segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

O Cachorro da Favela venceu Oscar


Slumdog milionare (cachorro da favela milionário), titúlo original de “Quem quer ser um milionário?”, Venceu o Oscar, com 8 das 10 estatuetas em que concorria.

Benjamin Button só levou 3 dos 13 indicados, e só prêmio técnico...o filme de Brad Pitt custou 150 milhões, um orçamento milionário, contra os 15 milhões de custo do milionário da favela.

Os atores mirins, todos recrutados da favela de Mumbai, estavam presentes, fofos.

O mais engraçado de tudo, é que esse filme foi um fracasso de crítica na própia Índia:

Fora dos padrões de Bolliwood (a Holliwood de Bombaim), que sempre produz filmes de 3 horas de duração, e que a cada 15 minutos, tem um cena com alguém cantando e dançando, como se fosse um musical...nem em filme chinês tem dessas coisas.

O filme veio de um livro, e por isso também ganhou o Oscar de roteiro adaptado, além dos principais de melhor filme e direção.

Vá ver esse filme, que no fundo é um filme romântico, mas eu não consegui comer pipoca nele...tenho dessas coisas quando me envolvo...

As favelas da Índia conseguem ser piores até do que as nossas...

Mas a idéia original de fazer de um ex- menino de rua de 18 anos, que agora serve chá num call center, conseguir responder as perguntas apenas se lembrando das fases brabas e engraçadas de sua vida, é fantástica.

É diferente daquilo que a gente tá acostumado a ver no cinema, é uma pobreza miserável, mas que dela, pouco a pouco vai sendo construída a história que vai tirar Jamal da miséria;

E dessa mesma pobreza miserável que também Jamal vai pouco a pouco galgando até chegar a Latika, seu único e verdadeiro amor, desde a infância.

É diferente, entre no clima, que vai te chocar várias vezes, em cenas violentas e absurdas, mas que de fato acontecem na Índia- não ache que é ficção.

Mas quando vc absorve, viaja junto com a história de Jamal.

Devo ver de novo (vi a pré- estréia quinta passada á noite,) quando entrar no circuitão, dizem que só 6 de março.