terça-feira, 31 de dezembro de 2013

A Cada Ano que se inicia, existe uma nova Contagem de Vida


O que dizer no fim de mais um ano?

Muita gente passou por lutas nesse ano que se finda.

Talvez alguns planos não deram certo, ou tiveram que ser adiados.

Talvez algum ente querido se foi...

Desilusões, frustrações, depressões.

Mas a cada ano que se inicia, existe uma nova contagem de vida:

O preso,conta os dias que falta para ter sua liberdade;

A mãe grávida, os meses para o parto;

O estudante, os anos que restam para se formar;

O veterano, o tempo que resta para aposentadoria;

O ancião, o tempo que ainda lhe resta na vida;

O adolescente, o tempo que falta para fazer 18 anos;

O trabalhador, o tempo de chegar logo as suas férias;

O agricultor, o tempo que falta para a colheita...

Estamos sempre fazendo uma contagem regressiva.

Creia no que Salomão, "o sábio", disse sobre planos, é valido até hoje:

"Em seu coração o homem planeja o seu caminho, mas o Senhor determina os seus passos"(Provérbios 16:9).

Siga a jornada da vida.

Mas se tiver que haver "reajustes de percurso", o faça.

Creia que Deus estará presente tanto nos dias bons, como nos dias maus.

Uma nova contagem se inicia em nossas vidas, e com fé, Ele guiará nossos passos.

Feliz ano novo!!

Lee









sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

As Dores de Alma de quem cuida das Almas


Domingo passado, Padre Marcelo Rossi confessou sua depressão profunda no Fantástico:

Perdeu 40 quilos, vive tropeçando e caindo na esteira em que se exercita, e está muito magro e abatido.

Eis que vejo que em um Mês, 3 Pastores americanos, de renomadas igrejas, cometeram suicídio - Um se matou com um tiro na cabeça.

O filho de Rick Warren, Pastor influente na América,e que orou na primeira posse de Obama, se suicidou.

E no final do mês de novembro, uma menina que eu conheci, que era da equipe de louvor de uma grande Igreja Batista Carioca há anos, após uma luta ferina contra a depressão, perdeu a batalha contra esta, se jogando de uma cobertura, quando estava vendo um apartamento para alugar.

Estranho? Espanta quando nos damos conta, mas infelizmente, é mais comum do que se imagina, entre aqueles que lideram os Rebanhos - e não tem coração de lobo, mas de cordeiros - A depressão, e vontade de morrer.

Segundo o Instituto Schaeffer, 70% dos pastores lutam constantemente com a depressão, e 71% estão “esgotados”.

Além disso, 72% dos pastores dizem que só estudam a Bíblia quando precisam preparar sermões, 80% acredita que o ministério pastoral afeta negativamente as suas famílias, e 70% dizem não ter um “amigo próximo”.

O Instituto Schaeffer também estima que 80% dos estudantes de seminário (incluindo os recém-formados) irão abandonar o ministério dentro de cinco anos(Gospelprime, extraído da Charisma news).

Há muito tempo, vejo essas coisas acontecendo...isso, porque a pesquisa não foi até as esposas de Pastores - Eu mesmo conheci duas que já tentaram se matar.

E por que essas coisas ocorrem no meio cristão...justamente com quem deveria abastecer o rebanho?

São várias as causas mais podemos destacar, entre várias:

1 - A Síndrome da Família Perfeita

Maldito é o Pastor que aceita essa perspectiva de "família modelo". A mulher sofre, os filhos sofrem, em especial os mais novos, deixando de serem crianças e adolescentes normais, por causa de imposição e fiscalização de igreja.
O problema é que um fariseu vem logo com o texto:

Ele (o Pastor) deve governar bem sua própria família, tendo os filhos sujeitos a ele, com toda a dignidade. Pois, se alguém não sabe governar sua própria família, como poderá cuidar da igreja de Deus?” (I Timóteo 3.4 – 5).

Sem a perspectiva do amor que Jesus falou, vira manual pra comportamento de Pastor - Coitado de quem vive debaixo desse jugo.

2 - A Síndrome do Sucesso Ministerial

Querer, ter, ficar maior, multidões,sinais externos e humanos de sucesso, tv, rádio, falar em congressos. Enquanto o evangelho ensina justamente o contrário - Repartir, sentar atrás, caminhar a segunda milha, etc.

Quem segue o modelo de sucesso ministerial desse mundo, e não do evangelho, pode até ter sucesso segundo os homens, mas existe um preço muito grande a ser cobrado, e alma não vai aguentar.

3- A Ingratidão das Pessoas

Muitas vezes, o Rebanho é injusto. Se esquece que ali vive "gente como a gente",que só se disponibilizou a cumprir uma missão sacerdotal. Exigem e sugam até a raiz da alma,e quando não servem mais, segundo o padrão deles,dão um pé na bunda.Simples e terrivelmente, assim.

4- A Imersão apenas Ministerial, se Esquecendo de viver

Pastor tem que ir a Praia, a Floresta, Jogar bola, fazer exercícios físicos - uma Arte Marcial ajuda - fazer musculação, tirar férias, passear com a família, ir ao cinema, ler livros que não sejam só de Teologia.

Alguns se envergonham de tentar fazer isso, e alguém da igreja descobrir...e daí? outros, ainda tem praia e cinema como "pecado", por exemplo, isso ainda é muito comum. Pastor nunca vai precisar fazer sermão "obrigado" quando der um mergulho num rio, numa praia, de respirar o ar fresco da mata, da Floresta. Pastor tem que viver, fazer faculdade fora de sua área, estudar.

Pastor tem que viver tudo isso - E aí sim, orar, preparar sermão e estudo, nada disso será enfado.

5- Deve se Preparar para ter outra ocupação, que não seja Ministerial

Conheci um pastor que levou pé na bunda de igreja, após 20 anos na mesma, por motivo de perseguição.De uma hora pra outra, estava desempregado, aos 48 anos de idade, e com 4 filhos e esposa.

Se não tivesse estudado enquanto teve a oportunidade, o que iria fazer da vida? Mas cursou direito, e viveu somente como advogado por seis anos, até que novamente voltou ao ministério, em uma igreja menor, e sem depender financeiramente da mesma.O que entrava, era bem vindo, mas ele tinha o dele.

Em geral, é bom conciliar uma atividade paralela, como Professor, Psicólogo, Funcionário Público, etc, para que não fique "refém" de igreja.

Todos tem alma, e alma muitas vezes, sofre ferimentos ao longo do caminho...imagine os responsáveis por ouvir tantas histórias, saber tanta coisa, sobre tanta gente.

Quem cuida de almas, também tem dor de alma.

Lee




quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Israel, a Disney Evangélica dos Crentes


Israel se tornou a Disney Evangélica dos crentes.

Na foto acima,vendedores de agência de viagens especializada em Israel se vestem de beduínos para atrair fregueses, com direito a camelo e tudo, durante feira gospel em São Paulo.

Todos os anos milhares de brasileiros das igrejas evangélicas, em sua maior totalidade, saem para conhecer Israel e passar pelos locais por onde Jesus passou.

Diversas denominações e ministérios realizam caravanas com destino à Terra Santa promovendo passeios que variam de 4 a 12 mil reais, dependendo do pacote.

O sonho de vários crentes, é de se batizar no mesmo Rio Jordão que Jesus se batizou, e mesmo quem já é batizado nas águas, ao lá chegar, não resiste, e "se batiza" novamente.

Vejo que Israel se transformou na Disney Evangélica, quando de uns tempos pra cá, aumentou a oferta de pacotes turísticos vinculados á Igrejas:

Igrejas essas, em que o Pastor líder se torna o garoto propaganda da agência que vai levar o grupo, e claro, fatura uma comissão em cima ;

Quando o desejo de visitar a "Terra Santa" mais parece uma obrigação, tal como o Ramadan do Alcorão (Nono mês do calendário Islâmico, para renovação da fé);

Quando os crentes que foram se sentem superiores aos que não foram, quando voltam á igreja, destilando uma "vaidade santa";

Quando acham que, ao participarem dessa viagem, estão protegidos das agruras da vida (por terem se batizado no Jordão, por exemplo)- Protegidos "espiritualmente", ou seja, não adoecerão, passarão dificuldades, etc;

Quando acham que, pelo esforço feito (Via sacra,Monte das Oliveiras,Tumba de Cristo), Deus irá abençoá-los,esperam receber algo em troca.

Alguns voltam com uma versão da Síndrome de Jerusalém (pessoas que visitam Israel, e por distúrbio psicológico, acabam se achando o próprio Messias), no caso,a "Síndrome da Santidade"- Se achando mais santo do que quem não foi.

Virou moda igreja ou ministérios,em especial os de maior poder aquisitivo, passearem em Israel.

Lucram agências turísticas, agências de viagem,Igrejas, pastores líderes de caravanas, Guias turísticos malandros, vendedores espertos, que vendem desde "mantos de Jesus", até "canecos da Santa Ceia".

O sentido histórico- cultural é muitas vezes relegado a segundo plano, buscando-se a ênfase metafísica, um 'pentecostalismo judaico', Uma "sobrenaturalidade Cristã",em ação.

Um dia, tal os personagens da Disney, veremos Jesus e os 12 discípulos, crucificação, e todo aquele teatro gospel que a gente vê em igreja na época da Páscoa, por lá.

Escolha sua caravana e embarque nessa, porque eu, to fora.

Se um dia eu for, será em outros moldes, jamais no "gospel show'

Lee



domingo, 10 de novembro de 2013

Cheiro do Cigarro e o Cheiro da Vida


Eu sempre fui atraído pelo cheiro do cigarro.

Vi meu pai fumando desde os 6 anos de idade, e talvez isso possa ter influenciado...

Já que ele gostava, devia ser uma coisa boa.

Até que um dia na escola, assisti uma palestra sobre tabagismo, isso devia ser na terceira série - Fiquei horrorizado, pois achava, em minha inocência, que ele não sabia disso...

Contei a ele, que estava fumando no momento, ele fingiu que não sabia e apagou o cigarro, fingindo que não ia mais fumar - Morreu com um maço de Marlboro na antiga "capanga(espécie de bolsa a tira colo masculina, comum nos anos 70), cerca de dez anos depois desse episódio:

Deixou uma coleção de cinzeiros do mundo todo.

A solidão fazia ele fumar, pois nos quase 40 anos de Marinha, foram muitas longas viagens de navio - E a solidão é uma das causas do fumo, pois o cigarro se torna uma espécie de companhia - Tanto para homens, quanto para mulheres.

Antigamente, antes das leis de restrições ao fumo (só em Nova York, é proibido fumar em mais de 1.700 lugares, incluindo aí o ar livre)fumar tinha glamour:

Nos filmes, quase todos os personagens fumavam...era chique o homem acender o cigarro da mulher, com um belo isqueiro.

Várias meninas começaram a fumar por isso, achavam bonito. Muita gente começou a fumar, porquê viam nos filmes Hollywoodianos, e a moda era copiar cortes de cabelo, roupas, e o...cigarro.

A verdade é que nos anos 50,nos EUA, pouco se sabia dos males do fumo, até começarem as pesquisas.

Assim, fumar era normal, tanto o cigarrinho da roça, quanto na cidade, no Brasil foi assim também.

Os missionários americanos, que trouxeram o evangelho ao Brasil, fumavam normalmente.

O Pastor era visto fumando seu cigarrinho na rua, nos seus afazeres.

Nunca tiveram problema com isso...afinal, até há bem pouco tempo atrás, havia salas de fumo nas grandes igrejas, tanto nos EUA quanto na Europa:

Eu mesmo estive em uma com meu pai, em Londres, quando estes se confraternizavam num salão de uma Igreja,quando eu era pequeno.

Martin Luther King só foi alvejado na sacada do hotel onde estava, porquê saiu pra fumar um cigarro.

O problema do fumo entre os "crentes" só surgiu na terceira geração de missionários que vieram ao Brasil, que começou a dizer que aquilo era "pecado".

Mas você pode fumar e "ir pro céu" - talvez mais cedo...o fato é que vai fazer mal ao pulmão, mas não tem nada a ver com vida eterna.

Experimente almoçar todos os dias no MacDonalds, pra ver se o efeito não é o mesmo.

Enfim, apesar de sempre ter sido atraído pelo cheiro- até hoje - e de ter convivido com pai, tios e tias fumantes, nunca fumei.

Acendi vários cigarros para outros na vida, mas nunca pra mim mesmo.

Talvez porquê encontrei na vida cheiros que me atraíam mais:

Cheiro do mar, na praia;

Cheiro do mato, na floresta;

Cheiro de terra molhada, uma delícia;

Cheiro da chuva, quando em terreno aberto.

Talvez não sentisse esses cheiros, se estivesse fumando:

Era provável que o cigarro estivesse afetando meu olfato, e não conseguisse sentir o cheiro da natureza.

Preferi o cheiro da vida.

"Tudo me é permitido", mas nem tudo convém. "Tudo me é permitido", mas eu não deixarei que nada domine (1 Coríntios 6:12)

Lee

domingo, 3 de novembro de 2013

Sobre Cosme & Damião, Halloween, e Girafas demoníacas


Foi uma sequência difícil para os crentes, em se tratando de datas, em que vários líderes do meio gostam de impor a seus fiéis proibições relacionadas á "macumba", feitiçaria, e "jogos demoníacos":

Cosme e Damião(27 de setembro),Halloween (31 de outubro), e a brincadeira da girafa, que rolou no Facebook, por estes dias.

E Isso porque ainda nem chegamos ao Natal, aonde alguns pastores conseguiram estragar vidas, pois relacionaram o mesmo á ação satânica...mas isto é assunto para outro post.

Jesus disse sobre os Fariseus - Os Mestres da religião do tempo Dele:

"Eles atam fardos pesados e os colocam sobre os ombros dos homens, mas eles mesmos não estão dispostos a levantar um só dedo para movê-los" (Mateus 23:4)

Criança evangélica fica frustrada por não pegar doce em Cosme & Damião, alguns pais ainda compram um saco de doce pra tentar aliviar a frustração da criança. Mas a maioria não: Diz que é 'do diabo', e não pode, e ponto final.

Nunca "passei mal", quando minha mãe, evangélica, proibia - Comia na rua com os amigos da escola, nem precisava correr atrás, sempre alguém entregava.

Nunca fiquei sob "possessão", "influência maligna",nada.

Nenhuma amiguinha minha virou "Carrie, a Estranha", nunca vi ninguém se transformar numa criatura de filme de terror.

Enfim, se alguém tá pagando promessa com doce, "consagrou a santo",nenhum dos vários suspiros que comi (escondido, claro) me "atingiu".

Botavam um terror, em vez de, ao menos tentar explicar o que criam, sob uma lógica de amor á criança.

Já o Halloween, veio de 2.500 anos atrás, dos Celtas. Mas foi perdendo o cunho "místico" ao longo do tempo.

Halloween foi introduzido nos Estados Unidos por imigrantes irlandeses, em 1840.

Os vínculos com a tradição celta, e mesmo com a religiosidade incutida pela Igreja foram se perdendo com o passar dos anos. Atualmente, o Halloween é mais uma tradição de cunho comercial.

No dia 31 de outubro as crianças saem para a rua fantasiadas, batendo na porta das casas, e dizendo a frase tradicional: “travessuras ou gostosuras”, para ganhar doces. Entre os adultos, é comum a decoração das casas e a troca de presentes.

O Halloween foi difundido pelo mundo pelo cinema americano.

No Brasil, além da televisão, as escolas de idiomas introduziram a festa entre as crianças e os jovens.

A introdução de uma festa que não tem a ver com a cultura brasileira foi motivo de protestos anti- americanos, o que levou o governo a criar, em 2005, o Dia do Saci, comemorado no mesmo dia do Halloween: Não colou.

Mas creio que o que mais incomoda alguns pastores é o fato de o Halloween ser exatamente no dia em que se comemora a reforma protestante - 31 de outubro, quando Lutero fixou a suas 95 teses na Igreja de Wittenberg, na Alemanha, e rompeu com a Igreja católica:


Eles dizem que é "tática do diabo", pra não se lembrar da data...

Por último, algum perturbado gospel afirmou que a brincadeira de trocar a foto do perfil do Facebook, por uma Girafa, era um jogo demoníaco(se alguém errasse a charada da brincadeira, era obrigado a colocar a foto de uma Girafa em seu perfil - me mandaram a brincadeira, mas achei idiota demais pra participar).


Essa, não dá nem pra comentar...é o tipo de pessoa que, como disse Jesus:


"Guias cegos! Vocês coam um mosquito, e engolem um camelo!" (Mateus 23,24)

O autor dessa pérola, tinha que trocar a foto dele no perfil do Facebook, não por uma de um camelo:

Colocava uma de burro, que cairia bem.

E assim segue os perturbados Gospel, até a próxima estação:


O Natal. Papai Noel e a árvore serão os Judas da vez, mês que vem.


Lee




segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Quando o Cristianismo sufocou o Evangelho



Os documentários estão dando um show á parte nesse Festival de Filmes do Rio.

"Blackfish", sobre os maus tratos com as baleias do Seaworld, foi um dos melhores que eu vi.

Mas domingo passado, vi dois documentários religiosos que me deixaram muito triste.

O primeiro, foi sobre os casos de pedofilia na Igreja Católica, em especial o Padre Murphy, que nos anos 60, molestou mais de 200 crianças, incluindo Surdos- Mudos.

O Doc nos mostra como até o então Cardeal Ratzinger, que depois virou Papa, ajudou a empurrar com a barriga a questão, não fazendo nada, mesmo com conhecimento dos casos.

De estômago já embrulhado, zarpei de Botafogo até o Centro do Rio, para ver no Centro Cultural da Justiça Federal outro Doc, que havia sido adiado: "Deus Ama Uganda".

Mal sabia o que estava me esperando...o filme anterior, forte, era só o "couvert" do que viria a seguir.

"Deus ama Uganda" acerta ao colocar dois Pastores Ugandenses fazendo a narrativa do que os missionários americanos fizeram em seu país:

Em vez de ensinarem, conforme o Evangelho, a "amar ao próximo", estes vieram com o sistema religioso de seu país, pregando o ódio, o preconceito, e semeando entre os políticos locais a perseguição, o denuncismo, contra os homossexuais de Uganda.

Sim, pois existe um projeto de lei em pauta de votação, com grandes chances de passar, em que um gay pode ser condenado a prisão perpétua, ou mesmo pena de morte, dependendo do caso.

Cerca de 85% de Uganda é cristã, mas doutrinada por igrejas fundamentalistas, que com suas doutrinas cristãs -legalistas, tem provocado uma ruptura na nação, pois não existe nada de evangelho nelas.

Meu coração começou a se entristecer com o que via, e minha alma, que parecia se rasgar, não aguentou:

Assim que acabou a sessão, eu, que estava em um dos últimos bancos, corri para o banheiro, na tentativa de misturar as lágrimas a água, pois fingia lavar o rosto, já com os olhos vermelhos.

Não funcionou:

Assim que saí do Centro Cultural, me sentei em um banco em plena Cinelândia, e comecei a chorar...

Pois naquele domingo, chorei ao ver o Cristianismo, com seu sistema religioso, sufocar o Evangelho, com seus Padres e Pastores.

Domingo Triste.

Lee

sábado, 27 de julho de 2013

Sai da Igreja e vem pra Rua Viver



O Papa pediu que a Igreja "vá para as ruas".

Ora, boa parte do ministério de Jesus foi nas ruas, apesar de pregar também eventualmente nas sinagogas, e em casas.

Porquê a igreja se enclausurou dentro de si mesma?

E aqui falo por igreja, a feita de Tijolo, já que como "igreja viva", somos cada um uma célula da mesma, um "corpo vivo".

Na Católica, isso de se enclausurar vem de muito tempo, e sempre foi muito forte:

Desde os Mosteiros e internatos, com a idéia de se afastar das coisas terrenas, dos pecados do mundo,etc.

A Igreja Protestante, infelizmente, também absorveu essa idéia.

Já no Brasil, que foi evangelizado pelos Jesúítas - Fortes educadores católicos com suas escolas - seguiu no mesmo ritmo, desde sua fundação.

Já os missionários Suecos, que evangelizaram Belém do Pará, vindo das Assembléias de Deus Suecas, seguiram o mesmo ritmo no Norte do país;

Os missionários Batistas americanos, trouxeram o "domingo é dia de estar na Igreja", para a região Sudeste;

E os missionários Luteranos fizeram os mesmo no Sul do país.

Assim, a idéia de evangelização, em muitas igrejas até hoje, é a de "levar um visitante na igreja", para que este escute a mensagem;

Ao contrário do que diz o Evangelho:

E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura.
(Marcos 16:15)

Mas Jesus queria que seus discípulos influenciassem a sociedade para o bem, por isso dava exemplos toda hora com histórias do cotidiano, e dizendo "Tá vendo aí? não façam como eles fazem"...os discípulos tinham dificuldade de enter muita coisa, que algumas estavam enraizada neles - fazia parte do "comum", do cotidiano.

Não era só pregar, mas vivenciar o mundo com o evangelho.

No tempo de Jesus, não tinha esse show que virou o culto de nossos tempos, com bandas e cantores gospel e seus cachês milionários, pastores pedindo dinheiro pro ministério e comprando jatinho,programas multimilionários de TV.

A liturgia da Sinagoga era muito simples, nem "boletim" tinha. Jesus algumas vezes ensinava dentro delas, mas preferia estar ao ar livre com o Povo (Lucas 5).

Dogmas a parte, Francisco está tentando resgatar o sentido inicial da igreja:

Caminhar entre o povo, e influenciar o mundo com o evangelho, no dia a dia.

Tem muito Pastor metido a próspero que não vai gostar desse discurso.

Lee




sexta-feira, 19 de julho de 2013

A Ring Girl Peladona e o Desfile de Ester



“Deus olha o nosso coração e a nossa intenção”, defende-se Aline Franzoi.

Essa é a desculpa para a ex Ring Girl da versão brasileira do UFC, que vai sair na capa da Playboy, em setembro.

Como hoje em dia tudo é gospel, nada mais natural que uma "coelhinha gospel".

Mas quem se lembrar da História de Ester, encontrada no livro de mesmo nome, no Antigo Testamento (e que passou até em mini série da Record), vai lembrar que a mesma, por circunstâncias, acabou tendo que "virar modelo".

O Rei Assuero mandou vir moças "virgens e formosas", de todas as 127 cidades de seu reino, para escolher uma nova Rainha para si.

Ester como uma participante de um concurso de beleza,desfilou diante do rei:

Pela providência divina, ela venceu o concurso,e foi escolhida para ser a nova rainha, e libertar, mediante pedido dela, o seu povo Judeu, pois assim havia decretado o Rei anteriormente.(Ester capítulos 1-5)

Ou seja, bem diferente da Ring Girl, né?

Curioso é que essas modelos primeiro saem peladas, fazem filmes pornô, e aí, se convertem-Talvez por já não estarem mais na mídia, e vão dar testemunho dos "tempos de sacanagem".

Parece que a Ring Girl tá fazendo um caminho inverso.

O que vejo hoje em dia, é gente transformando o evangelho naquilo que lhe é conveniente, a fim de se aproveitar financeiramente de uma oportunidade, bancando o termo Gospel, que de tão batido, já está tomando um cunho pejorativo.

Espécie de "evangélico não praticante"...mas "evangélico".

E alguém tem de ler o seguinte verso pra Ring Girl:

"O homem vê o exterior, porém o Senhor, o coração." (1 Samuel 16.7.)

Sim, só o Senhor vê a intenção do coração...

Mas alguém aí ficava olhando pra placa que ela levantava??

Alguém vai olhar pro "coração" dela nas fotos peladona??

Vão olhar é pra "sarça ardente".

Lee





sábado, 13 de julho de 2013

O Dia em Que Superman Foi a Igreja


Acabei de ver "Homem de Aço", novo filme do Superman.

Conforme prometido, o diretor fez referências a Cristo, e eu estava de olho nelas:

Superman estava desde pequeno na terra, mas sua missão só começou aos 33 anos;

Jesus também só começou seu ministério aqui na terra aos 33 anos.

Jesus saiu de seu mundo (o céu), adotando um novo lar, com pais adotivos;

Da mesma forma o fez Kal- El, sendo aqui na terra adotado pelos Kents.

Jesus nasceu em Belém, mas foi criado em Nazaré, que a época era uma cidadezinha pequena e sem importância;

Clark foi criado no Kansas, em Smalville, uma cidadezinha do interior, bem na roça.

A grande diferença, é que no filme, há uma cena em que o Super, em busca de conforto espiritual para sua angústia (salvar ou não Krypton), vai até uma igreja, e desabafa com um Padre.

Jesus, aos 12 anos, também foi numa igreja (Sinagoga), mas deu um banho de conhecimento nos Sacerdotes e Mestres da lei:

"Quando ele completou doze anos de idade, eles subiram à festa, conforme o costume.

Depois de três dias o encontraram no templo, sentado entre os mestres, ouvindo-os e fazendo-lhes perguntas.

Todos os que o ouviam ficavam maravilhados com o seu entendimento e com as suas respostas.

Quando seus pais o viram, ficaram perplexos".

(Lucas 2:42,46-48)

Enfim, acho esse texto bem...super...rss!

Quanto ao filme em si, há trechos que dão sono (dormi uns 5 minutos - quem tiver cansado, talvez embale, ele é longo), e existem ganchos que deverão ser aproveitados na sequência, e outros que diferem dos quadrinhos:

Existe um caminhão da LEXCORP que explode nele. Lex Luthor é o principal inimigo do Superman, deve ficar pro segundo filme;

Se há referências a toda hora a Krypton, cadê a Kryptonita? Nesse, ela não aparece;

Clark só vira repórter no fim do filme - Aonde está Jimmy Olsen na redação?

Perry White, agora, é negão - O Morpheu Lawrence Fisburne;

E cá entre nós, a Lois Lane dos filmes da década de 80 dá de dez na Amy Adams.

Quanto ao Super?

Bem, ele tentou ser o vampiro "emo" de Crepúsculo, e não conseguiu;

Quase foi o novo 007, perdendo para Daniel Craig;

Quase foi o Superman falido de 2006, ainda bem que não conseguiu.

Ainda é cedo pra falar de Henry Cavill, mas o uniforme lhe caiu bem...

E pra quem foi figurante em filme de Russel Crowe, agora, este é pai dele no novo filme.

E assim como o S no uniforme não tem nada a ver com Super, mas sim com esperança(segundo o filme, é a inicial de esperança em krypotinano), vamos ter a esperança que o próximo filme seja melhor do que esse...

Pois o General Zod está longe de ser um grande vilão do "Azulão".

Curiosamente,na atualidade, todos os atores que representam os heróis ícones americanos- Superman, Batman, e Homem Aranha - São ingleses.

Já não existem mais atores heróis "Born in the USA".

Lee

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Estuprada na Igreja



Notícia do G1 de Brasília:

"Uma jovem de 20 anos foi estuprada e estrangulada dentro da secretaria da Catedral Anglicana, na quadra 309/310, na Asa Sul, em Brasília, na tarde desta quarta-feira(3).

Ela foi encontrada desmaiada. Socorrida, ela não corre risco de morte. A vítima trabalhava há poucos dias na igreja.

A jovem foi rendida quando retornava do almoço e levada pelo estuprador para a sala da secretaria. O criminoso foi descrito como um homem de 1,80 metro de altura, pele escura, forte, cabelo bem cortado e aparentando 50 anos. Ele também carregava uma bolsa a tiracolo de couro e outra de plástico azul.

Ainda segundo as testemunhas, o suspeito foi visto na igreja na tarde desta terça pedindo dinheiro para viajar para a cidade de Barreiras, na Bahia".

Parece que a igreja só tinha câmeras externas.Igrejas desse porte (grande) tem que ter câmeras também internas, devido ao grande fluxo de pessoas.

Cansei de atender gente que vinha pedindo dinheiro na igreja, quando era responsável por esse serviço.

A grande maioria, vinha com a desculpa do estuprador:

Que era de outro estado, tinha perdido o dinheiro (ou sido assaltado), e queria pegar um ônibus na rodoviária.

Dizia pra eles procurarem o serviço social da prefeitura - Eles ficavam com raiva;

E em outro caso,em que nítidamente um cara estava mentindo (bafo de cachaça),disse que igreja- Pelo menos a que eu estava - Não era banco.

Grandes igrejas, como a que ocorreu este fato, tem que tem segurança privada - Aqui no Rio,já existem igrejas assim;

E sobretudo:

Igrejas tem de perder a ingenuidade,achando que um anjo vai guardá-las de qualquer problema.

Se não cuidar, cai parede, teto, em cima da cabeça dos membros;

Se não colocar corrimão, os velhinhos caem;

Se não cuidar da parte elétrica, pega fogo.

Se não colocar interfone, não tiver hora marcada,qualquer um entra.

E antes que alguém pergunte, nesse caso,sobre a funcionária que servia ao Senhor na sua função, "aonde estava Deus", eu pergunto:

Aonde estava a segurança?

Lee






quarta-feira, 3 de julho de 2013

Deus Tá Vendo - A Polícia, Também



Segundo o site Terra,a Delegacia de Polícia de Veranópolis, no Rio Grande do Sul, deflagrou na quarta-feira a Operação "Deus Tá Vendo", em três Estados.

De acordo com informações da Polícia Civil do RS, a ação prendeu cinco pastores evangélicos ligados a Assembleia de Deus em Itajaí (SC), Ponta Grossa (PR) e São Gonçalo (RJ), por fraude em venda de veículos.

Eles alegavam que a Igreja havia recebido os automóveis por meio de uma doação da De acordo com informações da Polícia Civil do RS, a ação prendeu cinco pastores evangélicos ligados a Assembleia de Deus em Itajaí (SC), Ponta Grossa (PR) e São Gonçalo (RJ), por fraude em venda de veículos.


O valor aproximado do golpe gira em torno de R$ 1,2 milhão, tendo mais de 40 vítimas só na cidade de Veranópolis.

Desde quando Receita Federal doa carro pra Igreja?

Desde quando Missão de Pastor em Igreja, é ficar vendendo carro?

Deus viu toda a malandragem...

E dessa vez, a Polícia também.

Lee

domingo, 30 de junho de 2013

Mulher Assassinada com Marteladas sentiu que ia Morrer


Nessa semana aqui no Rio, uma mulher foi assassinada pelo marido a marteladas.

A jovem de 24 anos estava casada há cerca de um Mês.

De acordo com o jornal Extra, a bancária Talita Juliane Peixoto Paiva, morta na terça-feira (25) pelo seu marido, Mario Henrique Rodrigues Lopes, 28 anos, chegou a pedir orações para uma amiga através de uma rede social dizendo que Mario estava sob um “trabalho de feitiçaria”.

“Venho te pedir oração para o meu casamento. Estou vivendo uma batalha espiritual violenta”, escreveu Talita que estava casada há menos de um mês.

“Não posso entrar em detalhes agora, mas meu marido está tendo um surto psicótico, tipo esquizofrenia. Ele está possuído há uma semana”.

Não vou nem entrar no detalhe da discussão Possessão X Surto Psicótico.

Basta dizer que 90% daquilo que acham que é possessão- E ela existe, conforme os evangelhos relatam - Não passam de surto psicótico.

A questão, aqui é o bom senso.

Será que esse rapaz não havia manifestado antes um comportamento estranho?

Claro que sim!

E por quê essa desgraça não foi evitada antes?

Mulheres tem a tendência de ter "peninha" de homens problemáticos.

Cansei de ouvir namoradas que se arrastam em seus relacionamentos com namorados viciados em droga, por exemplo, na esperança de eles largarem o vício.

Se ele não se ama, não vai amar ninguém pois a lei do amor diz " ama ao teu próximo como a si mesmo".

Ontem mesmo houve um enterro de um rapaz que namorava uma frequentadora de minha academia - Overdose.

E o problema para as "filhas da igreja", como a que foi assassinada, é que estas encaram como missão de sofrimento, "batalha espiritual", e se envolvem em situações em que elas nem eram pra ter entrado, muitas vezes com conselhos pastorais para não abandonarem um casamento, mesmo sob risco de vida.

Conheço uma mulher que era espancada pelo marido, e quando foi procurar o Pastor, esse disse para que ela o perdoasse.

Ela quase morreu esfaqueada.

Pois para a igreja, é melhor morrer sob marteladas, ou esfaqueada, do que se divorciar.

E tudo fica na conta do capeta, quando na verdade, era surto psicótico:

O assassino foi mandado para um manicômio judiciário, onde desfrutará de vida mansa,e ali permanecerá por poucos anos.

Lee



terça-feira, 25 de junho de 2013

A Profetada





Profecia garante que sairá da Igreja Batista da Lagoinha um presidente da república.


Segundo o site da Genizah, que mostra uma profecia da Cindy Jacobs, palestrante gospel americana, que esteve no início do ano num congresso da igreja, da mesma sairá um futuro presidente do Brasil.

Muito conveniente a profeta palestrante dizer isso para a igreja contratante...

Não é de hoje que o mundo gospel suspira por um presidente evangélico.

Anos atrás, sonhavam em ter, primeiro o Fanini, antigo pastor batista dono da Record(e que a vendeu para o bispo)já falecido, como presidente;

Depois, tentaram sondar o Caio Fábio, na época representante dos evangélicos, que disse um sonoro não;

E Macedo só não emplaca o sobrinho Crivela, porquê esse é tão expressivo como uma porta.

Jesus disse que o Reino dele não viria desse mundo(João 18).

A Lagoinha é uma igreja que foi se perdendo ao longo do tempo...

Originariamente batista, se neopentecostalizou com o tempo.

Seu líder, Pr. Márcio Valadão, enviou seus filhos para estudarem em faculdades evangélicas americanas neo pentecostais, e eles voltaram assim, doidos:

Ana Paula, a líder do ministério musical que se confunde com a igreja, já andou de um lado a outro do palco imitando um Leão, e disse que pastor gordo não é exemplo de liderança;

Seu irmão André não se apresenta para platéias com menos de 3 mil pessoas.

A esperança é a irmã deles Mariana, que rompeu com a igreja, e veio morar com o marido em Niterói, aqui no Rio.

Como disse, no início não era assim...o lançamento do primeiro cd contou com donativos da igreja,pois os membros adquiriram um vale cd de 5 reais.

Mas o que muita gente pensante,com embasamento nas escrituras, e que saiu de lá é unânime em apontar o declínio espiritual da igreja, foi quando o Terra Nova foi convidado a pregar lá:

Esse falso profeta derramou todo o vômito dele na igreja, e ali, por absorver aqueles ensinamentos doidos, começou o declínio espiritual da igreja, o racha de pastores auxiliares que assim que reuniam umas 40 pessoas, deixavam Lagoinha e fundavam suas próprias igrejas;

E o endeusamento do Diante do trono:

Recentemente, Ana Paula saiu na Veja BH como " a popstar gospel", toda feliz da vida.

Se o próximo Presidente vier de lá, com certeza, vou ter que morar em outro país;

Alías, qualquer presidente gospel,no atual contexto, seria uma desgraça pra nação:

Ia ter perseguição a macumbeiro, a gay, a prostituta, e um scambal.

Ao ficar sabendo da profecia, dizem que Feliciano já está de transferência pra Lagoinha...

Link da profecia: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=UdyaHTfl3cw


terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Pra Saber a Hora de Parar


Muita gente surpresa com a Renúncia de Bento XVI.

Este alegou a idade avançada, pela qual "seu espírito e corpo não encontram mais forças para exercer o ministério de São Pedro", como escreu em sua carta de renúncia.

Mas saiba que "São Pedro", de fato, não tem nada com isso.

Ratzinger, que sempre foi um Pitbull da doutrina católica(na década de 80, foi um dos que 'minaram' Leonardo Boff com sua Teologia da Libertação) jamais "pediria pra sair", se não fosse as circunstãncias atuais.

Sim, pois se fosse de fato pela idade, nem assumiria:

Quando eleito Papa, já tinha 78 anos.

Mas se seu espírito ainda estava ok,seu corpo já não era o mesmo:

Antes mesmo de virar Papa,com dois derrames e com problemas cardíacos, queria se aposentar e voltar a vida acadêmica, mas João Paulo II, a época ainda á frente, não deixou.

Então, a carta é apenas uma mera desculpa.

Ratzinger não tinha mais força política - esse era o objetivo original da sua eleição- e seu "ministério", além de infrutífero, não teve forças para controlar a onda mundial de denúncia contra sua igreja, que vai desde o crescente aumento da pedofilia, passando por escândalos financeiros.

A publicação de uma série de cartas confidenciais do papa Bento XVI sobre temas quentes, como as intrigas do Vaticano e os escândalos sexuais do padre mexicano Marcial Maciel, provocou desconforto na Itália diante de um vazamento de informações sem precedentes.

As cartas envolviam desde relatórios sobre políticos italianos (incluindo o Presidente da Itália) a confrontos com Angela Merkel (o Papa nunca se esqueceu de sua Alemanha).

Pegou mal...

Assim como pegou mal o descréscimo de fiéis durante seus oito anos á frente da igreja, o papado nesse sentido foi um retrocesso, devido ao seu tradicionalismo eclesiástico, boicotando sempre os movimentos carismáticos e Padres envoltos nas questões sociais, em especial na África e América do Sul.

Esse Papa, com certeza, nunca foi Pop, como dizia a música.

Mas...existe hora certa de parar?

Papas, juízes da suprema corte americana, são cargos vitalícios...

E com o aumento da expectativa de vida da população, vamos ter uma grande geração de idosos em pouco tempo.

Na questão acima, penso que uma pessoa pode exercer seu cargo até quando a saúde assim permitir:

Helio Gracie, aos 91 anos, ainda entrava no tatame.

Mas sim, existe hora certa de parar, quando não se está feliz, ou satisfeito no trabalho, na profissão escolhida, etc.

E certos pastores, alguns vivendo também um ministério infrutífero, com cada vez mais gente saindo de suas igrejas, também deveriam aprender a fazer uma cartinha de renúncia...conheço vários.

Eu vi uma veterinária que está feliz da vida fazendo tortas e bolos: Abriu sua micro empresa...ás vezes, é questão de mudar de ramo.

Mas em todos os casos, se assim desejar, Deus dá forças até o fim:

"E o SENHOR te guiará continuamente, e fartará a tua alma em lugares áridos, e fortificará os teus ossos; e serás como um jardim regado, e como um manancial, cujas águas nunca faltam. (Isaías 58:11)

Lee

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Eu Juro que tentei ver outra coisa, mas não tava passando nada



A Polêmica da semana foi a entrevista do Malafaia pra Gabi.

Como não estava passando nada decente na Net - Eu juro que zapeei procurando algum filme, uma série, um programa no NatGeo, no Discovery, e não encontrei nada.

Sofro para dormir cedo. Já fui pra cama ás 22 horas, pra ver se Morfeu me chamava, mas isso nunca acontece antes de duas da manhã.

A culpa disso, foram os oito anos que trabalhei como plantonista 24 horas - Seu sono fica desregulado, pois varei madrugadas acordado...alguns dos melhores filmes que vi, foram de madrugada no serviço.

Chega uma hora que o netbook enche, fecho e jogo pro lado. às vezes, jogava um game, mas já finalizei todos eles.

Leio um capítulo todo dia da Bíblia á noite - ela nunca me deu sono, e sim, paz.

Enfim, na falta de algo bom pra ver, parei na entrevista, que não queria ver - pelo entrevistado, e não pela entrevistadora.

Não sabia que ali, estava vendo algo que iria repercutir na semana...quem não viu,viu no youtube- Teve 2,5 milhões de acessos.

A entrevista barrou o BBB da Globo, os comentários da final do Superbowl americano (parece que faltou luz por lá), e tudo o que tinha no meio do caminho, no horário.

Se você quer saber o que penso sobre ela, ou melhor, sobre o assunto, a ilustração acima responde essa questão.

Não vou repetir o que já escrevi por aqui (veja Sobre Kits gay e Pastores homofóbicos, no arquivo do blog).

Mas vou responder sobre o Malafaia, que a mídia insiste em ser representante dos evangélicos.

Eu sou do evangelho, mas não sou evangélico - isso bota um sistema de crenças e pessoas que não tem nada a ver comigo- que vai do Silas ao Macedo.

Quando não se sabe a respeito de um assunto, você fica na área que domina.

Primeiro, Malafaia já foi desmentido na internet por um geneticista. Um menino de uns 25 anos, Mestre em genética, que faz doutorado em Cambridge, provou que as dclarações dele são erradas e desatualizadas.

Segundo, foi repudiado pelo Conselho Federal de Psicologia (malafaia é psicólogo, apesar de nunca ter clinicado na vida).

Terceiro, foi refutado por uma ex-desembargadora do RS, atualmente advogada de direitos dos gays, sobre as afirmações dele em relação aos direitos destes.

E, talvez o principal, é refutado por quem o conhece desde os tempos em que o Malafaia tocava bateria, lá na Maranata, pois nem isso ele podia fazer na Assembléia de Deus: Caio Fábio.

Caio já foi "voz do Brasil evangélico", até se separar de sua primeira esposa, e cair em desgraça no meio.

Digo isso só pra quem não conhece a história recente, nesses, últimos 25 anos.

Mal sabia eu que aquela entrevista renderia tanto...acho que desde a queda do Collor, Gabi não tinha uma entrevista tão visualizada:

Naqueles tempos, não havia internet.

Deixo com vocês o comentário do Caio sobre o episódio. Como disse, acho bem mais incisivo do que o da ciência, da Psicologia, e do direito, que já se manifestaram: Caio conhece a figura.

A sociedade já tá começando a diferenciar o joio do trigo - a igreja, não.


Lee

" ACABO DE VER A ENTREVISTA do Silas com a Gabi.


Muitos estão me perguntando o que penso. Eis um resumo:



1. Prosperidade: Ele é um homem seletivo e malandro. Diz o que convém onde acha que pode. Todo argumento dele vem do Velho Testamento. Jesus não serve para justificar a "tese". Mateus 5 acaba com essa conversa. I Timóteo 5 e 6 também. Dizer que a "Bíblia" manda que os "pastores" sejam ricos... É blasfêmia contra o Evangelho. Leiam Jesus, gente. Só Jesus.



2. Dinheiro dele: O que ele diz que tem já é "fortuna" para quem diz que vive do e para o Evangelho. O Filho do homem não tinha onde reclinar a cabeça. Paulo diz aos Coríntios que trabalhava com as próprias mãos. Aos Tessalonicenses ele diz do que deva ser um "ministro do Evangelho" tudo aquilo que o Silas não é. Leiam. E mais: Tudo que ele tem está em nome de "laranjas". Manda ele me processar. Eu sei como funciona o "esquema". No fim tudo é dele. O avião é da "igreja", mas, no fim, a "igreja" é dele. Aprendeu com Macedo. A escola é velha. Num país sério estaria na cadeia. Estelionatário e mentiroso. Para mim esse gonococo falante não levantaria os olhos. Mas tem a coragem de mentir descaradamente para quem não conhece o "esquema". Outro dia eu o vi dizendo que nunca ganhou dinheiro da IURD. Meu Deus! Mandem ele dizer isso para mim. Ele dizia: "Por favor, Caio, não denuncie a IURD, pois, se você o fizer, terei que bater em você, e não quero, pois sei que você é um homem de Deus. Mas não posso deixar de ganhar os 40 mil dólares [às vezes ele dizia 45] que eles me dão por mês. Eu terei que defendê-los". E muito mais...



3. Homossexuais: Ele odeia sim. Tudo nele é ódio. Até para falar de amor ele odeia. Se constrange quando se pede que ele repita algo sobre amor aos gays. As bases "científicas" dele são as de um burro. Ele é inteligente apenas para os burros. Jesus, sem engenharia genética, disse que "uns nascem eunucos". O que é um eunuco? Um gay? Não! Mas é alguém com uma condição genética diferenciada desde o nascimento. Pode ser hermafrodita ou não; mas é um ente geneticamente diferente. É um burro! Mas para ele isso tudo é Mercado. Apenas grana e Mercado. Digo em paz tudo o que digo.



Estou na "Estrada" em Israel. Sem tempo pra escrever. Mas dentre muitas coisas que poderia falar, estas são as que não posso deixar de dizer.



Nesta história a Gabi foi a profetiza de Deus! Reconheceu as "heresias". Disse que não é possível que Deus responda a dinheiro. Mas o Gonococolafaia disse que "Deus trabalha no regime de recompensa". E tudo tem a ver com dinheiro. Deus nojento este do Silas. Não é melhor do que qualquer divindade pagã. Só não vê aquele a quem o diabo cegou o entendimento.



É só uma matraca verborrágica. É uma ejaculação oral em estado de esparrame... É nojento o ser que ele expressa.



Ai de ti Silas! Grande é o juízo que pesa sobre a tua alma angustiada!



"Família" é apenas o "mote" dele para os crentes. Na rádio El-Shadai (93 FM – RJ) o pessoal deve estar dando gargalhadas. Quem andou com ele deve ficar chocado com a mentirada e com a mais deslavada hipocrisia.



"Bíblia"... Ora, se ele crê na Bíblia toda [eu não... pois em Cristo, Graças a Deus, muito da Bíblia morreu em Cristo, na Cruz - leia Colossenses 2 e Hebreus todo], então seja macho, Silas, e diga por que você não advoga, como manda a "Bíblia", o apedrejamento dos gays e outros? É uma leitura seletiva, maldita, perversa.



Estou enojado. Nunca ouvi tantos disparates. Loucura!



Mas a "Igreja Evangélica" tem o líder que é exatamente a cara dela. Se merecem!



Quem aplaude isso, descreia de Jesus. Silas e Evangelho estão tão distantes um do outro como o diabo está de Jesus. Forte o que digo? Sim! Mas o digo na presença de Deus; e me ponho ante a Luz do Senhor para ser julgado por cada afirmação que aqui faço.



A eternidade está às portas. Então cada um saberá o que é a verdade de Deus.



Negou a Graça. Pisou na Cruz. Os defensores desse mentiroso vão me apedrejar. Apedrejem. É Glória para mim!



Com a Gabi, eu digo: "O meu Deus não é o seu, Silas; mas que Ele te perdoe!"



Com ira e zelo pelo Evangelho sobre o qual o Silas cospe suas mentiras, ganâncias e blasfêmias,



Caio"



domingo, 27 de janeiro de 2013

Santa Maria, 27 de Janeiro de 2013


O Brasil acordou perplexo, e foi ficando triste ao longo do dia.

A tragédia em Santa Maria, onde 233 jovens perderam a vida, pela contagem atual, foi algo que chocou o páis nesse domingo.

Sim, porquê o número de vítimas supera inclusive os de acidente aéreo.

E pelos jovens, pelo fato de serem jovens sim, tentando arrecadar fundos para a formatura de uma série de cursos, aos quais estavam se formando;

E por sem saberem, adentrarem num caminho de morte, sem volta, já que havia tão somente uma única porta para entrar e sair, num local onde haviam mais de mil pessoas.

Já vimos notícias ao longo do dia, e haverá muito mais complemento agora no jornalismo da noite.

Mas escrevo primeiro na tentativa de solidarizar com os familiares das vítimas, do povo do sul que tanto amo;

E também na tentativa de sufocar qualquer fariseu religioso, que já se apresentam na internet condenando os jovens ao inferno,pois como disse um deles, "se estivessem dentro da igreja, estariam salvos".

É gente que segue loucos pastores insensíveis a dor, a tragédia, ao ser humano, que vivem com a cabeça mais no inferno do que no céu.

Alguns desses, sem saber, estão destinados ao local a que tanto se referem.

Sim,me entristece ao ver jovens cada vez mais se entregando as bebidas, as chopadas de faculdade, dividindo a maconha coletivamente em repúblicas.

Mas não foi o caso- o objetivo em Santa Maria era nobre.

E mesmo se não o fosse, não deixaria de ser menos trágico- Isso é que precisamos entender, e não condenar!

O que os jovens não sabem, e só aprenderão quando estes forem pais, é que não há nenhuma mãe que consiga dormir em paz, até que este volte para casa.

Um domingo sombrio, de trevas, cercam os familiares das vítimas hoje...

Que a oração de Maria, que na terra foi mãe de Jesus, ecoe e chegue a terra de Santa Maria, nesse domingo:

" Para iluminar aos que estão assentados em trevas e na sombra da morte; A fim de dirigir os nossos pés pelo caminho da paz. (Lucas 1:79)

Lee, em luto.







quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Hospital de Fariseus




Na madrugada de 15 de dezembro passado, uma mulher de 25 anos é drogada e violentada na região de Colônia (Alemanha). Dois hospitais administrados pela fundação católica Cellites se recusaram a atender a mulher para não ter de recomendar a pílula do dia seguinte, combatida pela Igreja.

Isso demonstra a religião desprovida de amor, de Cristo, de compaixão. É apenas um sistema de cunho religioso, cheio de regrinhas, mas sem o evangelho.

São Fariseus cheios de regras pesadas demais, como disse Jesus, que eles mesmos não seguem.

A Pedofilia é uma praga na igreja católica, em todo mundo;

O Diretor do Banco do Vaticano (Banco Ambrosiano) é demitido por corrupção;

O Mordomo do Papa foi preso por fraude;

Mas não podem receber no hospital uma mulher estuprada, pra não quebrar a regrinha deles!

E você evangélico, não balance a cabeça, concordando, ainda não:

Em nossas igrejas, preferimos ver alguém pegar AIDS, do que recomendar o uso de camisinha.

Não ouço debates em rádios evangélicas, aliás, não ouço essas rádios, acabou a minha paciência pra isso - Muito comércio de músicas, produtos, idéias distorcidas do evangelho.

Mas certo dia , na casa de minha mãe- ela escuta esses debates - um Pastor Batista, que também é psicólogo, foi defenestrado por seus colegas por fazer trabalho nas comunidades carentes, e recomendar o uso do preservativo.

E filhas de pastor engravidam, bem como alguns filhos de pastor engravidam as namoradinhas de igreja.

E esta, a começar do líder, preferem expulsar os próprios filhos para "servirem de exemplo", e não perder a bocada.

Até quando iremos viver no faz de conta, negando a pílula de dia seguinte- e olha que foi em caso de estupro - e os métodos contraceptivos ocasionais, juntamente com as orientações que devem ser prestadas aos nossos jovens?

E até quando iremos rejeitá-los em casos assim, dando apenas o tradicional "pé na bunda" da religião, a quem não se encaixa no pacote desta??

Porquê a igreja, assim como o hospital, foi feita para receber os feridos.

E não para se livrar deles.

"Pois atam fardos pesados e difíceis de suportar, e os põem aos ombros dos homens; eles, porém, nem com o dedo querem movê-los" (Mateus 23:4)

Lee

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Com que Roupa eu vou pro culto que vc me Convidou?


Tava lendo sobre o Pastor da Lagoinha que chamava a atenção sobre as calças apertadas que os jovens rapazes vão para a Igreja.

Taí, enfim uma boa notícia vinda de lá:

Por anos a fio (já que estamos tratando de roupas) sempre implicaram com a roupa feminina - a mulher sempre pagava o Pato.

Mas nesses tempos modernos, de Metrossexuais - algo ali situado na fronteira do "Homo", o mapa também é indefinido - A rapaziada tá indo com umas calças bem estranhas.

Algumas calças jeans masculinas parecem até aqueles "colants" de super Herói.

E a moda agora também é mostrar a marca da cueca - nem Calvin Klein na época do " De Volta Para o Futuro" (Filme de 1985, que volta em 1955 - quem viu a cena da cueca, sabe de que estou falando) , poderia imaginar isso em nossos tempos.

Sem falar que também vejo alguns rapazes com o 'cofrinho' de fora- Uma outra "variação" desse estilo.

Já disse, a mulher sempre pagou o pato - tanto na sociedade, quanto dentro da Igreja.

Aí em vez de orientarem, aconselharem, segundo o espírito do Novo Testamento, segundo o espírito do Evangelho, fazem em determinada igreja da baixada fluminense, aqui no Rio, as irmãzinhas se vestirem com uma espécie de versão tropical light da Burka, como visto na foto aí em cima.

Teclo hoje numa lan do shopping.Quando ia lanchar, vi uma irmãzinha dessa igreja, com a toga dessa vez de cor roxa, de mãos dadas com que pareceu o marido, fazendo compras.

Algumas coisas, chocam tanto por um extremo, tanto quanto o outro.

Eu não estou na Síria, no Irã, ou no Iêmen.

O tempo anda muito abafado aqui no Rio, até que hoje deu uma chuvinha.

O Apóstolo Pedro fala que existe um traje incorruptível:

Só que este não é feito de linho, de algodão, de pano nenhum.

Ele é composto por um espírito manso e quieto, que é precioso aos olhos de Deus.

Quem tem esse espírito, sempre vai saber como se vestir - Não vai pagar mico como Messi, com aquele terno de bolinhas,ao receber um prêmio da Fifa.

Veja o que Pedro falou as mulheres, mas que serve também para nós homens, com nossas camisas, cordões, e qualquer "tira onda" com objetivo de demonstrar status:

"O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura dos vestidos;

Mas o homem encoberto no coração; no incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus. (1 Pedro 3:3-4)



Lee


terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Uma Igreja " Globalizada"


Estava lendo a notícia da Gospelprime, site sobre notícias cristãs, e me deparei com mais uma notícia que faz com que entendamos como anda a igreja brasileira dos dias de hoje.

Eis a notícia:

"A aproximação da Rede Globo com os evangélicos continua rendendo. Depois de contratar vários artistas gospel para sua gravadora, Som Livre, e exibir o Festival Promessas, o próximo passo deve ser uma “heroína evangélica” em uma de suas produções(novela).

Amauri Soares, o coordenador dos projetos especiais da Globo, irá almoçar com o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo. A conversa deve ser sobre os “interesses comuns” entre emissora e evangélicos, afirma a Folha de São Paulo.

Além disso, Soares deverá ter uma reunião ainda este mês com o bispo Robson Rodovalho, da igreja Sara Nossa Terra.

Esses encontros com os líderes evangélicos são um desdobramento da reunião em 12 de novembro passado, quando 17 pastores estiveram no Projac, os estúdios da Globo no Rio.

Embora muito criticada por segmentos da igreja, essa reunião teve como pauta “apoio e cobertura” para eventos como Marcha para Jesus, Dia do Evangélico e Dia da Bíblia".


Malafaia vem se gabando de ser "o pastor com o maior acesso a rede Globo", logo ele, que anos atrás, cansava de malhar a mesma em seus programas.

Eu fico pensando na necessidade cada vez maior que essas igrejas tem de querer aparecer na Globo:

É como se só fossemos igreja, se aparecermos na Globo.

Começando com os cantores, que fazem agora no Faustão e no Caldeirão, o momento de louvor que antes faziam na Igreja - O fazem no palco ao lado de dançarinas que, num espetáculo bisonho, ainda tentam fazer as coreografias da música cantada;

O antigo Cassino do Chacrinha, pelo menos ainda era mais autêntico na sua forma circense.

Pois desde Aline Barros, até o Diante do trono, agora são da Som Livre, tentáculo musical da Globo.

E agora Malafaia e sua turma pedem heroína gospel na novela...pelo amor de Deus.

Jesus nunca foi pedir para ninguém em sua época, apoio midático, ou político, para o evangelho.

Ele pregava tanto para Nicodemos, Mestre da Lei, como para "publicanos e pecadores", segundo os olhos do povo.

Cada vez mais que vejo essas notícias, o que mais me espanta são as pessoas da igreja achando isso "o máximo", uma grande conquista".

Ora, a Globo só faz isso por dinheiro, pois sabe que desde a venda de cds, shows , marchas disso e aquilo, é lucro certo, pela massa de participantes.

Não existe nada de divino, puro, abençoado nisso - É tudo negócio, e de altas cifras.

O mesmo ela fez com os Padres cantores.

Jesus falou bem claro sobre essa mania de grandeza, de querer um certificado de legitimidade social, um reconhecimento dos homens, em Mateus 20, 26 a 28:

"Não será assim entre vós; mas todo aquele que quiser entre vós fazer-se grande seja vosso serviçal;

E, qualquer que entre vós quiser ser o primeiro, seja vosso servo;

Bem como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos".


É dessa legitimidade que precisamos - e não a "Global".

Lee

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Quando o Tsunami Vier


Fui ver " O Impossível" com a Naomi Watts e Ewan McGregor.

Belo filme, que conta a história de uma família que passava o Natal na Tailândia em 2004, num resort, até que veio um Tsunami.

O contraste com a tranquilidade pré desastre, com tudo arrasado depois, com pilhas de corpos, e feridos no hospital, é gritante.

Na vida, também é assim:

Agora mesmo, com as enchentes na Baixada Fluminense, aqui no Rio, onde já existem vários desabrigados, comprova isso.

Quem poderia imaginar, após dias de calor intenso, que tanto na baixada, como em Angra dos Reis, isso poderia ocorrer?

Tragédias como as do filme, podem acontecer em dias festivos - como foi naquela ocasião;

No início do ano, quando justamente temos a expectativa de dias melhores;

Em qualquer tempo.

Somos surpreendidos por algo arrasador, não esperado, que pode vir tanto pela natureza, como por uma batida de carro.

Nessa terrível surpresa - a gente sempre tem essa palavra somente como algo agradável- só nos resta duas alternativas:

Ou ficamos lamentando eternamente a desgraça ocorrida, deixando de viver;

Ou deixamos Deus amparar nossa alma, ajudando a sarar as feridas.

Sei disso, pois vi meu pai sair são e forte para o trabalho num dia, num navio da Marinha Mercante, e voltar dias depois dentro de um caixão, com o rosto todo amassado- O legista teve um trabalhão pra remendar.

Tinha 16 anos, e nunca fiquei questionando ou botando a culpa em Deus nisso:

Intuitivamente, descobrira ali que essas agruras fazem parte da vida, enquanto nós estivermos nessa terra.

Faça de Deus o seu amparo, quando o Tsunami vier:

"Surpreenderam-me no dia da minha calamidade; mas o SENHOR foi o meu amparo.(Salmos 18:18)

Lee


Vivemos esperando dias melhores: http://youtu.be/_BV9DQ6eUGs