quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

A importância de se procurar ajuda de psicólogo, psiquiatra ou, psicanalista, além da ajuda de Deus


“Mens sana in corpore sano”, disse o poeta latino Juvenal.
Mas além da mente sã num corpo são, Juvenal só se esqueceu do terceiro elemento de que somos constituídos, o espírito...aí a frase ficaria perfeita.
Todos três tem que estar “são”, ou haverá desequilíbrio.


Ninguém tem vergonha de procurar um médico quando não se sente bem;
Ninguém tem vergonha de procurar um dentista quando tem dor de dente (talvez só medo);
Ninguém tem vergonha de assistir a um culto ou uma missa, de buscar um conforto espiritual para as angústias da alma;


Mas muita gente ainda tem vergonha ou preconceito de buscar ajuda de um profissional especializado nas questões psico- emocionais.


Creio que parte dessa vergonha em procurá-los, desse receio ou preconceito, se deve ao fato de, por muitos anos, quem procurasse ajuda de um profissional dessa área era taxado de maluco.


Conheço muita gente que se consultava as escondidas, sem ninguém saber...pais que mandavam filhos, escondido dos outros...pastores que quando iam ao psicólogo, ninguém na Igreja podia saber,era segredo...e como todo segredo, sempre alguém (geralmente da família) sem querer contava.

O conhecimento da medicina foi dado aos médicos por Deus para ajudar o homem...lembre-se, Jesus tinha um discípulo, Lucas (autor de um dos evangelhos) que era médico.


O mesmo conhecimento foi dado aos Psis (psicólogo, psicanalista, psiquiatra- que é médico e o único que pode aviar receita) para ajudar-nos a ter uma mente sã.

Nesse mundo louco, desenvolvemos fobias as mais variadas,como medo de andar de elevador, de altura, de gente, claustrofobia (lugares fechados), etc.


Já pensou um advogado com medo de falar em público?

Ou vc subir 20 andares de escada por medo de elevador?

Não viajar por medo de avião?

E não estou nem citando os traumas familiares, causas das mais variadas desordens emocionais...


Ora, o próprio Jesus aplicou os métodos das escolas psicológicas, muito antes de elas serem aplicadas pelo homem:


Com Nicodemos, num diálogo fascinante(João 3.9), ele mandou pensar- Cognitivo;


Quando expulsou os demônios que atormentavam um Gadareno (ação espiritual), este quis seguí-lo (Marcos 5.1-20),mas Jesus o mandou de volta a família- Psicanálise;

Na ocasião da mulher samaritana (João 4.5) encontram-se elementos da Gestalt;

Na ocasião do escriba que lhe pergunta: 'quem é meu próximo'? (Lucas 10.29 em diante) e Jesus conta a história do bom samaritano, e pergunta:” quem é o próximo dessa história?” - Compotamental;

Com os fariseus, na maioria das vezes, usou o pensamento Sistêmico.

Ora, se Ele se utilizou de cada um desses elementos milhares de anos atrás, conforme cada caso, por que vc tem medo, preconceito, achando que isso é 'coisa de maluco?'

Terapeutas são uma benção de Deus;


Os 'Psis' são dádivas de Deus:
“Não havendo sábios conselhos, o povo cai, mas na multidão de conselhos há segurança.” (Provérbios 11.14)


Lee- sempre atento a conselhos