quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Um Amor Por Contrato


Uma Família "Perfeita"

É um dos filmes mais interessantes sobre família e círculo social da mesma, que vi.


A família é fake:



Todos são contratados por uma empresa, a fim de divulgar os produtos desta, para que vendam seus produtos - e vendam muito.


Assim, o “marido” influencia outros maridos, no jogo de golfe, etc;


A mulher, influencia a muherada no salão de beleza, e nas festas;


Os filhos adolescentes influenciam na escola, e nas festas.


Um sistema de vendas tipo Amway – existem várias famílias fakes ao redor do mundo, assim como a 'família Jones'.


Vendem de batons, shampoos, roupas, tacos de golfe, a carrões tipo Audi.


O problema é que, mesmo sendo família fake, esta acaba tendo o que cada família tem:


Problemas...e que não são fakes.


Pra quem entra no cinema pensando que vai ver uma comédia romântica, leve, esqueça:


O filme é uma comédia dramática...


E nos faz refletir...


Nos faz refletir na inveja, na vaidade, no consumismo banal, na busca desenfreada por bens inúteis, na vida de aparência, e na destruição que isso tudo provoca na alma das pessoas.


Sim, pois quando Jesus disse que de nada adiantava ao homem “ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma”, Ele sabia que essa busca desenfreada pode matar uma pessoa.


E isso acontece tanto no filme, quanto na vida.



E a vida de aparências?



Minha namorada se sentiu mal em ver certas cenas...



Lembrou-se da vida de aparência que tinha quando era casada, mas tudo era um caos...


E mesmo assim, tinha que sorrir para os outros, como muitos continuam fazendo até hoje:



Isso não é ficção...não é filme...infelizmente, é vida real para muitos...



Que fazem um amor por contrato:



Você pode até ter o corpo de uma pessoa;



Pode até ter um papel assinado, com esta;



Pode ter filhos, com esta;



Pode enchê-la de brilhantes, se for mulher;



Pode dar um carrão pra ele, de presente;



Mas amor, esse não tem contrato – este, não se compra - O amor, é livre.



Ainda bem que, no filme, um personagem tem um lampejo, e quer sair da vida fake...



Para sair da vida fake, sempre precisamos abrir mão de várias coisas.



Eu bem sei o que é isso...e também sei como dói esse processo.



Mas só então é quando experimentamos uma liberdade da alma.



No mais, foi ótimo rever Demi Moore e David Duchovny, como o casal fake.



Será que eles ficaram assim?



Vá ver o filme, pra saber...

É um filminho bom para o Vice- Presidente Michel Temer ver com sua esposa.



Lee

Na Sessão Revival , o trailer de Amor por Contrato:

http://www.youtube.com/watch?v=zksl7MSmpRc