terça-feira, 11 de agosto de 2009

O Cerco Começa a se Fechar aos Falsos profetas


Eu creio que está chegando um tempo em que, os falsos profetas, os mais escrachados, serão desmascarados: Creio que esse tempo está começando a chegar por aqui.

Nos EUA, já não existem mais aqueles tele-evangelistas famosos, pois a grande maioria, foi caindo em meio a ganâncias por dinheiro (Jim Baker e Morris Cerullo chegaram a ser presos) outros que foram desacreditados(Oral Roberts disse que se não doassem 1 milhão de dólares, Deus o mataria- o prazo se esgotou, e ele não morreu, que coisa) e de escândalos sexuais (Jimmy Swaggart, primo de Elvis Presley, famoso pregador televisivo nos anos 80, com prostitutas, enquanto metia o dedo na tela da tv acusando os "pecadores").

Sem falar no Ted Haggard, que malhava os gays, até ser pego com a boca na butija-literalmente.

Aqui no Brasil, fora as vaidades de comprarem carros de 200 mil com dinheiro do dízimo dos outros (se fosse do bolso deles, tudo bem) o principal problema é o desvio das entradas do dízimo (que deve ser dado em amor, não por chantagem, ameaça ou barganha com Deus).

O casal da Renascer, Estevam e Sonia, passou dois anos em cana nos EUA por causa disso, e chegando aqui, viram que suas contas estavam bloqueadas, e um mundo de processos que podem levá-los em cana a qualquer hora dessas.

Agora, finalmente após anos e anos de impunidade, Macedo e sua turma vão se haver com a justiça:

Dois anos de investigação meticulosa do MP de São Paulo, resultando em acusação formal contra o Edir Macedo e sua gangue, por lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Descobriram o que todo mundo já sabia: o desvio de dinheiro para obtenção do lucro pessoal(veja no vídeo, no final).

Se preparem, pois agora vão dizer que a Globo é satânica, etc, toda aquela ladainha da Universal, se dizendo perseguida.

É isso aí...espero que não parem só nesses, e que a vassoura continue varrendo esses mercadores da fé do espaço:

Malafaia e sua turma que se cuidem.


Lee, que nunca viu nos evangelhos Jesus e seus discípulos andando de carruagem, dormindo em palácios e pedindo dinheiro em praça pública, com "campanhas de fé".