quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Jesus e Papai Noel podem conviver numa Boa


Sempre quando chega essa época, o povo de igreja fica na dúvida:

Como lidar com o “Nascimento “ de Jesus, e Papai Noel e seus presentes...o que fazer ?

Digo isso pois cada vez mais, de uns tempos pra cá, o radicalismo de Pastores e Padres vem a tona, satanizando Noel, a árvore de natal, e mais um scambal.

Sempre cito as igrejas evangélicas pois é uma “ praia “ que conheço bem, desde pequeno.

Mas ano passado, uma querida amiga de Belo Horizonte, me citou o seguinte fato testemunhado por ela, na igreja católica em que é membra atuante, na semana do Natal:

Ela contou que o Padre estava malhando Papai Noel, desestimulando falar dele com crianças,etc.;

Ela disse que ele falou na mensagem que “nunca viu Noel se ajoelhando na manjedoura”.

Aí, uma amiga dela que tava na missa, 'de sacanagem', tirou uma foto de um Papai Noel ajoelhado na manjedoura, e enviou pro Padre...Rss!

Os mais radicais trazem a lembrança de que isso é um rito pagão, de que a árvore é pra maldição, enfim, vão por aí.

Alías nessa semana, um jornal da Universal que achei no metrô, recomenda a seus fiéis que não se comemore o Natal, e nem tenham árvores, nem se dê presentes.

Ora, se nós formos demonizar tudo, o Cristianismo organizado por Constantino, Imperador Romano, não tem nada de Jesus, e sim do que vemos por aí...

Ele foi o primeiro a dar trela a bispos e cardeais, a mudar a forma de pensar dos que eram discípulos de Jesus, que agora passaria a deixar a simplicidade do evangelho, e iniciaram-se na sistematização eclesiástica iniciada por ele.

Todas essas distorções que nós vemos hoje, começaram naquela época...

Isso não é pior que um velhinho que distribui presentes?

Sei de pastores que arrancaram a fantasia infantil de seus filhos desde cedo,em vez de deixarem eles mesmos amadurecerem e saírem da fantasia para entrar no folclore...

Por isso que especialmente filhos de pastores, que penaram muito quando criança durante esse período, não recebendo presentes, etc (afinal, estimularia a lenda do Noel) sentem- se especialmente melancólicos durante essa época.

Eles se preocupam muito com suspostos paganismos e maldições de árvore – e o Natal deles, que em geral é sem graça, querem que sirva de referência aos membros - que eles o tenham da mesma forma.

Sem a graça do Natal, e sem a graça divina...pois Natal ao lado de gente legalista, não tem nenhuma das graças...

Tem Natal na cadeia que a confraternização é mais “irmanada” do que na família ou igreja deles :

Eu mesmo já vi isso num 24 de dezembro lá dentro, quando fazia evagelismo em cadeias, e fui nesse dia pela manhã, e vi o preparativo dos presos.

Jesus disse o contrário de quem fala dessas “ abobrinhas natalinas” :

"Tudo o que vem de fora e entra numa pessoa não faz com que ela fique impura, mas o que sai de dentro, isto é, do coração da pessoa, é que faz com que ela fique impura."
(Mateus 15.11)

Ninguém que “encarna” Papai Noel, tá desejando fazer mal a uma criança.

Jesus está presente todos os dias, enquanto Papai Noel somente uma vez ao ano:

Ensine seu filho que Jesus o ama, e que nos dá o maior presente que é ter vida Nele.
Sim, tem gente que se esquece de Jesus nessa época, e só se lembra de Noel.

Mas deixe ele tirar fotos ao lado do velhinho, e ficar com a fantasia de que ele vai lhe dar presentes:

Vai chegar o dia em que ele naturalmente vai perder a fantasia, a ingenuidade, quando descobrir que tudo não passava de uma brincadeira de criança.

Se você tirar essa ilusão forçosa e bruscamente, e querer empurrar Jesus goela adentro em substituição á fantasia da criança, o efeito poderá ser o contrário:

A criança se frustrará, e poderá ficar com raiva de Jesus no futuro – Justamente de quem mais ama as crianças.

Portanto, não seja e não tenha um espírito de porco nessa época:

Tenha sim, um espírito Natalino de confraternização...

Tenha mais ainda o espírito do evangelho, que é de amor, alegria, paz e esperança Nele, nessa época.

Lee
Sessão Revival com Daryl Hall & John Oates comemorando o Natal sem problemas com o clássico Jingle Bell Rock: