sábado, 22 de agosto de 2009

O Treinamento/ Milagres na Madrugada





Sonho: O Treinamento/ Milagres na Madrugada

Objetivo: Estarmos treinando e sempre prontos para o combate; Para assim, estarmos aptos a sermos usados pelo Chefe- é quando milagres fluem.

Término do Sonho: O primeiro, ás 2.50h da manhã; o segundo, ás 7.02 da manhã de hoje.

O Treinamento

Eu estava numa daquelas típicas casas japonesas de madeira, e estava sendo treinado pelo meu primeiro mestre de Jiu-Jitsu- e no Japão.

Ele se sentava a minha frente, estávamos os dois sem camisa, só com a calça do kimono
(ele de branco, eu com o azul).

Fazíamos exercícios de alongamento para as pernas e flexão para os pulsos, a fim de nos dar mais flexibilidade.

A seguir, ele se levantou, deu uns cinco passos para trás, e tentou me surpreender:
Veio correndo e saltou, pra me dar um pisão na cara!

Eu me esquivei para o lado direito, e contra-ataquei com a famosa “pedalada” do Jiu-Jitsu, muito usada em MMAs( Vale- tudo), uma espécie de chute lateral, que serve para atacar ou proteger.

Resultado: acordei chutando a cadeira do lado da cama, pegando na ponta do dedão!

Após verificar se tinha machucado, fui ao banheiro, retornei e conferi o dedão novamente...estava tudo ok.

Essa noite promete”, pensei...e era só o começo.

Começam os Milagres

Quando voltei a sonhar, dessa vez estava caminhando dentro de uma casa, e via uma jovem senhora asiática, com seu filhinho lindinho no colo, não devia ter mais que oito meses.

O problema é que, ao deixar a criança solta, na passagem da cozinha para a sala havia um degrau alto...e o menino caiu:

Na queda, afundou a testa, e morreu na hora.

A mãe tomava a criança no colo, e chorava em desespero...mas o que me chamou a atenção é que, ao lado do afundamento da testa, havia um corte, e desse corte, de dentro dele, saía uma pequena serpente.

Percebi que era algo espiritual, e não pensei duas vezes: reprendi aquilo em Nome de Jesus, tomei a criança no colo, e imediatamente a testa se recompôs, desamassando:

A criança voltou a viver, e o passei ao colo da mãe, novamente.

A “campanha” de Milagres

A seguir, me via entrando numa grande igreja, que estava em “campanha de milagres”.

Eu via todos os homens de terno, e as mulheres de saia, parecia uma daquelas igrejas pentecostais das brabas: sentia um clima pesado, de legalismo muito forte (minha 'captação' abre absurdamente em sonhos), todos de joelhos e com a cara nos bancos.

A grei era grande, e quando ia chegando lá na frente(só eu andava no meio do povo), já na parte da frente, nos 3 primeiros bancos, eu só via homens com a cara no banco e com a sacola de recolher dízimos...fazia parte da “campanha”, claro.

Eles não estavam orando, estavam torcendo pra chegar a hora de pegar dinheiro- era o que eu captava.

Eu olhava para os lados, e não havia salas de estudo, classes de estudo bíblico, nada:

Senti que não havia estudos naquela grei...só aqueles “cultos”:

Pura pedição de dinheiro.

Chegava perto do altar, e ao lado dele, havia uma sala, que senti que era a do pastor, e fui até lá.

No escritório dele, estavam ele e a mulher dele.

Ele era negro, forte, e com cara de simpático, com terno marrom;

A mulher dele era branca, e transpirava legalismo, tinha cara carrancuda...e era mandona:

Sentia que ela não só mandava nele, mas mandava na igreja toda!

Ao lado no escritório, havia um aquário, e vi que um daqueles peixinhos laranja, havia morrido, e nem repararam...

Fui até o aquário, meti a mão nele e ele se mexia na minha mão- quando o colocava de volta na água, nadava todo alegre por ter voltado a viver...

Foi quando a mulher do pastor disse:

-isso não é possível!

Assim que ela disse isso, o peixinho morreu novamente.

A cena se repetiu por 3 vezes...eu pegava o peixinho na mão, e jogava-o de volta ao aquário, e ele revivia, nadando com alegria, até ela dizer que aquilo não era possível, e o peixinho morrer novamente!

P da vida ( P de peixinho), eu disse a ela:

Vocês fazem “campanha de milagres”, mas não crêem que Deus pode fazer ressuscitar um simples peixinho??

Eles ficaram constrangidos, e o pastor negão num sabia onde enfiar a cara...

E a mulher dele, com aquela cara de indignada...

Uma mulher que passava viu a cena, e trouxe um Cocker Spaniel novinho, de 3 meses, que acabara de morrer, que estava no colo dela, pedindo para que eu orasse.

No momento em que coloquei o cachorrinho no colo e orei, ele reviveu, e pulou correndo de felicidade, latindo de alegria!

O casal dirigente da igreja, não sabia o que fazer...ele perplexo, e ela, com raiva.

Acordei e olhei para o cel o´clock: 7.02 da manhã.

Interpretation:

O treinamento: pouco antes de dormir, orei de madruga...adoro orar de madruga,é mais calmo...agradeci por tudo, pedi por domingo (tocamos), etc...

O treinamento que veio a seguir representa o quanto devemos nos preparar para o combate espiritual, com um mestre, de fato...

Procure um pastor com conteúdo saudável da palavra, não legalista, que venha se importar com vc, e com um clima agradável:

Esse meu primeiro mestre de JJ, era tão querido que éramos 40 alunos na noite, e permanecemos juntos por mais de um ano, e aprendi muito...eu encarava caras com faixas superiores, dava trabalho...

Hoje, 12 anos depois,vez por outra treinamos juntos, e dessa vez dou trabalho é pra ele:

Mas nunca o venci....

O combate espiritual requer treinamento e capacitação.

As “campanhas de milagres”:

Era tudo “caô”, como diz a Cynthia...tudo kaôzada , enganação:

Eu sentia o “povo” crente, mas escravizado pelo fardo do legalismo (ternos e saias me deram esse indicativo- era proibido usar outro tipo de roupa ali...seria "impuro").

A liderança não era “crente”...os líderes estavam loucos para a “hora da sacolinha”, o pastor era um mané mandado pela mulher, que também mandava na grei.

Existem várias igrejas assim, mundo afora...

Eles foram envergonhados pelo poder do Chefe, que ao invés de fazer milagres com as pessoas da grei dele, resolveu fazer milagres com animais...por ver como estavam os corações dos homens.

Quanto ao bebê, foi um milagre Dele, ainda no Japão, com pessoas... eu tinha acabado de ser treinado, tinha uma fé simples, compassiva, mas corajosa Nele:

Bebês morrem e acidentes acontecem, mas quando vi a serpente saindo de dentro da testa do Japinha, não tive dúvida que era obra maligna, e como tava “nos trinques”, discerni logo.

Se você de fato, quer ver a ação divina em sua vida e comunidade, não fique de “campanha em campanha”, como fazem várias igrejas, cansando o povo, que na busca de um milagre, em desespero, acabam entrando nessa...

E muitos são extorquidos pelos lobos, que se aproveitam do desespero das ovelhas, e tomam até o dinheiro da passagem, como aconteceu com o zelador do meu prédio.

Busque a Deus, procure alguém que possa te ensinar, nem que seja via internet, se vc estiver longe...os bons e verdadeiros estão cada vez mais raros, hoje em dia.

Lee, cansado após treinamento e missão – e amanhã ainda cantamos!

Na Sessão Revival, o treinamento de Daniel san: