domingo, 31 de maio de 2009

Manhã na Catedral



Voltar a Catedral nesse domingo de manhã, pra ouvir a mensagem do Caio, sempre faz bem.

Num sou muito chegado a estéticas de igrejas antigas, tradicionais,mas o clima ali é tão bom, que nem ligo pra isso...pra quem gosta, é um prato feito.

Mas o melhor, é que o clima lá dentro, é bom, não é pesado, como vejo em algumas greis muito tradicionais (e eu sinto essas e outras sensações de peso, ás vezes).

Tudo por que o Reverendo Guilhermino, pastor principal da igreja, é um cara light, não é pesado, mercenário, ou que gosta de ferrar os outros: é um pastor, na acepção plena da palavra, muito bem humorado e carinhoso.

Sei disso há algum tempo,não só por percebê-lo , quando vou lá, mas por gente amiga que já participou de caravanas com ele, que conviveu durante dias- e na convivência, num se esconde nada.

Conversando com uma membra de lá, ela me disse que mora em Caxias, e assiste por lá toda manhã de domingo- sinal que deve ser bom mesmo, é muita coragem, pois tem muita grei em Caxias.

Dessa vez, consegui um lugarzinho melhor: no último banco....melhor que galeria:

I hate galerias.

Caio falou por pouco mais de uma hora, mas vc não sente...o povo anda realmente sedento, e deu pra perceber muita gente de fora, eu inclusive.

Tirei fotos, mas quando cheguei na lan para postá-las, a net caiu.

Fui em outras duas,não tem leitor de cartão...o meu cabo usb não funciona aqui em casa, não consigo enviar fotos por nenhuma das duas máquinas, algo de configuração.

Assim, tenho que esperar até amanhã para postar as fotos no álbum “grei moments”.

Eu num sabia que a catedral agora tb tá com link...só agora de manhã, pela presença do Caio, 2.184 computadores estavam conectados no culto...

Não fui agora na minha grei á noite...vi da net, e inda bem que num fui:

Num sou muito chegado a música clássica, e hoje tinha uma orquestra lá...acho “cansativo”, meio sacal, mesmo...e acabou cedo, 20.30h, ainda bem.
Lee, excepcionalmente no domingo...fotos desse domingo de manhã, só amanhã.