domingo, 13 de dezembro de 2009

Tempo de Casa Não quer dizer Nada



Por várias vezes nas igrejas, cansei de ver gente se gabando do seu “ tempo de casa”.

Já vi jovens, filhos de crentes que estão na igreja, e gente que está há muito tempo na igreja, fazendo isso.

Dizem isso de maneira que transparece o seguinte:

Orgulho; tirar vantagem sob situação ; discriminar os mais novos que estão chegando;

Quando sentem-se ameaçados de alguma coisa, como perder status, cargo, etc;

Quando percebem que quem chegou, tem mais talento do que ele, seja para tocar, ensinar, pregar, cozinhar, administrar, etc;

Aí, tal como o cachorro que mija marcando seu território, dizem logo:

Tenho tantos anos aqui nessa igreja!

Sempre fizemos isso dessa forma, por que vamos mudar? (quando o novato sugere algo)

Aqui, isso não funciona ( em resposta a sugestão de quem está chegando).

Jesus enfrentou esse problema com seus própios discípulos:

Eles queriam saber quem era o maior no Reino dos céus.

Será que era o que tinha maior tempo de caminhada com ele?

Será que era o mais velho?

Será que era o que tinha frequentado sinagoga desde pequeno?

Ou seria o mais achegado a Ele?

A resposta surpreendeu...Jesus pegou um menino que estava passando, e disse:

“Aquele que se tornar humilde como esse menino, esse é o maior no Reino dos céus”.
(Mateus 18.4)

A turma da igreja de hoje, deixou a humildade de lado.

Acham que “tempo de casa” é mais importante...

Pastores realçam seus membros antigos publicamente, realçam as famílias !tradicionais” da igreja, ensinando seus membros que “antiguidade é posto”.

Esses, repassam essa prática nociva ao evangelho aos seus filhos.

Tempo de casa não quer dizer nada para Jesus:

Os fariseus tinham mais “tempo de casa “ do que os comandantes dos navios da época.

Geralmente, a pessoa que usa desse expediente, puxando seu tempo de serviço, é uma pessoa superficial na fé...

Em geral,eles tem a profundidade espiritual de um pires...tem tanta água para oferecer, como aquela que sobra na saboneteira.

Sim, conheço gente que tem 30 anos de igreja, mas que ainda estão na fralda em conhecimento espiritual...

Mas esse já é assunto para outro tema.


Lee


Na Sessão Revival, preciso ser Sincero: