domingo, 29 de março de 2009

Você se Acostumou a Ficar no Tanque?


" Depois disto havia uma festa entre os judeus, e Jesus subiu a Jerusalém.

Ora, em Jerusalém há, próximo à porta das ovelhas, um tanque, chamado em hebreu Betesda, o qual tem cinco alpendres.

Nestes jazia grande multidão de enfermos, cegos, mancos e ressicados, esperando o movimento da água.

Porquanto um anjo descia em certo tempo ao tanque, e agitava a água; e o primeiro que ali descia, depois do movimento da água, sarava de qualquer enfermidade que tivesse.

E estava ali um homem que, havia trinta e oito anos, se achava enfermo.

E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe:

Queres ficar são?

O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me ponha no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim.

Jesus disse-lhe: Levanta-te, toma o teu leito, e anda."

(Evangelho de João, capítulo 5, 1 a 8)


Muita gente ao longo do tempo, se acostumou a ficar no tanque.

Se acostumar a ficar olhando as coisas em volta do tanque, é aquela pessoa que passa a vida inteira na igreja, tal como aquele paralítico (38 anos), mas permanece a mesma coisa:

Permanece doente.

Permance sem esperança.

Ele começa a ficar com inveja dos que são curados, daqueles que foram agraciados com milagres.

Ele também começa a se justificar por não recebê-los:

"Ora, sou paralítico, e quando me arrasto até lá, nego já mergulhou no tanque e ficou curado".

Ele está perfeitamente "justificado", não está? não era isso que acontecia?

Existem milhares de pessoas paralíticas, enfermas espiritualmente hoje nas igrejas:

Elas pararam no tempo...são muito conhecidas no lugar, tal como aquele paralítico;

Elas se acostumaram a ver milagres...quantas vezes aquele paralítico num soube que um anjo acabara de balançar as águas daquele tanque?

Elas também se acostumaram com o cotidiano daquele lugar...aquele paralítico sabia onde se sentavam as outras pessoas, qual era o lugar favorito delas...

As outras pessoas davam um tchauzinho pra ele- figurinha fácil dali, já popular.

Vc entende o por que da pergunta de Jesus?

O "Queres ficar são?" parecia, além de uma pergunta idiota, também insensível.

Caramba, 38 anos na frente do tanque e ainda pergunta se quer ficar curado??

Só que a pergunta de Jesus, vale a mesma coisa para esses dias.

Muitas vezes, nos acostumamos ao cotidiano da igreja;

Nos acostumamos ao script do culto ( um anjo vai aparecer em certo tempo pra balançar a água);

Nos acostumamos com as pessoas ( 38 anos aqui, conheço todo mundo);

Nos acostumamos a ver milagres (só que quando eu vou pegar o meu, chegam na minha frente).

O resultado, é que, com esses "acostumos", corremos o risco de perder a fé!

E quando nego perde a fé e continua dentro da grei, vira cínico- tem desculpa pra tudo.

Jesus resgatou a fé do paralítico com uma pergunta simples.

E passados 38 anos, ele nem precisou mergulhar no tanque: foi curado.

Nunca se acostume com o tanque.

O milagre não veio do tanque, do sistema.

Tenha fé Nele.

Pois o milagre, sempre vem Dele.

Simples assim.

Lee, que já viu tanta coisa rolando no tanque...coisas do arco da velha...mas que prefere não se acostumar a ele...o tanque, por ele mesmo, não é nada, ainda que anjos venham balançar o lugar eventualmente.