domingo, 18 de julho de 2010

Caminho Estreito


Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela;

E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.” (Mateus 7.13,14)

Por ser largo, espaçoso e de aspecto fácil, o caminho da perdição é o caminho favorito da maioria das pessoas.

Não há placas indicando o caminho da vida:

O macete dado por Jesus, é simplesmente dizer que esse caminho é estreito, apertado, e de aspecto rústico.

No caminho da vida, existem as igrejas, que são apenas meras estações, como as estações da linha de um trem:

Igreja nenhuma é “caminho de vida”, pois Ele mesmo nunca fundou nenhuma comunidade.

E Ele e os os outros discípulos faziam da igreja uma estação, mas viviam a maior parte do tempo fora delas, mesmo sabendo, como Ele disse, que ali era uma “casa de oração”.

Elas são apenas paradas para nos abastecermos, para adorar, para aprender junto com outras pessoas.

O Caminho, é o próprio Jesus, diz João 14.6:

"Eu sou o caminho, a verdade, e a vida."

Só quando estamos nesse caminho, temos a segurança da verdade revelada, e vida.

Essa verdade é revelada nos seus ensinamentos, para que tenhamos vida:

E possamos seguir durante o caminho.

Vejo hoje um grupo muito grande de pessoas andando pelo caminho largo, que conduz a perdição:

São pessoas que não desejam andar no caminho proposto por Ele, por o achar desinteressante.
Essas, vivem a vida seguindo o que lhe der na cabeça;

Experimentam de tudo, e alguns nesse viver sem absolutamente nenhum referencial de valor dado por Deus, vivem tão loucamente que se partem cedo demais.

Acontece muito com jovens, toda hora a gente vê na tv um que morreu por drogas, ou que foi parar na cadeia por matar alguém sob efeito de drogas;

Num pega, ou “racha”, em alguns lugares (corrida clandestina de carros), ou por jogar o carro com seus jovens amigos num poste, matando todo mundo, sob o efeito de álcool após a balada.

Mas também acontece com quem já está mais maduro...

Estava lendo sobre o Pedrinho Aguinaga, galã dos anos 70 no Brasil, numa revista de domingo que ficam nesses consultórios da vida.

Torcendo pra não ser chamado, pois uma vez tive que acabar de ler a reportagem que eu estava achando interessante depois da consulta...pra não levar a revista pra casa...rsrs...

Ele fora eleito o “homem mais bonito do Brasil” naquela década...estrelou uns sete filmes, fez comercial de um cigarro famoso na época, tinha outdoor em todo lugar, além de passar na tv.

Namorou as mais belas atrizes e modelos daqui, e algumas lá nos EUA.

Aos 60 anos, Pedrinho, que mora em Copacabana, estava falido, sem emprego, sozinho.

Para ir a um médico, dependia de favor de amigo médico, para fazer check ups, etc.

Tudo por que achou que a “curtição” fosse durar a vida toda.

Outros, passam a vida tentando acumular títulos ou riquezas.

Alguns, ganham o mundo inteiro, mas perdem a sua alma.

O caminho é estreito, para que tenhamos atenção.

Para olharmos onde estamos pisando.

Vá pela outra estrada...

O caminho estreito, é muito mais seguro.


Lee