quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Você se Venderia por um Prato de Lentilhas?



Pois Esaú, irmão de Jacó, se vendeu.

“E cresceram os meninos, e Esaú foi homem perito na caça, homem do campo; mas Jacó era homem simples, habitando em tendas.

E amava Isaque a Esaú, porque a caça era de seu gosto, mas Rebeca amava a Jacó.

E Jacó cozera um guisado; e veio Esaú do campo, e estava ele cansado;

E disse Esaú a Jacó: Deixa-me, peço-te, comer desse guisado vermelho, porque estou cansado.

Então disse Jacó: Vende-me hoje a tua primogenitura.

E disse Esaú: Eis que estou a ponto de morrer; para que me servirá a primogenitura?

Então disse Jacó: Jura-me hoje. E jurou-lhe e vendeu a sua primogenitura a Jacó.

E Jacó deu pão a Esaú e o guisado de lentilhas; e ele comeu, e bebeu, e levantou-se, e saiu.
Assim desprezou Esaú a sua primogenitura". (Gênesis 25. 27 -34)

Pra se ter a idéia do ato de Esaú, no Antigo Testamento somente o filho primogênito tinha o direito de herdar tudo o que o pai possuía.

Ou seja, literalmente, Esáu abriu mão de sua herança em prol de seu irmão gêmeo, Jacó.

Sim, Jacó foi malandro...esperou seu irmão estar bem cansado, a ponto de só pensar no presente (seu estomago roncando), e não no futuro.

Se arrependeu depois, ficando os dois muito tempo sem se falar.

Esse episódio ensina o seguinte:

Não troque seus valores por uma boa oferta momentânea, tentadora, atrativa, mas que depois revela ser uma grande furada.

Gente que vira laranja, emprestando o nome para abir um empresa fantasma em troca de algum dinheiro – quando “estourar” quem fica vendido é você;

Meninas que tentam uma vida fácil, se misturando a jogadores de futebol, pagodeiros, artistas - na busca de um sustento, engravidando...

Algumas, mesmo não terminando como a Samúdio, morrem cedo demais em seus sonhos e vida , mesmo carregando filho e pensão consigo.

Propostas supostamente tentadoras aparecem na hora em que você está mais fraco.

Foi o que aconteceu a Esaú:

Cansado de tanto procurar por sua caça, horas a fio;

Com muita fome.

Quando eu era do serviço público, recebi uma oferta de facilitar uma situação ilegal pela quantia de mil reais.
Eu estava pintando a casa, fazendo pequenas reformas...

Tinha feito um orçamento, e só de lata de tintas, dava a época 200 reais.

E eu estava duro!

Mandei o cara procurar outra pessoa - “Você tá falando com o cara errado”, disse...

Mas acha que lá dentro de mim, por fração de segundos, não fiquei mexido?

Mas no momento seguinte, estava seguro de minha decisão.

Te oferecer uma coisa quando você não precisa, é mole de resistir;

Te oferecer quando você mais precisa, é uma grande tentação.

Então, é bom tomar cuidado, pois isso ocorre com frequência:

Muita gente se vende por um prato de lentilhas, até hoje.


Lee