sábado, 27 de julho de 2013

Sai da Igreja e vem pra Rua Viver



O Papa pediu que a Igreja "vá para as ruas".

Ora, boa parte do ministério de Jesus foi nas ruas, apesar de pregar também eventualmente nas sinagogas, e em casas.

Porquê a igreja se enclausurou dentro de si mesma?

E aqui falo por igreja, a feita de Tijolo, já que como "igreja viva", somos cada um uma célula da mesma, um "corpo vivo".

Na Católica, isso de se enclausurar vem de muito tempo, e sempre foi muito forte:

Desde os Mosteiros e internatos, com a idéia de se afastar das coisas terrenas, dos pecados do mundo,etc.

A Igreja Protestante, infelizmente, também absorveu essa idéia.

Já no Brasil, que foi evangelizado pelos Jesúítas - Fortes educadores católicos com suas escolas - seguiu no mesmo ritmo, desde sua fundação.

Já os missionários Suecos, que evangelizaram Belém do Pará, vindo das Assembléias de Deus Suecas, seguiram o mesmo ritmo no Norte do país;

Os missionários Batistas americanos, trouxeram o "domingo é dia de estar na Igreja", para a região Sudeste;

E os missionários Luteranos fizeram os mesmo no Sul do país.

Assim, a idéia de evangelização, em muitas igrejas até hoje, é a de "levar um visitante na igreja", para que este escute a mensagem;

Ao contrário do que diz o Evangelho:

E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura.
(Marcos 16:15)

Mas Jesus queria que seus discípulos influenciassem a sociedade para o bem, por isso dava exemplos toda hora com histórias do cotidiano, e dizendo "Tá vendo aí? não façam como eles fazem"...os discípulos tinham dificuldade de enter muita coisa, que algumas estavam enraizada neles - fazia parte do "comum", do cotidiano.

Não era só pregar, mas vivenciar o mundo com o evangelho.

No tempo de Jesus, não tinha esse show que virou o culto de nossos tempos, com bandas e cantores gospel e seus cachês milionários, pastores pedindo dinheiro pro ministério e comprando jatinho,programas multimilionários de TV.

A liturgia da Sinagoga era muito simples, nem "boletim" tinha. Jesus algumas vezes ensinava dentro delas, mas preferia estar ao ar livre com o Povo (Lucas 5).

Dogmas a parte, Francisco está tentando resgatar o sentido inicial da igreja:

Caminhar entre o povo, e influenciar o mundo com o evangelho, no dia a dia.

Tem muito Pastor metido a próspero que não vai gostar desse discurso.

Lee




sexta-feira, 19 de julho de 2013

A Ring Girl Peladona e o Desfile de Ester



“Deus olha o nosso coração e a nossa intenção”, defende-se Aline Franzoi.

Essa é a desculpa para a ex Ring Girl da versão brasileira do UFC, que vai sair na capa da Playboy, em setembro.

Como hoje em dia tudo é gospel, nada mais natural que uma "coelhinha gospel".

Mas quem se lembrar da História de Ester, encontrada no livro de mesmo nome, no Antigo Testamento (e que passou até em mini série da Record), vai lembrar que a mesma, por circunstâncias, acabou tendo que "virar modelo".

O Rei Assuero mandou vir moças "virgens e formosas", de todas as 127 cidades de seu reino, para escolher uma nova Rainha para si.

Ester como uma participante de um concurso de beleza,desfilou diante do rei:

Pela providência divina, ela venceu o concurso,e foi escolhida para ser a nova rainha, e libertar, mediante pedido dela, o seu povo Judeu, pois assim havia decretado o Rei anteriormente.(Ester capítulos 1-5)

Ou seja, bem diferente da Ring Girl, né?

Curioso é que essas modelos primeiro saem peladas, fazem filmes pornô, e aí, se convertem-Talvez por já não estarem mais na mídia, e vão dar testemunho dos "tempos de sacanagem".

Parece que a Ring Girl tá fazendo um caminho inverso.

O que vejo hoje em dia, é gente transformando o evangelho naquilo que lhe é conveniente, a fim de se aproveitar financeiramente de uma oportunidade, bancando o termo Gospel, que de tão batido, já está tomando um cunho pejorativo.

Espécie de "evangélico não praticante"...mas "evangélico".

E alguém tem de ler o seguinte verso pra Ring Girl:

"O homem vê o exterior, porém o Senhor, o coração." (1 Samuel 16.7.)

Sim, só o Senhor vê a intenção do coração...

Mas alguém aí ficava olhando pra placa que ela levantava??

Alguém vai olhar pro "coração" dela nas fotos peladona??

Vão olhar é pra "sarça ardente".

Lee





sábado, 13 de julho de 2013

O Dia em Que Superman Foi a Igreja


Acabei de ver "Homem de Aço", novo filme do Superman.

Conforme prometido, o diretor fez referências a Cristo, e eu estava de olho nelas:

Superman estava desde pequeno na terra, mas sua missão só começou aos 33 anos;

Jesus também só começou seu ministério aqui na terra aos 33 anos.

Jesus saiu de seu mundo (o céu), adotando um novo lar, com pais adotivos;

Da mesma forma o fez Kal- El, sendo aqui na terra adotado pelos Kents.

Jesus nasceu em Belém, mas foi criado em Nazaré, que a época era uma cidadezinha pequena e sem importância;

Clark foi criado no Kansas, em Smalville, uma cidadezinha do interior, bem na roça.

A grande diferença, é que no filme, há uma cena em que o Super, em busca de conforto espiritual para sua angústia (salvar ou não Krypton), vai até uma igreja, e desabafa com um Padre.

Jesus, aos 12 anos, também foi numa igreja (Sinagoga), mas deu um banho de conhecimento nos Sacerdotes e Mestres da lei:

"Quando ele completou doze anos de idade, eles subiram à festa, conforme o costume.

Depois de três dias o encontraram no templo, sentado entre os mestres, ouvindo-os e fazendo-lhes perguntas.

Todos os que o ouviam ficavam maravilhados com o seu entendimento e com as suas respostas.

Quando seus pais o viram, ficaram perplexos".

(Lucas 2:42,46-48)

Enfim, acho esse texto bem...super...rss!

Quanto ao filme em si, há trechos que dão sono (dormi uns 5 minutos - quem tiver cansado, talvez embale, ele é longo), e existem ganchos que deverão ser aproveitados na sequência, e outros que diferem dos quadrinhos:

Existe um caminhão da LEXCORP que explode nele. Lex Luthor é o principal inimigo do Superman, deve ficar pro segundo filme;

Se há referências a toda hora a Krypton, cadê a Kryptonita? Nesse, ela não aparece;

Clark só vira repórter no fim do filme - Aonde está Jimmy Olsen na redação?

Perry White, agora, é negão - O Morpheu Lawrence Fisburne;

E cá entre nós, a Lois Lane dos filmes da década de 80 dá de dez na Amy Adams.

Quanto ao Super?

Bem, ele tentou ser o vampiro "emo" de Crepúsculo, e não conseguiu;

Quase foi o novo 007, perdendo para Daniel Craig;

Quase foi o Superman falido de 2006, ainda bem que não conseguiu.

Ainda é cedo pra falar de Henry Cavill, mas o uniforme lhe caiu bem...

E pra quem foi figurante em filme de Russel Crowe, agora, este é pai dele no novo filme.

E assim como o S no uniforme não tem nada a ver com Super, mas sim com esperança(segundo o filme, é a inicial de esperança em krypotinano), vamos ter a esperança que o próximo filme seja melhor do que esse...

Pois o General Zod está longe de ser um grande vilão do "Azulão".

Curiosamente,na atualidade, todos os atores que representam os heróis ícones americanos- Superman, Batman, e Homem Aranha - São ingleses.

Já não existem mais atores heróis "Born in the USA".

Lee

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Estuprada na Igreja



Notícia do G1 de Brasília:

"Uma jovem de 20 anos foi estuprada e estrangulada dentro da secretaria da Catedral Anglicana, na quadra 309/310, na Asa Sul, em Brasília, na tarde desta quarta-feira(3).

Ela foi encontrada desmaiada. Socorrida, ela não corre risco de morte. A vítima trabalhava há poucos dias na igreja.

A jovem foi rendida quando retornava do almoço e levada pelo estuprador para a sala da secretaria. O criminoso foi descrito como um homem de 1,80 metro de altura, pele escura, forte, cabelo bem cortado e aparentando 50 anos. Ele também carregava uma bolsa a tiracolo de couro e outra de plástico azul.

Ainda segundo as testemunhas, o suspeito foi visto na igreja na tarde desta terça pedindo dinheiro para viajar para a cidade de Barreiras, na Bahia".

Parece que a igreja só tinha câmeras externas.Igrejas desse porte (grande) tem que ter câmeras também internas, devido ao grande fluxo de pessoas.

Cansei de atender gente que vinha pedindo dinheiro na igreja, quando era responsável por esse serviço.

A grande maioria, vinha com a desculpa do estuprador:

Que era de outro estado, tinha perdido o dinheiro (ou sido assaltado), e queria pegar um ônibus na rodoviária.

Dizia pra eles procurarem o serviço social da prefeitura - Eles ficavam com raiva;

E em outro caso,em que nítidamente um cara estava mentindo (bafo de cachaça),disse que igreja- Pelo menos a que eu estava - Não era banco.

Grandes igrejas, como a que ocorreu este fato, tem que tem segurança privada - Aqui no Rio,já existem igrejas assim;

E sobretudo:

Igrejas tem de perder a ingenuidade,achando que um anjo vai guardá-las de qualquer problema.

Se não cuidar, cai parede, teto, em cima da cabeça dos membros;

Se não colocar corrimão, os velhinhos caem;

Se não cuidar da parte elétrica, pega fogo.

Se não colocar interfone, não tiver hora marcada,qualquer um entra.

E antes que alguém pergunte, nesse caso,sobre a funcionária que servia ao Senhor na sua função, "aonde estava Deus", eu pergunto:

Aonde estava a segurança?

Lee






quarta-feira, 3 de julho de 2013

Deus Tá Vendo - A Polícia, Também



Segundo o site Terra,a Delegacia de Polícia de Veranópolis, no Rio Grande do Sul, deflagrou na quarta-feira a Operação "Deus Tá Vendo", em três Estados.

De acordo com informações da Polícia Civil do RS, a ação prendeu cinco pastores evangélicos ligados a Assembleia de Deus em Itajaí (SC), Ponta Grossa (PR) e São Gonçalo (RJ), por fraude em venda de veículos.

Eles alegavam que a Igreja havia recebido os automóveis por meio de uma doação da De acordo com informações da Polícia Civil do RS, a ação prendeu cinco pastores evangélicos ligados a Assembleia de Deus em Itajaí (SC), Ponta Grossa (PR) e São Gonçalo (RJ), por fraude em venda de veículos.


O valor aproximado do golpe gira em torno de R$ 1,2 milhão, tendo mais de 40 vítimas só na cidade de Veranópolis.

Desde quando Receita Federal doa carro pra Igreja?

Desde quando Missão de Pastor em Igreja, é ficar vendendo carro?

Deus viu toda a malandragem...

E dessa vez, a Polícia também.

Lee