segunda-feira, 26 de julho de 2010

Malditas Sacolas Plásticas

Elas confundem sacolas com algas marinhas


"Sabemos que toda a natureza criada geme até agora, como em dores de parto." (Romanos 8.22)

Qual foi a última vez que você ouviu uma pregação em sua igreja, onde o pregador disse que temos que cuidar da terra em que estamos?

Ora, a maioria das pregações nos diz que “devemos nos afastar do mundo” :

Os pregadores confundem o “Cosmos” com a ação espiritual da maldade que é feita sobre o Cosmos, ou seja, o Universo.

Creio que essa confusão, que fez com que as pessoas evitassem o “mundo” - e não as ideologias, os sistemas de pensamentos contrários ao evangelho - ajudou na omissão da igreja com relação a natureza.

Tudo o que vemos no noticiário, sobre o lixo, sobre aquecimento global, etc, coincide com os 30 anos em que não falamos nada sobre a natureza, a nível de ensino.

A não ser como “evitá-la”:

Ir a praia era “pecado”, e ir aos domingos então era um pecado capital, nas “regrinhas de igreja”, que nada tem de evangelho.

Se você mora no interior, e esteve os últimos 20 anos em igreja, deve saber que tomar banho num rio (ou algo que expôsse o corpo, como lagoa, riacho, cascata, etc), era só quando fosse se batizar...lembra disso?

Por isso, deixamos de ouvir mensagens que nos ensinavam como lidar com a natureza criada por Deus, e estamos aprendendo com quem nós deveríamos ter ensinado.

A Globo, o SBT, a Record, já tem Veterinários, Biólogos, e Ambientalistas em seus quadros de programas, para ensinar a população a conviver com a natureza.

Enquanto isso, qual foi a última vez que você lembra de ter escutado seu Pastor falando do assunto?

Cerca de 70% do lixo dos oceanos é formado por plástico.

Funciona assim:

A pessoa joga o saco plástico na rua, que vai pro bueiro;

Quando esse não entope, causando enchente na própria cidade (como vive acontecendo aqui no Rio), o bueiro leva o lixo que desemboca no mar.

E o estrago mata os animais marinhos de forma covarde, desde a costa brasileira, chegando até longe:

Vai parar no Havaí.

O lixo se concentra nessa parte do Pacífico, por causa das correntes marítimas.... fica ali dando voltas, numa espiral eterna.

O lixo que desembarca no local não é produzido naquelas ilhas:

Ele vem de longe, dos continentes... da América do Norte, da América do Sul, da Oceania, da Ásia - As ilhas do norte do Havaí são uma reserva ambiental protegidas por lei contra a destruição.

Golfinhos, Tartarugas (que confundem o formato do plástico com a alga marinha), Albatrozes, e várias aves pescadoras morrem por causa do lixo.

Segundo o projeto Tamar, de preservação as Tartarugas Marinhas, 4 em cada 10 delas morrem por causa do saco plástico.

Talvez você ache exagerado ficar falando toda hora sobre meio ambiente...

Mas saiba que aquela sacola plástica que você traz do mercado, é uma arma mortal.

Ela destrói as cidades, quando chove;

Ela mata os animais, com seu rastro de destruição.

Jogue seu lixo no lixo, e não na rua;

E apoie a nova lei, aqui no Rio (que tomara se estenda para todo Brasil), de trocar as sacolas plásticas por outra biodegradável:

Lá fora, sacolas plásticas já não são utilizadas há muito tempo, basta ver em qualquer filme, quando passam no supermercado.

Lee

Na Sessão Revival, veja como nosso lixo- incluindo as sacolas – matam os animais:

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1188379-7823-ANIMAIS+MARINHOS+SOFREM+COM+LIXO+NO+OCEANO,00.html