segunda-feira, 15 de setembro de 2014

A Felicidade Não Se Compra




Estava eu de bobeira no domingo passado, quando exatamente ás 11.30h, descobri que havia uma sessão de um filme clássico que eu nunca havia visto:

"A Felicidade Não se Compra", de Frank Capra.

Eu queria ver, pois é com um dos meus atores favoritos do passado, o James Stewart, um dos atores favoritos de Hitchcock.

O problema era que o filme ia começar ás 12.30h, e apenas uma hora antes, eu tava esticado no sofá com o laptop surpreso com a descoberta.

Na trama, George Bailey (James Stewart) precisa pagar uma dívida urgente, e ao ver que não vai conseguir e ser preso, vai tentar o suicídio.

Um anjo é então enviado a terra na missão especial de salvá-lo.

Eu que tinha planejado ficar descansando até tarde em casa, pulei do sofá, e consegui com um táxi chegar até a Sessão de Clássicos do Cinemark faltando dez minutos para começar a sessão (vem aí Chinatown, Ghost, Nascido para Matar, e os Caça Fantasmas, consulte a programação na sua cidade, com os clássicos restaurados).

É muito interessante a abordagem do diretor, mostrando ao anjo partes da vida de Bailey ( em especial quando ele fica surdo de um ouvido aos doze anos), e as aplicações na vida dele no futuro...

O filme mostra como vale a pena "ser justo", amar o próximo, não explorar financeiramente aos outros, e como o próprio céu se mobiliza a ajudar pessoas assim, mesmo nos momentos de maior crise.

Valeu a pena a correria para ver o filme...e a frase marcante no final do mesmo:

"Nenhum Homem é um fracasso quando tem amigos"

Espero pelo próximo clássico.

Lee