domingo, 23 de janeiro de 2011

Fazendo Marketing da Ajuda aos Outros



Por causa das enchentes aqui no Rio, todos se mobilizaram para ajudar quem precisa.



O grande problema é que as pessoas ajudam, mas fazem questão que todos fiquem sabendo que elas estão ajudando , fazendo um grande marketing disso .



Vejo isso nas ruas, nos condomínios, vejo gente tirando sangue e fazendo questão de se declarar doador, e vejo gente fazendo marketing pessoal aonde menos devia: Na Igreja.



Sim, pois esta deveria se lembrar do que Jesus disse nos evangelhos...



Ora, como Ele reparava na real intenção das pessoas, e observava a maneira de atuarem, certa vez Ele comentou sobre esse markenting pessoal...



Ajudar ao próximo é algo que faz parte do evangelho;



Mas fazer propaganda dessa ajuda, não tem nada a ver com evangelho.



"Guardai-vos de fazer a vossa esmola diante dos homens, para serdes vistos por eles; aliás, não tereis galardão junto de vosso Pai, que está nos céus.



Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.



Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita;



Para que a tua esmola seja dada em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, ele mesmo te recompensará publicamente. (Mateus 6.1-4)



Jesus está aqui dizendo que nosso ato de caridade deve ser o mais discreto possível:



De prefêrencia, sem que ninguém esteja vendo – Somente Deus.



Quem faz para ser visto pelos homens já recebeu seu “galardão”, que significa sua “recompensa”, “seu prêmio” - a glória dos homens, a admiração, o reconhecimento destes.



Jesus disse que quem ajuda aos outros, “não toca trombeta” diante de si:



Antigamente, quando o Rei ia falar ao povo, uma trombeta era tocada, e todos paravam o que estavam fazendo, e caminhavam até o pátio real para ouvir o que este tinha a dizer.



Ele disse que quem faz marketing de sua ajuda, de sua contribuição, de seus donativos, de uma simples esmola que dá para um mendigo na rua, age da mesma maneira.




Quem age dessa forma, Só quer chamar atenção para si...esse é o espírito da propaganda.




Jesus disse que no evangelho, o espírito da doação é para ser algo tão discreto, que “nem uma mão deve se lembrar do que a outra fez”- simples dessa forma.



Ele disse que os hipócritas nas sinagogas (igrejas) e das ruas, davam sua oferta pra ser glorificado pelos homens – e tão somente por estes, pois Deus não os reconhecia.



Mas Ele também disse algo muito importante para quem dá em segredo:



Não só ganha o reconhecimento de Deus pelo seu ato, o que por si só já seria suficiente...



Ele disse que “ teu Pai, que te vê em secreto, ele mesmo te recompensará publicamente".



Cabe a nós saber com que espírito estamos ajudando vítimas de enchentes, de desastres, ou mesmo dando uma simples esmola na esquina:



Se com o espírito dos homens, para ser reconhecido por estes...



Ou se com o espírito do evangelho.



Lee