sábado, 27 de julho de 2013

Sai da Igreja e vem pra Rua Viver



O Papa pediu que a Igreja "vá para as ruas".

Ora, boa parte do ministério de Jesus foi nas ruas, apesar de pregar também eventualmente nas sinagogas, e em casas.

Porquê a igreja se enclausurou dentro de si mesma?

E aqui falo por igreja, a feita de Tijolo, já que como "igreja viva", somos cada um uma célula da mesma, um "corpo vivo".

Na Católica, isso de se enclausurar vem de muito tempo, e sempre foi muito forte:

Desde os Mosteiros e internatos, com a idéia de se afastar das coisas terrenas, dos pecados do mundo,etc.

A Igreja Protestante, infelizmente, também absorveu essa idéia.

Já no Brasil, que foi evangelizado pelos Jesúítas - Fortes educadores católicos com suas escolas - seguiu no mesmo ritmo, desde sua fundação.

Já os missionários Suecos, que evangelizaram Belém do Pará, vindo das Assembléias de Deus Suecas, seguiram o mesmo ritmo no Norte do país;

Os missionários Batistas americanos, trouxeram o "domingo é dia de estar na Igreja", para a região Sudeste;

E os missionários Luteranos fizeram os mesmo no Sul do país.

Assim, a idéia de evangelização, em muitas igrejas até hoje, é a de "levar um visitante na igreja", para que este escute a mensagem;

Ao contrário do que diz o Evangelho:

E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura.
(Marcos 16:15)

Mas Jesus queria que seus discípulos influenciassem a sociedade para o bem, por isso dava exemplos toda hora com histórias do cotidiano, e dizendo "Tá vendo aí? não façam como eles fazem"...os discípulos tinham dificuldade de enter muita coisa, que algumas estavam enraizada neles - fazia parte do "comum", do cotidiano.

Não era só pregar, mas vivenciar o mundo com o evangelho.

No tempo de Jesus, não tinha esse show que virou o culto de nossos tempos, com bandas e cantores gospel e seus cachês milionários, pastores pedindo dinheiro pro ministério e comprando jatinho,programas multimilionários de TV.

A liturgia da Sinagoga era muito simples, nem "boletim" tinha. Jesus algumas vezes ensinava dentro delas, mas preferia estar ao ar livre com o Povo (Lucas 5).

Dogmas a parte, Francisco está tentando resgatar o sentido inicial da igreja:

Caminhar entre o povo, e influenciar o mundo com o evangelho, no dia a dia.

Tem muito Pastor metido a próspero que não vai gostar desse discurso.

Lee