quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Sobre Mulheres mal- tratadas no casamento



Eu não queria escrever sobre isso hoje...na verdade, to adiando desde sábado.
Procurei algo nos meus esboços-temas ainda inéditos, desde o ano passado, tentando enrolar pra não escrever isso...que eu sei que já era pra ter escrito.


Ao contrário do que possa parecer, não gosto de falar de assuntos polêmicos...mas se foi algo que eu aprendi nos últimos tempos, é fazer aquilo o que o 'Chefe' determina- isso inclui escrever.
Muito provavelmente alguém precisa ler isso, e eu to 'segurando' desde sábado...


Pois foi no sábado que soube de mais um caso de mulher 'mal-tratada pelo marido'...não me foi contado pela pessoa, e sim, por alguém que vê a tristeza estampada na vida da amiga dela, que não sabe mais o que fazer.


Ela sabe dos 'casos' dele; não 'tem mais nada' com ela há muito tempo; na verdade, é mais um dos casamentos -fachada dos vários que tem por aí.
Com o agravante (sempre acho pior) da religião – ambos carregam esse jugo.
Eu disse religião...isso envolve igreja...a religião de alguns é a igreja.


Além disso, ainda há provavelmente a preocupação dos filhos pequenos.
A verdade é que os dois tem que se amar...quando isso, de algo forma perde o foco, o resto é apenas “sobrevivência”, e aí tem vários motivos, alguns citei acima.


Não creio que uma mulher deva permanecer num casamento quando:
Conscientemente, ela sabe que o mané vive de galho em galho, ou tem amante fixa...muitas pessoas dizem que isso 'faz parte do jugo', do pacote de dificuldades que tem que aguentar no casamento...mentira.


Se ele te joga pro lado, não querendo “ transar”, a não ser que tenha alguma disfunção sexual, é por que tem sexo em algum lugar: seja com amantes, ou com prostitutas.


Se vc descobre que ele é gay. Acredite, vc não sabe o quanto isso é comum hoje em dia...ninguém vai saber, só sabe quem sente a dor.


Quando vive humilhando, sufocando, e agredindo fisicamente, na frente dos filhos.


E levar casamento de fachada por causa dos filhos?
Talvez eles vão sofrer um pouco, sim...mas lembre-se que eles vão crescer, e entenderão tudo melhor...e o 'tempo' vai passar é pra vc, e não pra eles, que estão novos.


Muitas mulheres tem vergonha dessa situação...e por isso, permanecem quietas, sofrendo (quase) em silêncio, por achar que tem que 'honrar' os votos, que já foram desonrados a maoria das vezes sem retorno por seus cônjuges.
Sofrem por anos a fio, até que o mané vem e ele sim, toda uma atitude: dá um 'pé na bunda delas' que esperaravam que a situação mudaria.


Não faça como uma de minhas vizinhas: certa vez me pediu pra pregar um quadro dela na parede com o martelo, e vi que no apê dela só tinham camas de solteiro...ela dorme num canto, ele noutro...há vários anos.
Mas estão 'honrando os votos'.
Lee, dormindo em cama de solteiro por 'estar solteiro'...ás vezes o Chubby fica embaixo dela.