terça-feira, 7 de dezembro de 2010

30 anos sem Lennon: Imagine, John estava certo


Dia 8 de dezembro, aniversário da morte de John Lennon...



Eu era criança, mas já tinha um hábito que mantenho até hoje:



Ouvir música tomando banho...acabei que, até hoje só escuto músicas daquela época.



O dia 9 de dezembro, acabou me marcando, pois além de ser o dia do meu aniversário, nunca mais na vida vou esquecer a narração do locutor da rádio mundial, interrompendo a programação:



Atenção, acabamos de receber a notícia da redação:


O ex- Beatle John Lennon foi assassinado nesta manhã, na porta do edifício Dakota, aonde o cantor morava”.


Veja bem, naquela época não havia Internet:


As notícias chegavam mais rápidas com o “via satélite da Globo”, que demorava demais a receber, mesmo para a TV...


Como John foi assassinado por volta das 23 horas em Nova York, boa parte do mundo só ficou sabendo disso pela manhã, e no meu caso, ouvindo música tomando banho .



Mark Chapman, um fã que acabara de receber um autógrafo do próprio John 5 horas antes, quando este saíra do edificio para ir ao estúdio, atirara nele pelas costas, em seu retorno para casa.


Tudo por que tinha escutado “a voz de Deus” mandando atirar.


Comoção geral... o mundo perdia um dos maiores autores e cantores que já vira:


Basta ver a maioria das letras dos Beatles, que vem assinada: Lennon/Mc Cartney.


Assim, todo dia 8 de dezembro é inesquecível pra mim...talvez até mesmo do que o meu próprio dia 9.


A igreja nunca gostou de Lennon:


Eu disse igreja, e não seus membros.


Ora, se a grande maioria dos líderes eclesiásticos proíbe seus membros de ouvirem “música do mundo”, forçando-os a ouvir a altamente comercial “musica gospel”, imagine (sem paródias) naquela época.


A música Imagine é considerada até hoje uma música do anti-cristo, na cabeça de vários líderes que passaram esse conceito ao seu povo.



O problema é que, se a letra (você vai ver o vídeo com letra na Sessão Revival) for analisada sob o prisma do Cordeiro de Deus do Apocalipse, está correta.


Afinal o céu e a terra lá descritos são diferentes do que estamos acostumados;


Não haverá religiões;


Ora, para quem gosta de uma igreja – e como o povo adora uma igreja - não haverá nem mesmo igrejas:



E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.



E nela não vi templo, porque o seu templo é o Senhor Deus Todo-Poderoso, e o Cordeiro”. ( Apocalipse 21.1,2)



Se visto sob o prisma deste capítulo 21, sob o prisma do Cordeiro de Deus, quem diria:



John está mais certo do que muita teologia que a gente vê por aí...



Cada uma mais doida que a outra...



O homem cuja arma era uma guitarra, papel e lápis- trio inseparável em suas composições, com um piano em vez da guitarra, de vez em quando- mesmo sem querer ou saber, falou algo correto em um campo que não era seu...



Imagine.





Lee



Na Sessão Revival, John Lennon com o clássico Imagine:

http://www.youtube.com/watch?v=jvORQ6_TlYE

A homenagem de Elton John ao amigo, com a inesquecível Empty Garden:


http://www.youtube.com/watch?v=Nb2IvJQADC8



A Notícia no Jornal Nacional da Época:


http://www.youtube.com/watch?v=rnT__59oZLk