sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Decadência


Ele é visto mais em rodas de pagode, no banco de reservas,ou até mesmo na arquibancada do Milan, quando não é sequer relacionado pro jogo:

Ronaldinho Gaúcho entrou em franca decadência há muito tempo.

O gosto pela noite, e outro fator acentuou sua queda:

Além da vida boêmia, incompatível com qualquer atleta, um dos fatores que causaram sua decadência evidente foi o orgulho.

Antes da farra que foi a preparação para a copa de 2006, ele, na época que ainda jogava, fez um gol contra o Chelsea, e saiu correndo batendo no peito e dizendo:

- Eu sou Foda!!

Eu me lembro bem daquele exato instante...ali pensei: Essa não... já vi esse filme antes.

Na Copa, foi bisonho, até pisar na bola dentro da área, pisou...mas a pisada dele na bola começou naquele dia contra o Chelsea:

Foi a partir dali que começou a decadência daquele que, um dia, fez jogadas de “pelada” em pleno campo profissional.

Ele foi um dos poucos jogadores brasileiros que depois de Pelé, ficou conhecido no mundo todo.

O orgulho sempre precede a ruína: é um dos componentes para a decadência.

Nabucodonozor, Nero, Alexandre, e outros governantes poderosos na história, quando se sentiram fodões, perderam o reino.

Mas mesmo se não tivesse se sentido o máximo, há muito que se percebe que ele quer só “curtir” a vida.

Então seria melhor parar e fazer como o Borg, tenista famoso da década de 70, que parou cedo:
Cansou de ganhar, e parou com apenas 26 anos...quando foram perguntar o por quê, ele disse:

- Quero aproveitar o dinheiro que ganhei, e não tenho tempo pra isso.

Por outro lado, hoje em dia fico vendo jovens que não são famosos nem tem dinheiro, se perdendo na vida boêmia que Ronaldinho escolheu.

O medo da morte, expresso em frases que eles usam como “ a vida é curta”, “ o tempo passa rápido” faz muita gente viver de balada em balada, de micareta em micareta, e em carnavais fora de época:

Sim, pois a vida desses viraram verdadeiros carnavais fora de época.
O carnaval tem sua época – as festas fazem parte de nossa sociedade.

Jesus participava das festas culturais dos Judeus.

Mas existe hoje um mundo de jovens se perdendo vivendo apenas de festa em festa:
Se prejudicam nos estudos, e em suas profissões, os que já trabalham.
Existem faculdades que vendem cerveja em seus estabelecimentos....

Na que eu estudei, a partir da quinta-feira, o pessoal então nem subia, já chegava em fica lá embaixo bebendo direto.

Aí, quando morrem cedo, saindo das baladas da vida e destruindo suas vidas dentro de um carro, bêbados, ou em discussões com final com tiroteios, ninguém sabe o que dizer...

Fora os outros que chegam aos 30 já com cirrose hepática, e como não conseguem mais viver sem aquele ritmo de vida, se vão cedo demais...

Geralmente, no enterro desses, como não tem nada de útil a dizer da pessoa, pois esta não fez nada na vida a não ser viver de maneira louca e desregrada, dizem o seguinte:

“ Ele viveu com intensidade” - é a frase chave de quem vive “ la vida louca”.

Ronaldinho Gaúcho simboliza a decadência de alguém que, outrora no topo, e em tudo o que era comercial de tv e internet, jogando o fino da bola, ídolo das crianças, mandou sua última bola pra fora:

Trocou tudo por uma vida de baladas, fazendo também, infelizmente, muitos discípulos.

Lee
Na Sessão Revival:
Ronaldinho horas após o jogo se esbaldando na boate:
http://www.youtube.com/watch?v=irdynhd7A3c



Músicas para o dia de chuva:



Chove lá fora, e aqui tá tanto frio (acho linda essa letra)...


http://www.youtube.com/watch?v=VJjGVhd8Ux8




Está Chovendo de Novo (amo esse clip)...


http://www.youtube.com/watch?v=bahR3szEhhI

teste