NaEOmI

domingo, 16 de novembro de 2008

Desembarcando do Navio


Desço da reunião do terceiro andar e vou direto para a minha mesa.
Quem senta junto a mim é a mãe da Bodyboard-girl, que não via já há algum tempo...muito simpática(a filha puxou ela nesse sentido), conversamos durante um tempinho.
Me surpreendo como ficou bonita a reforma do Grande salão...

A banda do navio faz a sua apresentação, e a pequena Rouxinol, lider dos vocais, está presente hoje...mas ela não está bem, está travada- já há algum tempo ela não anda bem...desconfio o que seja, mas, 'xá pralá'...
Chaveirinho, num vestidinho verde- refrigerante de limão, estava lindinha...em sua mesa,Bonequinha de Porcelana, com os cabelos ficando preto( tinta já, num fica bem), além de uma nova amiga, que se formou recentemente.
Vi a bióloga entrando no salão, mas deve ter subido...depois a revi na saída do hall do salão... lá em cima também estava hoje a filha do capitão.
Depois das palavras do Capitão, descido desembarcar do navio, aproveitando que o mesmo acabara de atracar. Vou arrumar minha mochila: é hora de voltar pra casa, fiquei muito tempo embarcado...é hora de pisar firme na terra, e mesmo de respirar novos ares.
Assim, pego um ônibus até minha cidade...desembarco, e consigo uma carona para perto de onde vou...tenho que andar ainda um bom pedaço a pé, e no caminho vou me lembrando da primeira vez que vi cada uma, por ordem cronológica:

Bodyboard-girl
Tribo afiliada: Next generation
Primeira aparição: Hall do Grande salão,perto do bebedouro dos 'copos que não saem'.


É a primeira pois foi a primeira que eu vi no navio. Bonita e simpática, me mostrou aonde fica o bebedouro dos 'copos que não saem'. Namoradeira, já vi com 2 namorados nesse período - todos já 'encerrados'.Tem ido poucas vezes no grande salão atualmente: a mais recente no niver dela. De todas, talvez seja a mais receptiva a novas amizades.
Tá com uma franja engraçada, mas é que acho franjas engraçadas, mesmo.


Volleyball-girl
Tribo afiliada:Banda do Navio
Primeira aparição: Palco do Grande salão.


Faz parte da banda do navio,onde é uma das 'backing vocals, mas a primeira vez que a vi foi no grande salão. Alta,,joga vôlei na quadra do navio.É muito querida pelas amigas...de fato, ela é um doce, e uma graça.


Pianista morena
Tribo afiliada: Musicistas do navio
Primeira aparição: Palco do Grande salão.
Na primeira vez que fui ao grande salão, era ela que estava tocando...alta e charmosa,está mais bonita agora(no vestir, tá usando lentes,e emagraceu, tb) ,mas é muito fechada para quem não a conhece. Toca muito bem.
Pequena Rouxinol
Tribo afiliada: banda do navio
Primeira aparição: Palco do Grande salão.
Líder dos vocais, poucas vezes vi segurança e inspiração como vi nela: Uma autêntica 'band leader', um dom natural, que flui quando ela tá inspirada, e o Capitão presente- quando o Capitão não está, não flui direito. Pequena,simpática e uma graça, faz muita falta quando não está. Tem voz linda como a do passarinho citado. Num anda muito bem, e eu sei o por que.

Branquinha de Tupi
Tribo afiliada: Banda do navio
Primeira aparição: Palco do Grande salão
'Backing vocal' da banda,depois da Rouxinol foi a segunda quem me chamou atenção pela paixão com que canta as músicas: ninguém expressa melhor o que está cantando do que ela. Vem substituindo a Rouxinol como 'band leader' e dando conta do recado,faz bem esse papel.Simpática, emagreceu bastante, e é outra que tem ficado bonita...
Bonequinha de Porcelana
Tribo afiliada: Pós- teens
Primeira aparição: No Grande salão
A primeira vez que a vi no grande salão, estava á frente de todas as mesas, traduzindo as palavras do capitão para os surdos-mudos que se encontravam no navio, na ocasião. Talvez seja uma das mais sensíveis a bordo, é toda delicadinha, e assim como outras, parece estar ficando cada vez mais bonita...tem olhos que mudam de cor, ora castanho claríssimo, ora levemente verdes. É muito querida pelas amigas.
De todas do navio, é a única que tem um lado misterioso que não consigo ler até hoje- um pequeno enigma não decifrado.

A Bióloga
Tribo afiliada:Next generation e 'Off'-next Generation
Primeira aparição: No Grande salão
Cy não me engano, na terceira vez que fui ao salão foi qdo a vi, ficando na lateral perto da minha mesa. Usava um 'óculos da vovó', que alías, continua usando e era mais cheinha. Hoje está mais magra...estava muito atenta as palavras do Capitão, e com 'o grande livro' aberto. Tem um dos sorrisos mais lindos a bordo,e vozinha manhosa, daquelas que faz 'amolecer o coração'...também é muito inteligente: pesquisa formas contra o câncer. Em sua primeira aparição, me deu uma cotovelada que doeu pacas, na saída do salão. Altera momentos de participação com grandes sumiços .
Tem a 'resistência' de algumas meninas que estão a bordo, inclusive algumas aqui relacionadas...por que será? Por isso, também tem ligações com outras tribos.
Branquinha,ficaria melhor se pintasse o cabelo preto, que não combina com ela -assim como o 'óculos da vovó'.


LL
Tribo afiliada:Next Generation
Primeira aparição:Hall do Grande salão

Um das mais 'fashion do navio', é muito charmosa,e tem um jeito descolado,evidenciado pela linda borboletinha no ombro. Gosta de formas variadas de arte, que vai de novelas até museu. Por vezes, é meio 'aérea', avoadinha mesmo, dificilmente chega no início da reunião, pois tem dificuldade de acordar cedo. No episódio da eleição, demonstrou parte de seu caráter:sabe ser companheira pra 'toda hora', para as pessoas que ela ama: se necessário for, ela literalmente veste a camisa-adorei ver isso.
Tem uma tendencia a se 'desgarrar', em parte pelo próprio jeito descolado...por isso, ficava feliz quando a via no Grande salão, ou quando assistia a reunião pela internet na cabine.
Chaveirinho
Tribo afiliada: Pós- teens
Primeira aparição: Estacionamento do navio
Sim, o navio é grande, e possui até um pequeno estacionamento para carros dos 'vips'.
Numa noite, me retirei do Grande salão, pois perdi a paciência com um orador fraco, e antes de voltar pra minha cabine, dei uma volta no navio, e parei numa espécie de 'mural de recados' que tem perto desse estacionamento. Foi quando ouvi passos descendo a escada, e ela ia em direção a esse estacionamento.
Como a parte em que ela passava era mal iluminada e ela é muito pequena, dei apenas uma olhada de 'confere', voltando para ler os recados. Mas algo me disse: “olhe novamente”, e quando vi, ela estava passando dessa vez num ponto todo iluminado.
“Que coisinha mais lindinha!”, pensei...consultando os arquivos do navio, vi que ela fez parte até de um grupo de dança do mesmo...era um patinho feio , hoje tá muito lindinha... Na luta contra a timidez, quando vence, aflora um lado artístico: além da dança, já fez peças no navio.É pequena só no tamanho: tem um enorme potencial que ela mesma desconhece.
A Filha do Capitão
Tribo afiliada: desconhecida
Primeira aparição: Entrada lateral do Grande salão
Quando falo filha do capitão, sempre será a loirinha, pois a outra vi raríssimas vezes.
Num dá pra esquecer a primeira aparição: ela entrou atrasada pela porta lateral, bateu a porta com força, e derrubou algo que estava bem ao lado da porta (num me lembro o que)
fazendo barulho, e todo mundo olhando...os períodos de longos sumiços são justificados: tem bebê a bordo. É uma graça, mas há de se tomar cuidado por ser filha do capitão -
vá que ia dizer uma graça: seria lançado ao mar na calada da noite!
BBL

Tribo afiliada: Pós- teens
Primeira aparição: No Grande salão
Costumava vê-la no início, mas depois sumiu...talvez tenha desembarcado do navio e eu nem vi. Uma gracinha...
July
Tribo afiliada: Pós- teens
Primeira aparição: No Grande salão
Estou quase chegando a conclusão que deve ser gêmea com a Chaveirinho, mas não devem ser tão semelhantes: elas tem belezas diferentes, não são iguais, July inclusive é mais alta...ou será que é prima? Enfim:das pós teens, ela é que mais demora um pouco a perceber, a se 'ligar' nas coisas. E o que é que ela tem contra o Botafogo?? Outra que tá ficando mais bonita...

Ruivinha da Locadora
Tribo afiliada: nenhuma
Primeira aparição: No Grande salão
Muito simpática, é funcionária da locadora de vídeos do navio, e volta e meia tenta amenizar o frio produzido pelo ar-condicionado do grande salão.

Naomi
Tribo afiliada: “Off- Pós teens”
Primeira aparição: No grande salão
Naomi se sentou uma vez perto de minha mesa, até nos cumprimentamos. Branquinha, de sardinhas e cabelo preto, passaria como irmã mais nova da bióloga. Tem seu rol de amizades maior fora da maioria das pós teens relacionadas aqui. Naomi é uma gracinha.
Mineirinha
Tribo afiliada: Pós- teens
Primeira aparição: Na minha sala de reunião do terceiro andar

De Muriaé para o navio, é gente finíssima, super-simpática, inteligente e lindinha.
A vi pela primeira vez na minha sala na reuinião do terceiro andar. Posteriormente, vi que tinha ligações com Chaveirinho e sua turma...perái...teria sido ela mandada pela Chaveirinho?
Amy
Tribo afiliada: nenhuma
Primeira aparição:Convés do navio
Amy é um mistério, só o que se sabe é que é americana e teve contato com pessoas do navio. È parte integrante do navio, mesmo não estando presente...entende? Nem eu.

Veja o vídeo de minha volta, quando me lembrei de cada uma delas no caminho: vá na sessão revival de meu orkut, veja em vídeos.
Lee









O modo como vc olha pras pessoas fala mais do que suas palavras


"Então falou Pedro dizendo: Reconheço por verdade que Deus não faz acepção de pessoas; pelo contrário, em qualquer nação, aquele que o teme e faz o que é justo lhe é aceitável"

(Atos 10.34,35)

Como vc olha para as pessoas deficientes?
Para as pessoas que vivem na rua?
Para as que moram na favela?
Pra quem não tem estudo e fala errado?
Para o moleque que faz malabarismo no sinal?
Para o baleiro que entra em sua viagem de ônibus?
Pro vendedor de amendoim torrado?
Pro negro que vai se sentar ao seu lado?
Pro gari que tá varrendo a rua?
Pro garçon que vai te servir?
Pro visitante na sua igreja, com roupas bem humildes?


O modo como olhamos nos entrega.
Nem precisamos falar: a pessoa, pelo olhar, já sabe se vc o discrimina.
Cuide do modo como vc olha.
Não comece a discriminar já com o olhar:
Tudo aquilo que vc disser, o discriminado já vai saber que, se não é mentira, não é de coração.


As pessoas que mais Jesus gostava de interagir eram os pobres.
Ele sabia como eles eram preteridos pela sociedade.
Muitos se aproximavam dele, só pelo olhar que Jesus fazia.
Como vc olha para as pessoas acimas citadas?
O modo como vc olha pra elas, vai falar mais do que suas palavras.


Lee