domingo, 2 de agosto de 2009

Domingo em PIB Copa

PIB Copa por dentro

Quando a Fabi me convidou pra ir a Copa, eu já sabia que tinha que ir lá.

Levei as mãos ao rosto, e disse:” - essa não...ah não!”

Eu já tinha sido convidado antes, mas sempre recusava...mas sabia que o Chefe tava usando minha amiguinha pra dar um pulo lá novamente:

Podendo ir, jamais recusaria um convite da Fabi- Ele sabia que, dela, eu não recusaria.

Explico: saí muito magoado de lá, após um ano...os motivos, estão todos nos posts do ano passado, e por lá ficarão: no passado.

A ida de hoje, foi uma espécie de cura, um bálsamo, que precisava ter no própio local – e foi assim que me senti, leve, em paz, sem mágoa.

O Chefe sabe o que faz, e isso levou seis meses, não poderia ser antes, nem depois.

Engraçado é que, sentando no cantinho onde sempre sentava, uma senhora que sempre se sentava ao meu lado nos cultos, ano passado, se sentou novamente ao meu lado.

Falou meu nome, me deu um beijinho, conversamos um pouquinho.

No final, me desejou boa semana- e eu a ela- como sempre fazia:

Parecia que eu tinha estado ali nos domingos anteriores, ao lado dela, como sempre...parecia que o tempo tinha congelado.

O Chefe sabe o que faz.

Quem pregou foi um Professor da UFRJ, Engenheiro.

Outro dedo do Chefe:

Vi que não sou só eu “maluco”, pois ele também tem intimidade com Ele a ponto de ouví-lo (no meu caso, é mais em sonhos e impressões).

Ele foi confundido com um terrorista, e passou 13 meses em cana nos EUA, injustamente...contou as experiências na prisão, bem como as experiências no Irã, onde trabalhou.

Me fez muito bem ouví-lo...Alías, o casal da Renascer chegou ontem em Sampa, após 2 anos e meio de cana, mas dessa vez, justamente, pois eles sempre desviaram dinheiro...espero que tenham se convertido, na cadeia.

Também tive algumas impressões espirituais do local...Copa não é mais a mesma, mas já to falando demais, o resto guardo comigo.

Assim, minha ida a Copa foi mais um ato da graça de Deus, pra ficar sem mágoa...e fiquei feliz de ter ido...desconfio que não vai ficar só nessa ida.

Lee, curado in loco, de mágoas passadas.


Na Sessão Revival, me veja chegando em casa, vindo de Copa, ao som de “ The Lonely Man”: