domingo, 15 de novembro de 2009

Aqui Vc Não Entra


Como é feliz aquele que tem suas transgressões perdoadas e seus pecados apagados!

Como é feliz aquele a quem o Senhor não atribui culpa e em quem não há hipocrisia!

Enquanto eu mantinha escondidos os meus pecados, o meu corpo definhava de tanto gemer. (Salmos 32. 1-3)

Existem áreas em nosso coração, em que a porta é exatamente igual a da foto acima.

Trancada com correntes e tudo, como a dizer:
Aqui vc não entra.

É aquela área proibida, escondida, soturna, em que vc frequenta por alguns momentos, mas depois se sente mal pacas...

Pode ser um vício, uma “curtição” de mágoa, a consciência pesada por algo que faz frequentemente, e que sabe que é nocivo a saúde psíquica, a saúde da alma, e a saúde do corpo.

Você faz, mas ou faz escondido, ou acha aquilo tão negativo, que tem que fazer aquilo na clausura.

Pra piorar a situação, depois vem o sentimento de frustração, de incapacidade, de impotência, e de culpa...

A pior maquiagem produzida pelo diabo , é a de que o sentimento de culpa vem de Deus, e não dele – isso faz com que a pessoa fique ainda mais arrasada.

Nossa consciência fala que aquilo é errado, mas o peso da culpa, vem do inferno, e não do céu.
Os homens iam apedrejar uma mulher adúltera, que foi salva por Jesus da morte com uma simples pergunta:

Quem de vocês não tem pecado?
Botaram o rabo entre as pernas, e saíram calados...
Simplesmente disse a mulher para não pecar mais:
Não a condenou, não levou para disciplina da igreja, não mandou rezar 20 pai nosso, não a julgou, não a expôs ao público.

Sim, Jesus sabe que todos pecamos – e sabe que para nos livrarmos do pecado e do terrível peso da culpa, somente a graça Dele é capaz de fazer isso.

Na graça Dele, você simplesmente confessa o pecado a Ele.

Isso gera um alívio que nenhum remédio é capaz de produzir...

Foi essa a experiência do salmista:

Enquanto manteve tudo escondido por detrás da porta secreta, cheia de correntes e cadeados, ele chegou a definhar...os ossos doíam, o corpo dele literalmente doía.

Enquanto fecharmos áreas proibidas em nosso coração, colocando pesadas correntes, Jesus não pode entrar – e aqui não é joguinho de palavras gospel não – Ele não entra.

Pelo simples motivo de que aquela área ali já está dominada:

Ou pelo EGO- ísmo, pela vontade humana, ou por parte do diabo mesmo, com o passar do tempo.

Jesus falou que é do coração que procedem as coisas ruins – e quanto mais trancado nós o mantivermos, sem que Ele habite, a coisa tende a piorar.

Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias. ( Mateus 5.19)

É do coração que sai todas as coisas ruins que temos vistos por aí.

Até o desflorestamento da terra, com tudo isso que está mudando a temperatura, calotas descongelando, espécies se extinguindo, fumaça no ar, vêm do coração.

Guerras, intolerâncias, talibãs, luta por poder, vem do coração.

Enquanto escondermos pecados, seremos “pesados”, cheios de culpa.
Quando o salmista confessou tudo, ficou super-feliz, deixando de viver em hipocrisia, e parou de gemer de dores.

Outra coisa:

Confesse os pecados a Deus, e a quem vc causou um dano, se isso aconteceu.

Mas em se tratando de casos pessoais, é somente a Deus:

Não é confessar pecado a" pastor-deus " ;

o mediador é Jesus, e não o pastor.
A única coisa que vc vai ganhar, dependendo de qual pastor vc for falar, é condenação, e “disciplina eclesiástica”, além de aumentar, fazer inflar o ego deles.

Pedir conselho é uma coisa- confessar, é outra.

O mesmo vale para “pedir perdão a Igreja”:

O mediador, o redentor, é Jesus, e não “a igreja”.

Me lembro de um caso em que um homem havia traído a esposa, e este, em tremenda sinceridade, mas em grande ingenuidade, confessou “a igreja” seu pecado:

Foi lá na frente, em pleno culto, e “pediu perdão a igreja”.

Botei a mão no rosto, pensando: “essa não”....

Foi um zum-zum-zum, uma fofocagem, que começou dali, e virou assunto da cantina, após o culto da noite, mas “acabou o culto ali”, mesmo com mensagem depois.

Alívio do “fardo do pecado”, só quem dá é Jesus – através de arrependimento e confissão.

Confissão de pecados a pastor e igreja, num gera alívio nenhum, só traz confusão.

Ora, se há casos em que até mesmos para envolvidos não se deve falar, mesmo tendo sido “atingidos pelo pecado” ( por exemplo, preservação de casamento, para uma pessoa que difícilmente iria perdoar), imagine falando para pessoas que vai espalhar a notícia, igual um furacão, e assim como esse, causar danos.

Tem celular que já vem desbloqueado por natureza, é só ligar e sair falando.

Outros, dão trabalho tendo que desbloquear, é mais complicado.

Pare de gemer de dores de pecado – confesse a Jesus- só a Ele , e vc sentirá alívio.

Solte as correntes, liberte seu coração, e vc se sentirá muito melhor.

Lee

Na Sessão Revival:

You`ll be in my Heart Phill Collins:

Unchain my Heart, e seu balanço inconfundível - clássico com Joe Cocker: