sexta-feira, 12 de junho de 2009

Amores Incertos


Sonho: Amores Incertos

Objetivo: mostrar que a pressa nessa área, pode fazer a pessoa “se acidentar”.

Término do sonho: 5.30h da manhã de 12 de junho, dia dos namorados no Brasil (nos EUA é 14 de fevereiro)

Eu ia postar um sonho que tive 10 dias atrás, mas já que esse “acabou de sair do forno” e tem a ver com o dia de hoje, vamos a ele...

Eu corria pela estrada de terra da floresta da Tijuca (foto acima) no meu ritmo, trotando bem devagar.

Dali, eu podia ver a pista de asfalto onde passam os carros.

Enquanto eu subia a estrada de terra, uma galera subia num Uno Mille lotado:

O motorista, e o restante só mulher, cinco pessoas ao todo.

Na subida, o mané do motorista ria debochando de mim, pois eu estava “a pé e sozinho".

As garotas, riam também, e tocavam mó zona no carro.

Claro, o carro alcançava a subida antes de mim, que só queria me exercitar.

Havia uma morena ao lado do motorista.

Assim que cheguei ao topo, faço a volta, e começo a descida.

Dessa vez, o carro emparelha, do asfalto, em minha direção, eu na estrada de terra.

Dali, agora uma loira na carona ao lado do motorista, ri debochando de mim, acompanhado de risada geral vinda do carro.

Eu não ouvia nada, mas “sentia” eles dizendo: Assim ele nunca vai chegar.

O carro acelerou, e eu via eles na minha frente, eu num plano mais alto da estrada de terra...dava pra ver todo o percurso deles.

Vi o carro fazendo uma curva...e depois acelerando... o clima era de “falsa alegria”.

E eu correndo, já um pouco mais acelerado, pois era descida...

Quando o carro estava quase chegando no final da estrada, há uns dez metros apenas do fim, ele derrapou:

O mané perdeu o controle, e o carro capotou duas vezes, parando de cabeça pra baixo.

Eu via o cara e as garotas, saindo pelos vidros, todos atordoados, se arrastando, e machucados.

Enquanto as garotas ainda estavam no chão, tentando descobrir o que tinha acontecido, o mané se posiciona na frente delas, e diz:

"Não se esqueçam, hoje á noite vou dar um seminário, e o tema vai ser":

Amores incertos.

Nesse momento eu estava quase chegando, e de minha estrada de terra, que ficava num plano superior ao do asfalto,“captava” a sensação do cara tentando controlar uma situação da qual não tinha mais controle ( minha captação espiritual abre nesses sonhos, percebendo a real intenção da pessoa, o que está sentindo, etc).

Nesse momento, a minha estrada de terra converge para a estrada que eles estavam, há cerca de dez metros do fim da estrada de asfalto...

Eu passo correndo, e olho pra eles, que ainda atordoados, mal me percebem.

É quando escuto uma voz, quando termina a estrada, me dizendo: Comemore!!

Reúno o resto de energia que ainda tinha, e como se estivesse cruzando uma linha de chegada, dou um pulo com o punho no ar, como se tivesse feito um gol:

Aeeeee!!

Imediatamente, todo o grupo,as garotas, o cara, olharam pra mim e se deram conta de que eu havia chegado na frente deles, correndo no meu ritmo.

Eles, que emparelharam o carro várias vezes pra “tirar onda”, estavam com o carro de cabeça pra baixo, todo mundo atordoado, algumas delas machucadas.

E eu captei toda a sensação do mané, situado a frente delas, tal qual um professor em sala de aula:

Tava morrendo de raiva de mim, e com inveja por ter “chegado na frente dele”.

Interpretation:

Acordei, e pelo relógio do celular, marcava 5.30h da matina, um frio do caramba.

Eu não anotei o sonho,mas assim que tomava café, além de lembrar dos detalhes, o "Chefe" me deu a interpretação, dizendo que era para postar especialmente pelo dia de hoje.

Aí sim, fui anotando cada simbolismo que vinha.

O sonho tem a ver com o campo sentimental das pessoas:

O campo sentimental também é uma estrada, que faz parte da "estrada da vida".

Muita gente não dá a devida importância para essa estrada, e acaba se machucando.

Eu correndo sozinho pela estrada de terra, num plano mais alto-significado:

O plano mais alto, era a estrada Dele, de terra, natural, e eu percorria por estar na vontade Dele.

Corria sozinho, pois estou sozinho, sem namorada – e não havia a menor preocupação quanto a isto- sem estar triste, ansioso, deprimido, chateado, com raiva, nada.

Simplesmente corria o meu campo sentimental sozinho, pois ainda era hora de estar só, sabendo que Ele proveria naturalmente, na hora certa, alguém.

O caminho não era fácil... quando o mané do carro disparava com as peruas, eu me concentrava na estrada de terra, e várias vezes tive que me desviar de obstáculos:

Tirava fino de várias árvores, desviando delas,saltava sobre troncos (como o da foto),etc.

Já tive que me desviar de muita mulher- mala que quis grudar, totalmente inadequadas pra mim, e de outras armadilhas, tal como o tronco, que se tropeçar correndo, machuca feio...

Mas o caminho da vontade Dele, aparentemente menos confortável, é o mais seguro.

A galera no carro, e a estrada de asfalto:

A estrada de asfalto, “segura”, é o “pensamento conforme o mundo”.

Os caras chegaram na minha frente na subida, e estavam quase chegando, na volta...

Mas aí, do nada, o carro capotou, pois a confiança do mané era no carro, e na estrada que parecia ser melhor do que a minha.

A galera no carro, são as pessoas que se relacionam, buscando alguém de qualquer jeito.

Aquele cara, na verdade, tinha 3 outras garotas por fora ( além da oficial),mas de alguma forma, convencia todas a saírem juntas com ele, pra uma orgia.

Tudo acabou de maneira acidental, com todos atordoados,algumas bem machucadas.

Conclusão:

Se vc chegou a esse que é o dia dos namorados, triste por ainda “não ter algúem”, saiba que tudo tem o seu tempo determinado debaixo do Céu (Eclesiastes 3.1)

As meninas, de maneira geral, sentem um pouco mais nessa data, quase tão comercial quanto o Natal e dia das mães.

Muitas, querem arrumar alguém pra passar o dia juntos, e nisso acabam levando gato por lebre:

É quando se machucam, ficam atordoadas, se decepcionam, tempos depois.

Não fique triste pela desilusão:
Significa que vc vivia em ilusão, oras! Vai chorar por ter vivido em ilusão??

Pior são as casadas, que já sabem que foram iludidas, mas aí o caminho é bem mais difícil, com filhos, reação das pessoas, grana, etc.

O mesmo vale pros rapazes, que, desesperadamente, tentam arrumar alguém.

Deixem as coisas fluírem naturalmente, e não se esqueçam que só tem 1 dia dos namorados, e 364 dias “além dele”.

Ah, e pra vc, pegador -profissional...eu cheguei na sua frente...rsss...

Saiba que, além de de ferir o coração de muitas meninas que só vão perceber quem vc é mais tarde, no fundo vc é um sozinho, e um infeliz.

Sim, tem as vagabas, que vivem de cama em cama, tão infelizes quanto vc;

Mas quando acordar um dia, vc pode perceber que é tarde demais...

Recomendo pra vc o filme “Minhas Adoráveis Ex-namoradas”, que vi ontem,muito bom...
Veja o que acontece com os pegadores, no final, se não se arrependerem:

Tio Wayne (Michael Douglas) vai te mostrar como terminam “os pegadores” na vida.

Veja urgentemente esse filme, ainda dá tempo de vc mudar de estrada:

A estrada de asfalto pode parecer segura, e o tipo de vida que vc leva, “divertido”;

Mas a estrada de terra, que parece irregular, fica num plano mais alto, e é muito mais segura.

Foi assim que cheguei na sua frente.

Lee, percorrendo a estrada de terra, sozinho -por enquanto- mas muito mais segura.

Na Sessão Revival:
Trailer de Minhas Adoráveis ex-namoradas:
E o flashback de KC and the Sunshine band: