sábado, 26 de novembro de 2011

Dias das Trevas – Você se Prepara para eles?


Porém, se o homem viver muitos anos, e em todos eles se alegrar, também se deve lembrar dos dias das trevas, porque hão de ser muitos. Tudo quanto sucede é vaidade.
(Eclesiastes 11:8 )


Em toda companhia que se preze, existe o chamado plano de contingência, que são as medidas a serem tomadas para a imediata recuperação de suas atividades normais.


Os incidentes mais comuns que causam a contingência na área de sistemas operacionais são:


Incêndios, ataques de hackers, greves, falta de energia, sabotagem, vazamentos químicos e radioativos, terremotos, furacões, atentados terroristas, acidentes.


Nas companhias aéreas, em caso de acidentes fatais, promovem a vinda de parentes em seus vôos, hospedagem dos mesmos em hotéis, Psicólogos, etc...


No fim, quase sempre põe a culpa no piloto, mas elas também tem um preparo nesse sentido.


No Estado, temos controle de catástrofes (em um mês, o Japão reconstruiu a estrada de acesso a Fukushima, quando houve o acidente nuclear) e controle contra rebeliões em presídios, e outros sobre caos urbano em cidades.


Mas em nossas vidas, raramente nos preparamos para enfrentar os “dias das trevas.


Não ter um plano de saúde para a hora em que for preciso, mas gastar o equivalente com futilidades:

Conheço um senhor que volta e meia bate no Souza Aguiar (Jurássico hospital da rede pública aqui do Rio), que gasta em rodadas de cerveja, 200 reais por semana...


Ele prefere gastar mil reais por mês bebendo e pagando cerveja para os amigos, a fazer um plano para ele.


E o Plano funeral? Todo mundo acha que não vai morrer, em especial os mais novos.

Aí, quando acontece, quem tá vivo que se vire pra pagar um caixão decente, que não é nada barato :


Um Funeral simples pode custar em média dois mil reais.


Fazer um seguro, economizar tanto por mês para cobrir despesas inesperadas;


Ou mesmo para um caso de ficar desempregado por determinado tempo.


O escritor de Eclesiastes diz que nós devemos nos lembrar do dias das trevas:


Estes, serão muitos.


O ensinamento bíblico sempre foi esse, mas vivemos tempos em que outros pregadores, ao contrário do de Eclesiastes, só pregam saúde, abundância, felicidade e prosperidade aqui na terra, gerando sentimento de culpa e confusão pra quem chega o “dia escuro”.


Infelizmente, não gostamos de dias de trevas...


E talvez por isso, ficamos vulneráveis para enfrentá-los.


Lee, passando alguns desses dias com o joelho operado, mas tendo se preparado antes e depois da operação para atravessá-los.