segunda-feira, 2 de março de 2009

Abusos Sexuais Profissionais e Cantadas Covardes



Roger Abdelmassih, médico especialista em fertilidade, " idealizador" dos filhos gêmeos de Pelé, e dos filhos do Gugu Liberato, está sendo acusado por pelo menos oito mulheres de abuso sexual.

Ele teria, inclusive, praticado alguns desses abusos enquanto as pacientes, todas entre 30 e 40 anos, estavam sedadas.

Convocado pelo MP de São Paulo a depor, ele faltou por duas vezes...se ficar comprovado alguma acusação, ele pode pegar de seis a dez anos de cana.

Segundo o Conselho de medicina de São Paulo, que fez um perfil dos abusadores, 20% dos ginecologistas são responsáveis pelas denúncias, que passa por várias especialidades, decrescendo até chegar aos psiquiatras, com 5,5% das denúncias.

Todos são homens, entre 40 e 60 anos, e casados.

Geralmente isso acontece mais em clínica particular, onde eles ficam sozinhos...em hospitais públicos, geralmente tem um assistente, o que dificulta mais essa prática nociva.

Profissionais de várias áreas, ao longo dos anos, tem se aproveitado da fragilidade das pessoas, para se aproveitar delas, ou sexualmente, como no caso acima, ou em cantadas covardes, se aproveitando da situação:

Essa cantada é covarde, pois jamais aconteceria em outro contexto...ela se aproveita de uma fragilidade da pessoa, exposta no momento.

Assim, médicos , enfermeiros, fisioterapeutas, professores de educação física, etc, são mais sujeitos a abusarem fisicamente;

Psicólogos, psiquiatras, psicanalistas, pastores, terapeutas ocupacionais, professores, são mais sujeitos as cantadas covardes, em primeiro lugar.

Estive em algumas situações, no primeiro caso, em que experimentei como é ficar a mercê de situações embaraçosas.

Quando fiquei internado, 3 anos atrás, em 24 hs aconteceram duas situações:

Primeiro, a enfermeira queria me dar banho “ de gato” em cima da cama, e não era obrigatório...perguntei como era e ela disse que passaria a esponja “ nas partes íntimas”, inclusive.

Eu disse que não, e ela insistiu...e ela não era de “se jogar fora”.

Ora, se quisesse algo com ela, não seria numa cama de hospital!

Esse é o tipo da cantada covarde:
A pessoa se aproveita da posição que ocupa, para fazê-la.

Se eu estivesse bebendo minha Coca na padaria da esquina onde ela também tomasse o café da manhã dela, na saída do plantão, ela pediria pra “me dar um banho de gato”?

Claro que não...e depois, ela ainda ficou me olhando ao me vestir, dando um jeito de se aproximar.
Mas o pior veio depois:

Já no quarto, um enfermeiro gay tomava meu pulso, encostava o estetoscópio em meu tórax, mais com a mão do que com o aparelho em si...

Se ele fosse descer um pouco mais, ia levar um chute na cara!

Médicos ginecologistas homem, para mulher, e urologistas gays, para os homens, tem que se tomar muito cuidado...tome cuidado também:

Com professores de educação física com mão boba;

Professores que gostam de ficar sozinhos com adolescentes, seja homem, ou mulher (inclusive em igrejas- tem muito professor gay ou tarado em escolas bíblicas (cheio de mãos, e quando cisma com alguém já era- consigo identificá-los rapidamente);

Pastores que se aproveitam de aconselhamento para dar a “idéia covarde”...num tem ninguém vendo...só ele dá atenção...a maioria dos “casos de pastores”, nasce ali dentro de um gabinete.

Psicólogos...ainda hoje, tem mais psicólogo doente do que o próprio paciente:

Muitos vão para a faculdade para se conhecer, achando que a psicologia irá “salvá-los”...

Não só “não salva”, como daqui a pouco eles tem habilitação para clinicar.

Lembre-se: mesmo os mestres de renome, como Jung (psiquiatra) e Freud (psicanalista), se “ apaixonaram”- homem é homem, ninguém é imune a isso.

Jung se apaixonou por uma paciente; Freud, por uma “vedete”.

Conheço um pastor- psicólogo que se utiliza do consultório apenas para o “abate” de mulheres – o divã serve de “cama de motel.”

No domingo, ele prega “séries de mensagens “ por aí – e nego tem “alto conceito” dele (já disse que boa parte das igrejas vivem do culto a imagem das pessoas).

Quando estourar, vcs vão saber, por que vai estourar uma hora- é questão de tempo.

Tenha muito cuidado quando for precisar de um profissional nessas áreas citadas:

O cuidado com toques de cunho sexual;

O cuidado com cantadas covardes, em momentos que vc está fragilizado.

Sim, tem aquelas pessoas que querem, e até buscam isso, seja por carência, seja por fantasia:

Mas me refiro aqueles que deveriam ajudar a solucionar um problema, e na verdade, se aproveitam de uma situação...

Fuja deles.

Lee, que já vivenciou esse tipo de problema na pele, mas que também já ajudou várias pessoas “carentes emocionais” sem se aproveitar do estado delas - inclusive mulheres atraentes...isso não é hora de “dar idéia” em ninguém.

Amanhã: Mulheres que amam demais.