quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Os Mercenários de Stallone X Os Mercenários da Fé – Parte 2

Mala e Terra Nova


Quer uma turma mais pesada que os Mercenários do Stallone, do post anterior?

Aqui vai uma relação dos maiores Mercenários da Fé, atualmente , aqui no Brasil:

Gente que usa o nome de Deus para enriquecer, se promover.

Tudo as custas de um povo que se deixa levar por espetáculos, e que dão dinheiro a eles por supostas bençãos que receberiam de Deus, prometido por eles.

Os Mercenários da Fé

Edir Macedo

Fundou a Universal em 1977, quando saiu da macumba.

Tratou de reunir elementos da mesma macumba (banhos de “essência” de arruda, e até pipoca já foram distribuídas em culto, para purificação);

Do catolicismo (ênfase em imagens de escultura – que não sejam de santos – para a pessoa tocar, como arcas, tronos,etc);

E claro ,do meio evangélico pentecostal (shows de exorcismo, como demonstração de controle e poder, supostas curas, e ênfase na teologia da prosperidade, pedindo muito dinheiro em troca de bençãos divinas).

É um dos homens mais ricos do país, e tem muita gente deles na política (Crivella, sobrinho dele, é o exemplo maior, feito Senador por votos da Universal).

É dono da rede Record, cujo maior sonho é virar uma Globo nos próximos 10 anos.

Renê Terra Nova

Fundou o Ministério Internacional de Restauração, com ênfase em células.

Essa figura de Manaus é um dos maiores surtados do mundo mercenário “gospel”:

Se autonomeou “Paipóstolo” (isso mesmo, pai dos apóstolos) e foi agora reconhecido pelos líderes da visão celular no Brasil como tendo a mesma unção de Abraão:

Foi proclamado “Patriarca”.

Tem jatinho particular e mora em casa maior do que o prefeito de Manaus.

O MIR usa as práticas mais loucas que existem, incluindo controle mental, regressão, etc:

Seus encontros são famosos pelo uso de diversas práticas e jogos psicológicos envolvendo exposição humilhante dos novos participantes;

Técnicas de lavagem cerebral visando desestabilizá-los e torná-los susceptíveis ao processo de adesão ao grupo, tudo realizado em isolamento, horários maçantes e clima de constante pressão emocional.

Promovem “atos proféticos” ( reunião em determinado lugar para “tomá-lo” para Deus, no futuro, como em alguns textos do Antigo testamento):

Demarcam território com urina, atiram pétalas de rosas ungidas de helicóptero, cercam terrenos de mãos dadas, etc.

Como funcionam em células (reunião nos lares, em geral por gente que deveria estar aprendendo sobre a Bíblia, mas está liderando uma reunião – isso acontece também em outras denominações), usam muito outro método de arrecadação de dinheiro:

É congresso disto, encontro daquilo, esta é a forma dos escalões superiores cobrarem das células a sua receita.

Crescendo ao ritmo daqueles esquemas de pirâmides ( tipo Amway), cada encontro local, da região, da cidade, estado, nacional, internacional, vai ficando cada vez mais “tremendo” e enchendo os bolsos dos líderes.

Terranova já pregou na Lagoinha, ensinando essas maluquices, e depois disso a turma do Diante do Trono passou a fazer “atos proféticos” em todos os estados em que se apresentava:

Lembra do leão da Ana Paula no palco? Pois é....culpa do Patriarca.

Alías, a turma de Minas é chegada a um “ato profético”:

David Quinlan, Cirillo, Diante do Trono...e cantamos as músicas deles nos cânticos de nossas igrejas.

Sou mais Lô Borges, Beto Guedes, 14 Bis, Skank e J. Quest, minerada boa.

Silas Malafaia

Sobre ele, leia o post A Igreja Malafaiana tem medo de Robin Hood ( no arquivo do blog).

Jabes de Alencar e Jorge Linhares formam um trio com ele (cada um em suas igrejas) mas o Mala é imbatível:

Comprou um avião em dezembro passado por 19 milhões “em cash”, quando trouxe o velho Cerullo – que já tirou cana nos EUA por causa de sonegação – em seu programa dizendo:

“ Quem der 900 reais de oferta a esse ministério ,terá a miséria erradicada da sua vida”.

Tu sabe que até meu vizinho do prédio - e de igreja Batista - mandou dinheiro?

O Mala agradece.

Valdemiro Santiago

A igreja Mundial do Poder de Deus é uma das que mais tem crescido, usando os mesmos métodos da Universal:

Valdemiro (foto acima) veio de lá, onde foi pastor bem próximo ao Macedão, por 18 anos.

De lá, tirou o mesmo esquema de sempre:

Benção em troca de dinheiro, falsas curas, shows de exorcismo (tem entrevistas com demônios, também).

Digo falsas curas, pois Jesus curava os paralíticos na hora, esses pegavam suas camas ou muletas, e iam embora pulando de alegria.

Lá a pessoa é sugestionada a uma cura, e sai do palco (em que se transformou o altar) se arrastando, para poucas horas depois cair de dor novamente.

Assim como a Universal, querem fazer um Deputado Federal por cada estado.

Valdemiro já tinha um jatinho e um helicóptero, mas em seu processo de Macedização – ser cada vez parecido com seu mestre – em maio negociava a compra de um jato de 48 milhões, semelhante ao de Macedo, informou a Veja.

Ele foi preso numa blitz em 2003 em Sorocaba, com uma escopeta, duas carabinas e munição...alegou que era pra caça.
Isso que é fogo consumidor!

R.R. Soares

Romildo Ribeiro Soares não quis colocar título de Bispo ou de Apóstolo:

Preferiu um simples “Missionário”, como estratégia de diferenciação do cunhado, “bispo” Macedo.

Mas humildade não é seu forte:

Está nas capas dos discos que vende, criou o “show da fé”, banalizando mais ainda o evangelho, tem jatinho de quase 9 milhões de reais, e parece nunca envelhecer:

Já fez pelo menos 3 plásticas na cara.

A Igreja Internacional da Graça de Deus é uma espécie de “Universal light”- é menos barulhenta que a original, mas só tem graça no nome:

Romildo segue fielmente os ensinamentos de Kenneth Hagin, pai do movimento moderno da teologia da prosperidade (que morreu de tumor maligno em 2003 – e ele dizia que crente não podia ficar doente),chegando a anunciar os livros dele em seu “show”.

Seus pastores mais próximos imitam a voz dele no rádio, uma coisa bisonha, denotando controle.
Após sair da Band, pela chegada de Malafaia , R. R. comprou o canal 12 da tv a cabo Net....
Ainda bem que to sem Net.

Estevam e Sônia Hernandes

Depois de tudo o que a gente viu, será que é preciso dizer mais?

Estevam era gerente de marketing da Xerox, e aplicou essas técnicas na criação da Renascer, cujo alvo eram os mais jovens:

Investiu muito na música – O Renascer Praise - e mais tarde o Diante do Trono, com seu "louvor profético " - é a causa desse caos da música atual de igreja, chamado “louvorzão”- muito barulho por nada, como diria Shakespeare.

Estevam ia nas igrejas de outras denominações, e “roubava” o pessoal do louvor delas, trazendo-os para sua igreja, montando grupos de louvor em troca de grana:

A moçada, que ganhava mesada dos pais, agora era bem paga pra tocar bateria, teclado,etc.

Em seu “auge” financeiro, chegou a ter 400 cavalos manga larga.

Sônia, uma ex- nutricionista, tinha “alvos espirituais” como conquistar cartões de crédito – deu graças a Deus quando tirou um American express card, anotando o 'dia da conquista' em seu diário, como mostrou a revista Época na ocasião.

Ficou conhecida como “ A perua de Cristo”, no meio evangélico, por seu jeito extravagante.

Antes de passarem seis meses em cana nos EUA, por tentar entrar com dinheiro não declarado escondido na roupa, tiravam onda de terem 'unção de apostolado', mas deram calote até na casa de festas que fez o casamento da filha deles.

Passam por dificuldades financeiras, pois a justiça de São Paulo bloqueou contas da igreja e do casal, e atualmente dependem muito do Kaká para sobreviver :

É por isso que o Kaká só vive “bichado” há mais de um ano, sem falar que a mulher dele foi nomeada “pastora”, após pregar na frente do Estevam – essa foi “a prova” dela.

Marcos Pereira

Espécie de “primo mais pobre” da turma aí em cima, é daqui do Rio, na baixada fluminese, em São João de Meriti, no bairro com sugestivo nome de" Éden".
Ri muito de Roberto Cabrini, em seu Conexão repórter do SBT, que foi enrolado por ele:

Cabrini destacou a “importância social” de seu ministério, sem ver as coisas ao derredor dele.

Ex garçom, após sua conversão, Marcos fundou a Assembléia de Deus dos Últimos Dias.

Os membros da ADUD não usam, ou possuem, objetos nas cores preta ou vermelha (até mesmo uma Bíblia preta é considerada uma adoração ao diabo).

Os seguidores não comem carne de porco e demais alimentos proibidos no Levítico.

Coca-Cola é coisa do diabo : Os membros só pedem tomar refrigerante se for o Guaraná Jesus.
Sem falar na limitação total da exposição do corpo feminino:

As mulheres de lá parecem que estão em Meca, só que com becas horrorosas de cores berrantes, em vez da burka (veja na foto acima).

Elas não podem usar cosméticos (incluindo maquiagem, perfumes e cremes);

Os membros são proibidos de possuir e assistir televisão;

Também não devem ir ao cinema, ler jornais, revistas, internet ou qualquer outro material não indicado pela ADUD, exceto aqueles ligados ao meio de vida do membro.

Engraçado é que eles tem um site...deve ser só para nós pecadores.

Marcos é amigo da maioria dos prefeitos da baixada, que vivem pedindo “sua benção”, assim como vereadores locais.

Assim como vários outros acima, tem um enorme Banner na entrada e dentro do salão do templo, exemplo clássico dessa turma no culto a si próprio.
Faz trabalho de evangelismo nas cadeias, e era uma benção no início, até passar a fazer um “show da fé” lá por dentro, como “entrevista com demônios”, o velho truque do” paletó ungido que derruba todo mundo”, e por aí vai:

Marcos ficou proibido pelo governo do Rio de entrar nas cadeias por aqui por 4 anos ( e aí trocou a cadeia pelos bailes funks), até voltar recentemente:

Sabe como é, é ano de eleição.

Miguel Ângelo

Tinha um programa inspirativo, chamado “Posso Crer no amanhã”, que o tornou conhecido, aqui no Rio - que ainda existe, mas não é mais a mesma coisa.

Minhas duas experiências com ele mostram uma pessoa antes, e outra depois.

O conheci quando ainda era um simples pastor lá na antiga avenida suburbana, onde alugava um espaço onde era um antigo cinema, e fundou a Cristo Vive.

Fugi do culto de minha igreja num domingo, e fui pra lá, onde assisti a um culto bíblico, inspirativo, com uma mensagem edificante, e naquele dia ele estava servindo a ceia com uma toga sacerdotal branca, tudo na maior simplicidade.

Onze anos depois, com sede própria no bairro de Campinho, com uma igreja suntuosa ( em que o engenheiro responsável, de outra denominação, teve que entrar na justiça contra o cano de 6 milhões de reais que levou deles), tudo mudou:

O pastor agora era um autonomeado “Apóstolo”;

Havia banners gigantes, pendurados na entrada do templo, dele e de sua então amada “Clarinha” (como ele se referia a sua primeira esposa) e no acesso interno ao salão;

Aboliu o batismo nas águas , jejum bíblico (disse que era coisa de judeu), comemoração de páscoa t(ambém coisa de judeu) e do Natal;

E cerca de meia hora de pedição de dinheiro, no culto.

Aquele simples pastor que me fez ir ao subúrbio distante de casa num domingo de anos atrás, não existia mais:

Estava seboso de tanta vaidade.

Mesmo com a suposta pancada que levou da vida ( um ex colega de serviço, membro da igreja dele, disse que Clarinha o traiu com um médico) não perdeu a pose:

Casou-se com uma mulher com a idade de ser sua filha (foto), e subiu de posto- agora virou “bispo primaz” ( a mulher, fisioterapeuta, também virou “bispa primaz...dá pena de ouvi-la tentando pregar...e é um tal de meu amado esposo pra cá, minha amada esposa pra lá, uma melação de dar asco, querendo parecer o casalzinho feliz, na tv);

Maluquices doutrinárias,como dar ordem aos anjos (só Deus faz isso) e a megalomania que continua:

Seu currículo com 39 diplomas de curso superior, posto na internet (a maioria por “honoris causa”, ou seja, uma “honraria” - sem cursá-los);

O orgulho pela “grande igreja” (algo em torno de 50 mil filiados pelo país):

Minha igreja não é uma tribo, é um reino”;

Sou a voz de Deus em português para o mundo. Tenho coberto com o 'manto apostólico' diversos ministérios pastorais na África e em outros continentes”, afirmou.

Miguel vai deixar um clone, seu filho Jr., que prega com os mesmos ternos engomadinhos do pai, inclusive com o lencinho no bolso do paletó, uma xerox idêntica a ele, até no falar.

Todos seus filhos e filhas são pastores – do tempo que você está lendo esse post, já podem ter virado “bispos”- e quase todos tem motoristas particulares em seus carrões que saem do estacionamento da igreja:

Enquanto isso, a maioria da igreja desce a rua Maricá (a igreja fica no alto de uma ladeira) a pé, para lotar o ponto de ônibus, onde vários pegam a Kombi, que sai mais barato.

Alías, você pode pegar sua benção da “família apostólica”:

Basta levar uma foto de toda a “família apostólica” reunida,a venda na livraria da igreja, e botar no seu porta retrato, 'abençoando' sua casa.

Sem sacanagem, isso vende por lá!

Fala sério, os Mercenários do Stallone perdem ou não perdem para Os Mercenários da Fé?
De goleada!

Lee

Obs: Teve muito Mercenário de segundo escalão que ficou de fora.



Na Sessão Revival ,alguns dessa turma:

http://www.youtube.com/watch?v=U3rUROtMO2I