sexta-feira, 22 de abril de 2011

Enforcado


"Bem sabeis que daqui a dois dias é a páscoa; e o Filho do homem será entregue para ser crucificado.


E disse: Que me quereis dar, e eu vo-lo entregarei? E eles lhe pesaram trinta moedas de prata,


E desde então buscava oportunidade para o entregar.


E, chegada a tarde, assentou-se à mesa com os doze.


E, comendo eles, disse: Em verdade vos digo que um de vós me há de trair.


O que põe comigo a mão no prato, esse me há de trair.


Em verdade o Filho do homem vai, como acerca dele está escrito, mas ai daquele homem por quem o Filho do homem é traído! Bom seria para esse homem se não houvera nascido.


E, respondendo Judas, o que o traía, disse: Porventura sou eu, Rabi?


Ele disse: Tu o disseste. (Mateus 26, editado)


Judas caminhou ao lado de Jesus por mais de mil dias.


Teve a oportunidade de ver coisas com os próprios olhos – e não de ouvir contar – que nós nunca tivemos, e mesmo assim, pela fé, acreditamos – ele viu “ao vivo”.


Os ensinamentos que nós obtivemos pelo conhecimento do evangelho, ele viu no dia a dia.


Ele viu Jesus multiplicar pães para uma multidão de mais de cinco mil pessoas;


Viu curar um número enorme de enfermos, o que incluía cegos, mancos, leprosos, deformados, e coisas não descritas no texto;

Ele viu Jesus expulsar demônios de pessoas – incluindo aí espíritos que se transferiram para uma manada de porcos, que se jogaram de um precipício , deixando todos pasmos;


Até na hora da traição, ele viu milagre – quando Jesus colocou a orelha do soldado no lugar, após esta ter sido decepada pelo golpe de Pedro, que reagiu a emboscada.


Se isso aconteceu com quem estava ao lado, imagina como pode acontecer conosco.


Sim, pois a leva de ex – alguma coisa no mundo cristão vive aumentando a cada dia...


Para cada pessoa que está numa igreja, existem cinco que já pertenceram a ela.


E esse número aumentará mais, pois Jesus disse que o amor de muitos esfriaria cada vez mais...


Não estou falando aqui de decepcionados com igreja- muitos deles, confundem igreja com o evangelho, e aí quebram a cara mesmo, pois são coisas distintas.


Jesus disse que Ele era o caminho, e não a igreja...


Esta, deveria indicá-lo, mas infelizmente, muitas vezes afasta do caminho.


Falo aqui de quem, como Judas, experimentou, teve a oportunidade de vivenciar, mas seu coração, ainda assim, era cheio de ganância...


Pois o nosso coração tem uma faísca de ganância, que dependendo de onde estivermos- assim como Judas, que virou “religioso” por se “acostumar ao meio” – podemos nos comportar de forma igual.


Que possamos estar sempre sondando nossos corações:


Para seguirmos firmes na caminhada, que por mais difícil que possa estar sendo, sabemos, pela fé, que seremos recompensados no final.


Ah, Judas, no quesito milagres, presenciou até a cura da orelha do soldado...na sexta.


Ainda tinha tempo para se arrepender e presenciar o milagre da ressureição, no domingo.


Mas trocou tudo por um saco com 30 moedas de pratas, que nem chegou a usar:


Se enforcou de tanto remorso...


O peso na consciência estava tão pesado, que o galho arrebentou, e seu corpo se rasgou, deixando as vísceras de fora.


Lee