terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Mais um Livramento, Mais um Sonho

Desde o culto ontem á noite aqui na Tijuca, estava me sentindo “estranho”.
Geralmente, é por que tem “coisa no ar”, e preciso ficar “ligado”.
E tinha, mesmo:Pelos meus cálculos, cerca de menos de uma hora que eu passei de ônibus na conde de Bonfim, dois vagabundos abordaram a moto de um policial federal, aos gritos de “perdeu, perdeu”.
Eles também estavam de moto, e assim que um saltou e montou na outra moto, o policial disparou...Um bandido morreu, e outro, foi preso por uma viatura da PM que passava no local.
O difícil é discernir exatamente essas “impressões”, quando é hora de ralar, ou segurar um pouco mais – e tem vezes, que não posso evitar certos caminhos...Mas o 'Chefe' me guardou de mais uma.veja a reportagem do caso (é a segunda) em:http://meiahora.terra.com.br/blog/plantao_policia/
“Sonhei outro sonho”
Nesse campo aqui tenho mais facilidade...já é minha 'praia'.
Eu ia passar a ceia em PIB Copa, tinha dado meu nome e tudo...eu ia...
Sonhei que, durante a ceia na grei, houve um aborrecimento por um motivo fútil:
Não sei se era por causa de algum prato, comida, algo assim.
Na verdade, parecia que eu reclamava de algo injusto, que eu via ali na hora da ceia.
Então, uma mulher começava a discutir comigo...eu, já P da vida por algumas situações que vc viu nos Top Fives, rasguei o verbo...mas aí vinha outra mulher “pra tomar as dores da primeira”, defendendo sem sequer saber o que era, só por que eram amigas.
Não via a cara de nenhuma delas, e nem vou ver- não vou mais participar, depois dessa.
Prefiro continuar em paz na orla, que em guerra dentro da grei...vou só pro culto.
Que talvez seja meu 'final chapter' ali.
Amanhã, falo de meus últimos dias do ano em igrejas: Minha luta para ver os fogos, enquanto muita gente tentava embarreirar, dizendo que era “pecado”...Vc vai ver o jeitinho que eu dava, e meus pensamentos a respeito disso.
Lee, que já comprou o passaporte do metrô para Copa:Tenho que embarcar entre 21 ás 22h, e voltar até 5 da matina.