domingo, 20 de junho de 2010

Debaixo da Poderosa Mão de Deus


Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte.
(I Pedro 5.7)

É necessário viver com um coração humilde diante de Deus.

Para que a mão Dele aja a nosso favor, essa é uma das condições, já que Ele resiste aos soberbos, ou pra ficar mais claro, aos marrentos.

Marrento nenhum vê a mão divina agindo em sua vida:

É a mão da própria pessoa cheia de marra, que a conduz.

Essa marra pode ir prenchendo o coração da pessoa pelas mais variadas formas:

Se achar melhor do que outro em capacidades profissionais, mais inteligente; mais bonito;
Se achar melhor por ser mais jovem, ter estudado mais (diplomas, etc);

Se achar melhor por morar numa área melhor do que a dos outros;

Se achar melhor por ter mais dinheiro, posses, etc;

Se achar mais espiritual do que outros, mais isso, mais aquilo, do que outros.

Enfim, coisas que um simples mosquito da dengue, ou uma bela gripe suína não mandem pra debaixo da terra, acabando com o marrento.

Assim, um coração cheio de marra, impede a ação divina.

Mas talvez você possa estar pensando:

“ Eu não sou assim, mas as coisas andam demorando muito a acontecer”

É que o “acontecer” é ao tempo Dele, não no nosso.

Você vai ouvir constantemente em sua vida que é você mesmo que “tem que fazer as coisas acontecerem”.

Mas Jesus disse que até mesmo as aves, Deus as alimenta e as protege:

Elas não precisam “fazer acontecer” nada, pois quem o faz é o Senhor.

E quando Ele faz “acontecer”, Pedro diz que somos exaltados.

Sim, o “acontecer” de Deus- Ao tempo Dele – Nos exalta.

O nosso “acontecer”, quando o tentamos produzir – e na nossa força conseguimos - pode nos dar uma sensação temporária de preenchimento;
Mas isso geralmente, é muito transitório, e se esvai rapidamente, ou nos dá uma dor de cabeça mais tarde, ou mesmo gera enorme cansaço, na tentativa de mantê-lo.

Afinal, foi conseguido na força humana.

Em todos os três casos, gera frustração.

Saber aguardar o tempo de Deus é algo que é muito pouco ensinado, pregado, e consequentemente, vivenciado, em nossos dias.

Tudo por quê não é muito popular de se dizer.

Afinal, todos querem uma resposta, de preferência imediata, para suas vontades ou necessidades:

O evangelho fast food é muito comum nos dias de hoje.

Existe muita igreja McDonalds por aí, empurrando goela abaixo de seus “clientes”, um lanchinho em vez de alimento.

Uma batatinha, um sundae para agradar o paladar, mas que não alimenta nada, apenas “engana” a fome.

Pois evangelho é caminhada, que leva tempo para aprender e vivenciar experiências com Deus.

Não é fast food, nem café instantâneo.

Pois há um tempo certo para tudo, e ás vezes, é necessário se livrar de algumas coisas, ou fechar alguns ciclos, para que a poderosa mão de Deus nos exalte.

Essas coisas, ou ciclos que nos metemos, podem ser a nossa tentativa de “fazer acontecer”- e ele deixa – nada faz até que nos livremos delas.

Ontem, caminhei na Floresta da Tijuca, a maior floresta dentro de uma cidade, no mundo.

Ao observar a natureza que não foi tocada pelo homem, as cascatas, as pedras, a cachoeira, a mata, os contornos dela, as estradinhas de terra, percebe-se a mão de Deus em tudo.

A natureza, se deixou ser moldada por Ele.

E ficou simplesmente linda...os turistas estrangeiros, num jipe com caçamba aberta, ficavam contemplando tudo com a boca aberta, de admiração.

A poderosa mão de Deus vai nos exaltar também, no devido tempo:

Basta saber esperar.

Lee