quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Tenha um Tubarão em sua Vida

Tubarão no aquário...e se o aquário quebrar?

Eu me amarro em filmes de tubarões.

Desde que " Tubarão", de Spielberg, passou, já vi de tudo, até tubarão com 'inteligência artificial'.

Alías, sempre que passa "Tubarão” eu revejo, aquilo já é um clássico.

Nunca perdia também um desenho do Tutubarão: Ria muito dele tocando bateria.

Mas só fui ver tubarão ao vivo na Flórida, quando era teen:

Primeiro naqueles aquários gigantes, e ficava assustado:

Logo imaginava um 'plano B' caso o aquário rachasse ao meio e eu precisasse fugir!

Depois, vi um tubarãozinho do tamanho de um cação que acabara de ser pescado, nas docas.

Ainda receoso, fui passar a mão no bicho...sabe se lá se ele dava um último suspiro e dava um
' nhac' na minha mão...

Tinha a 'pele' lisinha, e soube que comiam aquilo em forma de bife...alías, me disseram que tinha um gosto semelhante ao bife.

Ver tubarões na Flórida, foi “ Flórida”, me amarrei.

Mas nunca tinha imaginado o quanto precisamos de um tubarão em nossas vidas...

Apesar de não comer nada do mar, eu até que gosto do ato de pescar, desde que não seja de maneira predatória.

E foi lendo um conhecido e -mail que circulou no ano passado, sobre a pesca dos japoneses, que vi a importância de um tubarão em nossas vidas:


Os japoneses sempre adoraram peixe fresco.

Porém, as águas perto do Japão não produzem muitos peixes há décadas.

Assim, para alimentar a sua população, os japoneses aumentaram o tamanho dos navios pesqueiros e começaram a pescar mais longe do que nunca.

Quanto mais longe os pescadores iam, mais tempo levava para o peixe chegar.

Se a viagem de volta levasse mais do que alguns dias, o peixe já não era mais fresco.

E os japoneses não gostaram do gosto destes peixes...

Para resolver este problema, as empresas de pesca instalaram congeladores em seus barcos. Eles pescavam e congelavam os peixes em alto-mar.

Os congeladores permitiram que os pesqueiros fossem mais longe e ficassem em alto mar por muito mais tempo.


Mas os japoneses conseguiram notar a diferença entre peixe fresco e peixe congelado e, é claro, eles não gostaram do peixe congelado.

Entretanto, o peixe congelado tornou os preços mais baixos. Então, as empresas de pesca instalaram tanques de peixe nos navios pesqueiros. Eles podiam pescar e enfiar esses peixes nos tanques, como "sardinhas".

Depois de certo tempo, pela falta de espaço, eles paravam de se debater e não se moviam mais. Eles chegavam vivos, porém cansados e abatidos.

Infelizmente, os japoneses ainda podiam notar a diferença do gosto.

Por não se mexerem por dias, os peixes perdiam o gosto de frescor.

Os consumidores japoneses preferiam o gosto de peixe fresco e não o gosto de peixe apático.

Como os japoneses resolveram este problema?

Como eles conseguiram trazer ao Japão peixes com gosto de puro frescor?

Eles precisavam arrumar um meio de manter os peixes 'ativos' até chegarem ás docas.

Então alguém teve a idéia de colocar dentro dos tanques, pequenos tubarões, igual ao pequeno tubarão que vi nas docas da Flórida.

O tubarão comia alguns peixes, mas a maioria dos peixes chegava vivo , fresco, e “esperto”, no desembarque.

Tudo porque os peixes eram desafiados a viver , lá nos tanques.

Tenha um tubarão em sua vida -Tenha algo que faça vc ficar com “sabor” permanentemente, algo que faça vc ficar “ligado”.

Vejo muita gente que já perdeu o “sabor” de viver...assim como aqueles primeiros peixes, só “sobrevivem”.

Sobrevivem no mesmo emprego, o qual não gostam, mas se acomodam;

Sobrevivem em namoros sem graça, apenas para não estarem sós;

Sobrevivem em casamentos infelizes, que se esforçam pra manter a fachada (ainda mais se forem de igreja), mesmo quando um dos conjuges claramente já não tem interesse;

Sobrevivem na mesma igreja morta, apenas por causa das amizades, mesmo não tendo mais alimento espiritual.

E assim como alguns peixes daquela primeira leva, alguns morrem no meio do caminho da vida.

Ás vezes, precisamos de um estímulo para mudar - deixarmos de viver uma vida sem graça, e passarmos a ter uma vida" com graça" -tanto na alegria, quanto no sentido espiritual .


E um tubarão ajuda muito nesse sentido...pense nisso.


Lee

Na Shark Revival Session de hoje:

Abertura Tutubarão

http://www.youtube.com/watch?v=DRDarHA88Z8

Trilha sonora clássica de Tubarão, o filme

http://www.youtube.com/watch?v=gyka8sVRZKY