domingo, 12 de fevereiro de 2012

Quando as Baleias vão a Justiça



Nos Estados Unidos, cinco baleias orcas entraram com um processo na Justiça contra o parque aquático Sea World.

Elas alegam que trabalham todos os dias, sem descanso, o que configura escravidão;

Alegam também que seus alojamentos, ou seja, os tanques em que são guardadas, mal tem espaço suficiente para se movimentarem, como na foto acima.

É claro que não foram as baleias que entraram com a ação...

Foi a PETA, uma espécie de sociedade protetora dos animais Internacional.

Mas na verdade, as baleias querem apenas serem baleias:

Nadar pelo oceano, seu habitat natural, e não serem palhaços de circo aquático...

O mesmo vale para os golfinhos desse parque, que são atraídos até a costa japonesa em armadilhas, e os mais bonitos são vendidos para o Seaworld...

Os mais "feinhos", desbotados no brilho ou defeituosos, em vez de devolvidos ao mar, são abatidos a facões e machados...sabia disso?

Um dos documentários candidatos ao Oscar ano passado era sobre essa ilha, nem sei se venceu, eu não quis ver as cenas (tem no Youtube, só teclar 'massacre de golfinhos no Japão').

O mesmo vale para as focas.

Quanto ao Zoológico, depende do mesmo...

É melhor ser sobrevivente de espécie num zoológico de alto nível, que reproduz ao máximo o ambiente natural do animal, com veterinários e comida apropriada, do que ver os animais sendo mortos por caçadores africanos, o que vem reduzindo a população de Felinos e de Símios, ao redor do mundo.

Tudo para ter uma cabeça de Leão pendurada na parede;

Ou um cinzeiro de pata de Gorila, na casa de um aristocrata.

Sem falar no passado recente, onde animais de circo viviam sendo maltratados, mal tinham o que comer, encurralados numa cela, e expostos ao ridículo:

Achavam o máximo um Urso pedalando numa pequena bicicleta...

"O justo tem consideração pela vida dos seus animais, mas as afeições dos ímpios são cruéis". (Provérbios 12:10)

Aqui no Brasil, temos o Projeto Tamar, que já salvou a vida de mais de 25 mil Tartarugas Marinhas...

É proibido comer carne de Tartaruga na costa da Bahia, pois se continuasse no ritmo que estava, não haveria mais Tartarugas no Brasil.

Devemos sempre ajudar os animais, numa época em que temos visto o bicho homem ser cada vez mais cruéis com eles, tanto os animais domésticos, quanto os selvagens.

"Se vires o jumento que é de teu irmão, ou o seu boi, caídos no caminho, não te desviarás deles; sem falta o ajudarás a levantá-los". (Deuteronômio 22:4)

O "amor ao próximo", se estende aos animais - Pouca gente entende isso.

Lee