domingo, 3 de novembro de 2013

Sobre Cosme & Damião, Halloween, e Girafas demoníacas


Foi uma sequência difícil para os crentes, em se tratando de datas, em que vários líderes do meio gostam de impor a seus fiéis proibições relacionadas á "macumba", feitiçaria, e "jogos demoníacos":

Cosme e Damião(27 de setembro),Halloween (31 de outubro), e a brincadeira da girafa, que rolou no Facebook, por estes dias.

E Isso porque ainda nem chegamos ao Natal, aonde alguns pastores conseguiram estragar vidas, pois relacionaram o mesmo á ação satânica...mas isto é assunto para outro post.

Jesus disse sobre os Fariseus - Os Mestres da religião do tempo Dele:

"Eles atam fardos pesados e os colocam sobre os ombros dos homens, mas eles mesmos não estão dispostos a levantar um só dedo para movê-los" (Mateus 23:4)

Criança evangélica fica frustrada por não pegar doce em Cosme & Damião, alguns pais ainda compram um saco de doce pra tentar aliviar a frustração da criança. Mas a maioria não: Diz que é 'do diabo', e não pode, e ponto final.

Nunca "passei mal", quando minha mãe, evangélica, proibia - Comia na rua com os amigos da escola, nem precisava correr atrás, sempre alguém entregava.

Nunca fiquei sob "possessão", "influência maligna",nada.

Nenhuma amiguinha minha virou "Carrie, a Estranha", nunca vi ninguém se transformar numa criatura de filme de terror.

Enfim, se alguém tá pagando promessa com doce, "consagrou a santo",nenhum dos vários suspiros que comi (escondido, claro) me "atingiu".

Botavam um terror, em vez de, ao menos tentar explicar o que criam, sob uma lógica de amor á criança.

Já o Halloween, veio de 2.500 anos atrás, dos Celtas. Mas foi perdendo o cunho "místico" ao longo do tempo.

Halloween foi introduzido nos Estados Unidos por imigrantes irlandeses, em 1840.

Os vínculos com a tradição celta, e mesmo com a religiosidade incutida pela Igreja foram se perdendo com o passar dos anos. Atualmente, o Halloween é mais uma tradição de cunho comercial.

No dia 31 de outubro as crianças saem para a rua fantasiadas, batendo na porta das casas, e dizendo a frase tradicional: “travessuras ou gostosuras”, para ganhar doces. Entre os adultos, é comum a decoração das casas e a troca de presentes.

O Halloween foi difundido pelo mundo pelo cinema americano.

No Brasil, além da televisão, as escolas de idiomas introduziram a festa entre as crianças e os jovens.

A introdução de uma festa que não tem a ver com a cultura brasileira foi motivo de protestos anti- americanos, o que levou o governo a criar, em 2005, o Dia do Saci, comemorado no mesmo dia do Halloween: Não colou.

Mas creio que o que mais incomoda alguns pastores é o fato de o Halloween ser exatamente no dia em que se comemora a reforma protestante - 31 de outubro, quando Lutero fixou a suas 95 teses na Igreja de Wittenberg, na Alemanha, e rompeu com a Igreja católica:


Eles dizem que é "tática do diabo", pra não se lembrar da data...

Por último, algum perturbado gospel afirmou que a brincadeira de trocar a foto do perfil do Facebook, por uma Girafa, era um jogo demoníaco(se alguém errasse a charada da brincadeira, era obrigado a colocar a foto de uma Girafa em seu perfil - me mandaram a brincadeira, mas achei idiota demais pra participar).


Essa, não dá nem pra comentar...é o tipo de pessoa que, como disse Jesus:


"Guias cegos! Vocês coam um mosquito, e engolem um camelo!" (Mateus 23,24)

O autor dessa pérola, tinha que trocar a foto dele no perfil do Facebook, não por uma de um camelo:

Colocava uma de burro, que cairia bem.

E assim segue os perturbados Gospel, até a próxima estação:


O Natal. Papai Noel e a árvore serão os Judas da vez, mês que vem.


Lee