quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Sonho: O Acampamento de Carnaval


Sonho: O Acampamento de Carnaval

Status: Indefinido

Término do Sonho: 2.47 da manhã, 26 de fevereiro.

Não tenho controle sobre sonhos...eles vem quando querem, e o último autorizado a contar foi o do dia 3 de fevereiro.

Se pudesse, esse eu não teria...primeiro, por que estava num acampamento de carnaval, coisa que não participo: até que gosto de saídas, desde de que durem apenas um dia, e não no carnaval.

“Retiro” em carnaval é isso mesmo, um retiro, uma saída, uma fuga, um escape, de tudo aquilo que rola na cidade, e o pior é quando dizem que o dito retiro é espiritual, onde a maioria das vezes, de espiritual nada tem- enfim, já escrevi sobre isso lá embaixo (veja o artigo Samba na TV: cristão pode ver?, mais abaixo).

Se pudesse, também descartaria esse sonho, pois faz parte de um contexto de Pib Copa, que pra mim, ficou no passado....foi muito frustrante o ano que passei ali, em vários sentidos...enfim, ficou pra trás, onde é o lugar dela, pra mim.

Só em sonho mesmo...eu estava no retiro, e era á noite, ali no Monte sinai.

A piscina era iluminada por pequenos abajures (eu sei, fica estranho, mas é o plural de abajur) que ficavam no contorno dela...até que ficava bonito.

Devia ser por volta de 20h, e ia saindo da piscina,quando quase dou uma cabeçada na Pri, que estava na borda da mesma, e não vi.

Intuitivamente, faço um carinho na cabeça dela, passando a mão no cabelo...esse gesto a surpreendeu, e na verdade, a mim também:

- Por que vc fez isso?, disse ela sorrindo, com aquele sotaque gostoso do interior paulista, já misturado ao nosso sotaque: ela tem uma vozinha adorável, falando ou cantando.

Ela tava muito bonita (alías, ela está bem mais bonita hoje), e o clima fez com que quase eu desse um beijo – também meio intuitivo, acredite, sem malícia, difícil explicar.

Ela me conta muita coisa, que não consigo me lembrar, sempre daquele jeito que faz com que os outros perto dela, se sintam confortáveis, homem ou mulher: ela é gente finíssima.

De biquini branco, a única coisa que ouvi ela falar foi que a Toddynho e a Naomi iriam fazer uma “engrenagem “pra entrar em contato, pois sempre me acompanham pelo blog .

Lado a lado, e ela sempre com um sorriso, terminamos a conversa, pois iria haver reunião no salão, um culto.

Quando caminhava em direção ao mesmo, dessa vez foi Lalá quem apareceu:

Super-morena (quase jambo), num biquini preto (bem sexy, diga-se de passagem), mas ela também estava diferente: tava mais bonita.

Conversamos indo para o salão, e durante o percurso, via o corredor por onde o pastor iria passar até chegar ao mesmo, e acelero o passo, antes, que ele mesmo aparecesse...

Mas na verdade, em nenhum momento eu vi qualquer pastor- via as pessoas, várias delas, mas não os rostos, e tava escuro.

Nos sentamos atrás (engraçado é que as cadeiras eram em forma das carteiras escolares antigas, com mesa na frente- quem estudou em Instituto de Educação, Fundação Osório, Pedro II, sabe como é) e conversamos a beça, antes do culto, na última fileira.

Termina o sonho, e cubinho-relógio marca 2.47 da matina...deu mó preguiça de pegar o caderno de sonhos, mas se não o fizesse, iria esquecer tudo.

Quanto aos significados...bem, em sonhos a captação espiritual aumenta absurdamente, e nesse, em particular, não queria estar lá (tem uns que eu gosto de estar) mas mesmo assim, tudo fluiu bem, apesar de meu desejo humano de não estar.

Uma coisa que o 'Chefe' me ensinou, é que quando vc vai ficando “bonito por dentro”, isso se reflete do lado de fora: quando vc gosta mais de vc mesmo, quando está feliz consigo mesmo, de bem com a vida, vc vai ficando mais bonito por fora, também.

Isso estava acontecendo com a Pri, e se refletia no seu exterior: ela,que sempre teve a característica de ser agradável, parecia estar muito mais “atraente”.

Por isso fiz um carinho nela, e deu vontade de dar um beijo:a minha manifestação física, foi devido ao reconhecimento do estado que ela estava, consegui captar isso, e quis manifestar em atitude humana – num tinha um pingo de malícia.

Com Lalá, a mesma coisa- parecia outra Lalá, bem mais bonita e charmosa, demorei frações de segundo para reconhecê-la...apesar da sensualidade do (minúsculo) biquini preto (sim, ela também se sentia mais sensual) não havia, de minha parte, malícia nenhuma, mas isso saltava aos olhos.

O ambiente mais escuro, com luzes fracas...e a ausência de qualquer Pastor, que deveria ter aparecido no salão, também tem significado, mas prefiro não comentar.

Devo dar uma pista em Kunlun, sexta-feira, nas entrelinhas.

As carteiras, em lugar das tradicionais cadeiras, também tem um significado:

Onde nos reunímos para aprender das coisas do 'Chefe', qualquer local que seja, um templo, uma casa, uma barraca, ao ar livre, se torna um local de aprendizagem.

Culto, em essência, é onde nos reunimos para aprendermos da palavra e ensinamentos dele.

Sim, prestamos culto, adoramos, etc...mas precisamos aprender.

Por isso, sou totalmente contrário áquele “enchimento de lingüiça” com uma hora de canticos – isso é de grei onde os líderes não tem mais nada a dizer- fuja delas.

Certa vez, fui num culto que se iniciou ás 10 horas da manhã, e até dez e meia rolou avisos,canticos, apresentação de visitantes, etc.

E de dez e meia, até meio-dia, um ensino como poucas vezes vi na vida...deu meio dia, ninguém arredou o pé- uma hora e meia de mensagem, como nunca ouvi.

Assim que deveria ser-desde que haja conteúdo.

Como disse, as meninas acima estão mais bonitas por dentro, e se refletiu no exterior delas, no sonho, bem como se reflete na vida real.

Veja a maneira como Deus vê vc.

Leia os evangelhos, veja com Jesus vê a vida:

Duvido que vc permaneça do jeito que está- sempre vai ficar “mais bonito”.

Ao ler os evangelhos, vc percebe que o mundo que a gente vive sempre tenta manter-nos em negatividade, astral lá embaixo, depressão, tristeza.

Sua dor vai passando, sua maneira de encarar a vida, as perdas, as dores,etc, também.

Leia os evangelhos, veja como Jesus te “lê”- vc vai se surpreender.

Num tem crise mundial que resista as palavras dele...alías, em qualquer crise, Ele sempre está com vc.
Leia coisas boas e saudáveis...

Como esse blog!

Lee, cujos sonhos não consigo controlar,mas que sempre tem um objetivo.

Á Noite- o Centenário de Carmem Miranda, e o que lições que podemos tirar da vida dela, que se foi cedo demais.