sábado, 26 de setembro de 2009

Quer ser bem tratado? Trate bem os animais

Pituca levou 4 tiros: Maldade
Chubby (fofinho, em inglês)

Fiquei indignado quando vi a reportagem do jornal Hoje, quando almoçava na rua.

Dois agentes penintenciários desmiolados de Santa Catarina, não tendo o que fazer, fizeram uma cafagestagem das brabas:
"Brincaram"de campeonato de tiro em Pituca, essa simpática cadelinha da foto acima.

Pituca levou quatro tiros no abdômen, mas foi operada e passa bem.

Ano passado, quatro soldados americanos no Iraque, pegaram um filhote de vira-lata, que parecia um labradorzinho, mostraram pra camera do celular, e o jogaram longe, arremessando-o com a mão (estilo lançamento de bola de futebol americano):

O bichinho caiu machucado, e saiu correndo...
Outro soldado estúpido atirou e matou um cachorro de um iraquiano, numa "blitz".
Em todos os casos, prometeram rigor na apuração.


No livro de Provérbios, existe um princípio divino para com os animais, nesse sentido:
O justo tem consideração pela vida dos seus animais, mas as afeições dos ímpios são cruéis.” (Provérbios 12.10)

Coração de gente ruim, sem o menor temor de Deus, não tem consideração por gente, e muito menos por animais.

Essa turma de agente penintenciários, tem mania de brincar de tiro ao alvo em serviço.

Diferente dos Pms, que estão nas ruas e precisam ficar atentos a própia vida, inclusive nos finais de semana, a maioria dos finais de semana dos agentes penitenciários é monótona na cadeia:

Depois do dia da visita (dependendo do presídio, no sábado, ou domingo) vira uma farra...
Eu que convivi com eles ao longo de muito tempo, vi desde torneios de baralho, churrascos em que ficavam bêbados, e aí começava toda a doidera:

Atiravam em laranjas e melancias, faziam torneios de acertar latinhas de cerveja, atiravam a esmo em determinadas direções...

Eu vi um colega balear outro sem querer na perna!

E certa vez, num domingo, estavam quase todos de um plantão bêbados, cheirando a cerveja, que numa “blitz” de surpresa, pediram pra eu e outro rapaz do plantão que não bebia, para receber o diretor do órgão que eles trabalhavam, pra não serem descobertos pelo "cheiro".

Estou dizendo isso, pois atiraram na Pituca num plantão de domingo.

Nesse presídio, tinham cães vira latas lá dentro, e eles só não maltratavam os cachorros, pois tinha um agente maluquinho (o mesmo que acertara um tiro em outro colega) que tinha mais de 30 cachorros em casa:

Quando este viu um colega dele maltratando um vira lata , esculachou o cara, e ameaçou dar um tiro nele:

Nunca mais ninguém pensou em fazer maldade com nenhum cão lá dentro.

Alías, esse agente levava comida do refeitório, depois do almoço e janta, para mais de dez cães que moravam na cadeia...

Quando ele tirava serviço do lado externo (sem ser nas galerias), uns cinco cachorros ficavam ao lado dele, sempre, até quando ele saísse do posto:
Quem se aproximasse dele, os cães latiam, avisando...ele podia cochilar á vontade.

Cachorro sabe quem gosta deles e quem não gosta.

Vc quer ser bem tratado? Trate bem os animais:

Ele sente dor e gosta de carinho, como vc.

Lee, com Chubby em casa, que me espera e não vai dormir até que eu chegue.
Domingo não escrevo: estarei ocupado tocando ás 11h e 19h (de Brasília) na grei, ao vivo no site:
http://www.itacuruca.org.br/ ( tecle culto ao vivo- áudio)
Sessão Revival Pet de hoje mostra o vídeo com a Pituca:
A estupidez do soldado americano, reprovado até pelos colegas:
Em compensação, o Van Halen "não consegue deixar de amar " gente e animais: