segunda-feira, 4 de maio de 2009

Por que passamos por desertos em nossa vida?


Por quê passamos por desertos em nossa vida?

Dia desses, eu tava pensando nisso...volta e meia, a gente tá atravessando um deserto na vida.

Vc pode atravessar um deserto independente da idade...pode ser criança, teen, adulto, ou bem mais velho...dificilmente alguém leva uma vida boa, todo o tempo.

Tenho atravessado desertos em que penso que vou desistir.

Pra piorar, experimentei um lado de benesses que só tornou as coisas mais difíceis:

Até os 10 anos de idade, quando morei fora, viajar de avião ou de carro para outros países era comum pra mim...

Eu tinha motorista particular, andava de Mercedes de chofer, e chofer oficial, de carro de embaixada...o Jimmy era o motorista.

Estudei em escola americana, com filhos de diplomatas e empresários de multinacional.

Fui a recepções no Hilton Hotel, do pai da Paris Hilton...era uma frescura só.

Mas quando meu pai se foi,acabou todo o luxo e mordomia...voltamos a “realidade”.

Por isso entendo um pouquinho...só um pouquinho...do que Moisés sentiu ao fugir do Egito, se recusando ser chamado “filho da filha de Faraó”.

Se o Dudu Nobre tivesse conhecido Moisés nessa época, citaria ele na propaganda da campanha “por uma vida sem frescuras”, daquela cervejaria.

Moisés passou 40 anos no deserto...aprendeu mais sobre a vida ali, do que com as mordomias que tinha no Palácio do Egito.

Você aprende mais sobre a vida, quando passa pelo deserto, não em festas, passeios,diversões, baladas, ou sacanagens afins da vida.

Não foi por acaso que o Chefe permitiu também que Israel passasse 40 anos antes de chegar até a terra prometida...muitos não chegaram a vê-la.

Não foi por acaso que antes de começar seu ministério, Jesus teve que passar no deserto, para ser provado, por 40 dias.

A gente pensa em deserto, e acha que só era difícil por que antigamente não havia recursos tecnológicos...

Só pra lembrar: o Rali Paris-Dacar, disputado todos os anos com carros que dispõem de alta tecnologia, 90% das mortes nessa competição foram no deserto...

A Mauritânia deve sumir do mapa nos próximos anos, pois o Saara, a cada ano que passa, vai engolindo aquele país...ele vai deixar de existir.

Não existe nada que possamos fazer contra o deserto...a não ser arrumar um bom cantil com água....e um bom camelo,que aguenta quase um mês sem água.

Pense nisso: Deus mandou o própio filho pra que este sentisse na pele o que era deserto.

Não creia na Disneyworld de vida que os pregadores da prosperidade, para ludibriar o povo, enchendo suas igrejas a custas de barganhas com Deus (trocando dinheiro por benção, por exemplo) pregam por aí.

Deserto físico é isso gente:

Insuportável de quente no dia, frio pacas á noite, sozinho, sede,tempestade de areia, num sabe quando vai acabar, escorpião, beduínos salteadores, fome,etc.

Deserto da vida é isso:

Abandono, doenças “injustas”, luta pelo pão de cada dia, injustiças, perseguições, decepções, frustrações, e por aí vai.

Mas estar no deserto,significa que vc está em treinamento;

Significa que Ele está com vc;

Significa que vc vai aprender, na própia carne, o que é de fato a vida;

Significa que Ele quer que vc dependa não de homens, mas Dele;

Significa que vc, chegando ao final do deserto,vai ser uma pessoa muito melhor do que antes:

Vc vai ter mais discernimento das coisas...vai saber o que é ou não importante;

Vai aprender a não ter pressa...de que adianta pressa no deserto?

Vai aprender que poucas coisas são necessárias pra vc viver...pois um cantil e um camelo, foi o suficiente pra vc chegar ao fim.

Nenhum deserto é igual ao outro...nas fases da sua vida, não adianta levar um mapa:

Os caminhos são diferentes...sim, eles tem muita coisa em comum, mas cada um com sua peculiaridade, com seu jeito próprio...

Nem bússula funciona...na primeira tempestade de areia, vc não vai olhar pra ela.

Faça Dele sua bússula...no deserto, não tem outro jeito.

Concluindo digo a vc :

1- Vc vai atravessar desertos, queira ou não...na maioria das vezes, sozinho.

2- O deserto tem fim, ele tem final...sem desespero.

3- Cabe a vc definir como vai atravessá-lo...se vai desistir e ficar no meio do caminho, ou vai perseverar até o final. ..ter pena de si mesmo, não vale de nada num deserto.

4- Vc será outro depois de passar por ele..

Lee, num camelo,com cantil de couro e um cajado na mão.

Falando em deserto, Sessão Revival foi conferir Shazam no vale dos gigantes: