quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Você é o ator/atriz principal, ou figurante de sua própia vida?



Nossa vida é como um filme.

Tem momentos de ação, momentos de drama, de comédia, de reflexão...

Tem momentos que são um marasmo- assim como tem filmes chatos.

Ás vezes, tem até momentos de terror.

Mas tem pessoas que deveriam ser os atores principais em suas vidas:

Independente da idade.

Anna Paquim, mais conhecida como a vampira dos X -Men, ganhou um Oscar aos 11 anos de idade.

Mas em vez disso, conseguem a façanha de serem apenas figurantes em seus própios filmes-vidas.

O figurante aparece no meio de uma multidão, rapidamente, e sem fala nenhuma.

A pessoa passa a ser um figurante, naquele que seria seu próprio filme- vida, quando:

Você abdica, deixa ser o ator/atriz que o diretor ( Deus) quer que você seja.

Quando você deixa de exercer o papel que ele te confiou, passa apenas a fazer figuração na vida.

Vira mais um na multidão, daquele que seria o filme de sua vida.

Quando deixa as pessoas decidirem o rumo de seu personagem, você vira figurante.

Em vez de pedir orientação ao diretor, e escuta gente que só quer te derrubar – Doidos pra virarem os principais – Você vira figurante no seu própio filme-vida.

Quando você deixa de falar o que pensa;

Quando você vê e se conforma com coisas erradas;

Quando você se acomoda ao políticamente correto, por medo de contrariar a maioria, você passa a fazer figuração na vida.

Os atores que mais tiveram coragem de falarem o que pensavam, foram os que mais se destacaram, tanto em filmes, quanto na vida.

Jane Fonda foi contra a guerra do Vietnam – em vez de visitar soldados no campo, foi visitar os vietnamitas, ganhando o ódio do governo- cansou de ir em cana.

Nem se compara as Angelinas Jolies e Madonnas da vida, que adotam bebês africanos como marketing de caridade social.

Sidney Poitier enfrentou o racismo nos filmes e fora dele – se hoje existem Denzel Washingtons, James Foxies e Hale Barrys, foi graças a ele.

Richard Gere condenou a invasão da China ao Tibet num Oscar - anos e anos antes das olimpíadas por lá- e quase foi banido da indústria por isso.

O saudoso Marlon Brando mandou uma Índia buscar seu Oscar, numa cerimônia, alertando contra a destruição da cultura deles – depois disso, aumentou a participação de atores indígenas em filmes.

Atores e atrizes de seus própios filmes, tem de ter a capacidade de saber ver o que acontece á sua volta, e não se fechar em seu mundinho, como acontece hoje.

O diretor espera que você tenha não só um bom desempenho no seu-filme vida:

Espera que você possa influenciar positivamente outras pessoas....

Foi para Isso que Ele te chamou para ser o ator/atriz principal dos filmes Dele.

Mas tem gente que consegue ser figurante em seu próprio filme:

Aparecem pouco, não falam nada, e ganham 40 pratas por dia de filmagem...

E ficam felizes da vida por tomarem Coca-Cola e comerem misto-quente de graça, no dia.


Lee

Na Sessão Revival, Crowded House, com seu hit Don´t dream it´s over:

http://www.youtube.com/watch?v=rF30tKRcHQg