domingo, 1 de março de 2009

Rio 444


Hoje é o niver do Rio de Janeiro.Poucas cidades no mundo tem o charme e a beleza que tem essa cidade, ainda que a mesma não tenha o desenvolvimento das que estão lá fora.

O Rio tem um clima diferente...na canção que o saudoso Barry White fez sobre o Rio, ele diz que adorava isso aqui por causa da alegria, do sol, e das pessoas (I love de funny, the sun, and the people).

Ande no calçadão de Copacabana e vc vai entender o que ele sentiu- apenas isso.

Os turistas se transformam quando aqui chegam...

De japoneses, indianos, italianos, americanos e alemães que vi essa semana na praia em Copa, o semblante deles muda:

Só de ver o mar, caminhar na areia, de pegar sol em suas peles brancas e tomar água de côco.

E nem estou falando no ano novo em Copa, um espetáculo...

Poucas cidades são tão democráticas quanto o Rio:

A praia está ao alcance de todos, não precisando pagar como acontece em algumas cidades lá fora;

Mesmo quem mora na periferia, chega em Copa em 40 minutos, de metrô, sem falar na Barra;

O samba, tanto em blocos, quanto na Sapucaí, é de ricos e de pobres;

O Maracanã é bem centralizado (estou há 20 min a pé dele), com acesso de trem e de metrô:

Logo mais estarei vendo o meu Fogão ao vivo, ás 16 horas!

Farta condução para qualquer ponto da cidade (a maioria de ônibus);

Shoppings, bancos, restaurantes de vários tipos, em tudo o que é lugar.

Sim, temos problemas como em todas as partes do mundo...Muito se fala em violência, é verdade...
Mas tem lugares do mundo que hoje vivem a sombra de atentados:

Nova York, Paris, Sidney, e toda turma que apoiou os States na invasão contra o Iraque.

Na boa, o Rio é muito gostoso:

Quando estava numa grei em Copacabana, ia até a praia tomar banho de mar antes de começar o culto!
Já chegava com a alma lavada...rsss!

E hoje pela tarde, menos de 3 horas após sair de um culto, estarei no Maracanã!

São poucas as cidades que permitem um deslocamento assim tão rápido.

São poucas as cidades que tem um monte de lugar bom pra gente ir.

São poucas as cidades com tamanho charme e beleza, e com gente tão alegre.

Peça-nos uma informação, e nós quase levamos vc no lugar:

Já foi comprovado no Fantástico, somos nós quem damos a melhor informação.

Parabéns, Rio, eu gosto muito de vc...

E “Chefe”, obrigado por ser carioca!

Lee, carioca da gema, nascido no Hospital Naval da Tijuca, que rodou o mundo quando criança, morando fora, etc, e pode afirmar: Não tem lugar como esse.

(Na Sessão Revival, a volta de Barry White com seu Rio de Janeiro,veja em vídeos)