quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

A Espera de um Milagre


Li na Web:


" Peter Wald, 52 anos, tinha uma vida normal na cidade de Hamilton, Canadá, até que uma visita ao médico indicou que ele tinha um estágio avançado de diabetes que acabou causando uma infecção na perna. Dizendo não acreditar no poder da medicina, ele e a família decidiram apenas orar e esperar em Deus por um milagre de cura.

No entanto, a saúde de Wald só piorou. Algum tempo depois, entrou em coma e morreu. A família decidiu ficar com o corpo em casa e desde então oram todos os dias pedindo sua ressurreição.

Quando a polícia veio executar uma ordem de despejo, após a família ficar meses sem pagar o aluguel, encontraram o corpo em estágio avançado de decomposição em um quarto fechado, no segundo andar da casa. Ele estava coberto por cobertores, para minimizar o cheiro.

“Nós confiamos em Deus, pensei que se deixasse tudo nas mãos dele, as coisas ficariam bem. Mas isso não aconteceu”, explicou Kaling, 50, esposa do falecido. Segundo as leis canadenses, ela será indiciada por não comunicar o falecimento de seu marido e ainda pode responder por que a família negou socorro, pois a doença era facilmente tratável".

O problema da Teologia da prosperidade, é esse:

Entre seus ensinamentos, nenhum filho de Deus pode ficar enfermo.

Ou seja, em vez de tomar remédio pra controlar a diabete, preferiu deixar a doença se agravar e virar infecção;

Em vez de levar ao hospital para tratar da infecção, esperou morrer pra tentar a categoria mais alta de milagre:

A ressurreição.

Não rolou.

Fé burra, sem nexo, que ainda vitimiza muita gente de igreja.

Lee