sábado, 27 de fevereiro de 2010

Quando os discípulos de Jesus tentaram expulsar demônios- E não conseguiram.


Ontem, passou na Globo o filme O Exorcismo de Emily Rose (que foi fato real).
No filme, um padre é julgado pela acusação de ter matado Emily - Ele tentou expulsar o demônio que a atormentava, pediu que que ela parasse de tomar remédios (seu maior erro), mas não conseguiu expulsar o demônio - Emily morreu.

Fiquei lembrando do episódio em que os discípulos de Jesus não conseguiram expulsar um demônio de um rapaz que, perturbado por ele, se jogava no fogo, e também tentava se afogar...

Vamos ler o episódio, e descobrir o por quê eles não conseguiram - e a reação de Jesus.

“E, quando chegaram à multidão, aproximou-se-lhe um homem, pondo-se de joelhos diante dele, e dizendo:

Senhor, tem misericórdia de meu filho, que é lunático e sofre muito; pois muitas vezes cai no fogo, e muitas vezes na água;

E trouxe-o aos teus discípulos; e não puderam curá-lo.

E Jesus, respondendo, disse: Ó geração incrédula e perversa! Até quando estarei eu convosco, e até quando vos sofrerei? Trazei-mo aqui.

E, repreendeu Jesus o demônio, que saiu dele, e desde aquela hora o menino sarou.

Então os discípulos, aproximando-se de Jesus em particular, disseram: Por que não pudemos nós expulsá-lo?

E Jesus lhes disse: Por causa de vossa pouca fé; porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível.

Mas esta casta de demônios não se expulsa senão pela oração e pelo jejum.”
(Mateus 17. 14 a 21)

Algumas mistérios espirituais saltam para nós, nesse texto:

Quando “o bicho pega”, o mundo secular sempre corre para um filho de Deus, em busca de ajuda.

Sim, eles podem nos malhar( e quase sempre, cobertos de razão, pelo evangelho distorcido de alguns locais, e que são destaques na TV);

Podem “não acreditar em Deus”, podem mesmo viver perseguindo, prejudicando, “sacaneando” um cristão, mas quando a coisa aperta, eles vem correndo, pedindo ajuda.

Foi assim desde Nabucodonozor com Daniel, até os dias de hoje.

A questão é:

Estamos preparados?

Os discípulos de Jesus, mesmo caminhando com eles diariamente, e acostumados a ver Ele em ação (a multidão trazia enfermos para serem curados e gente oprimida para ser liberta) não estavam se saindo bem no “estágio”.

Jesus os chamou de incrédulos e perversos.

Muita gente anda com Jesus, mas "não crê" - não desenvolve a fé.

A maior perversão espiritual para Jesus, é ter poder concedido por Ele para ajudar ao próximo, e não fazê-lo.

Você pode cantar, orar, dar dízimo, ler a Bíblia, assistir mensagem...

Mas se não usar o que Ele deu á vc para ajudar o próximo – o seu dom espiritual,concedido por Ele- não passa de um “perverso” cristão.

Viu como para Jesus, até a noção de perversão (que na grei só fica no campo moral) ganha um sentido extremamente diferente?

Sim, Ele ficou indignado, perplexo...não com o garoto, mas sim com seus discípulos.

E quando estes o indagaram sobre “a causa da falha”, temos outro mistério espiritual revelado:
Por causa da pequenez da fé deles.

De que adianta acompanhar, ver de perto, estudar, aprender “evangeliquês”, usar camisa de estampas de congresso/com versículos/ ”Eu leio a Bíblia”...

Participar de cursos, ganhar certificados por frequentar esses cursos, e mais um scambal de coisas que a gente faz de supostos preparos...

Se não tivermos fé para exercer a autoridade que Ele nos deu de usar seu Nome?

Fé como grão de mostarda, o menor da época...

Eu já vi um grão de mostarda...pega aí uma caneta do seu lado, e olha para ponta dela:

O grão de mostarda, é menor do que isso.

O dia em que aprendermos a deixar um monte de “peso desnecessário” do que estudamos ou fazemos em nossas vidas ou mesmo na grei;

O dia em que aprendermos a viver a simplicidade do evangelho em nossas vidas, a "demonada" vai sair correndo, quando a gente estiver andando no meio da rua.

Mas enquanto permanecermos na farofada gospel de louvor e shows de culto;

Enquanto formos assistir um culto como se fosse a um cinema/teatro, sem corações contritos;
Enquanto ficarmos em salas somente alimentando nossas mentes com teologias- e toda teologia é uma coisa humana, por ser um pretensão “estudar sobre Deus”;

Enquanto não estudarmos o evangelho para navegar nele - E não apenas ficar com conhecimentos mentais, seremos incrédulos e perversos:

Seremos ineficazes espiritualmente para atender ao próximo.

Seja para expulsar um” demoninho pé -de -chinelo", ou pra fazer um exorcismo a la Emily Rose, mais pesado, que requer oração e jejum- requer mais preparo espiritual.

Mas sobre jejum não falo hoje...vamos step by step, um passo de cada vez.

Lee

Domingo á noite no blog (por volta das 20 horas):

Muita gente tem Jesus – da Maddona – no coração.

Bônus de amanhã : Meu weekend (inclui o churrasco de Ita e minha ida a Copa).